(Parte 2 de 4)

Etapa 2: Marcar a inclinação da Empena com o auxílio de um Barbante:

Etapa 3: Marcar a linha de Corte do Apoio

Estudante : Ernandes A. dos Santos

‘ Etapa 4: Marcar a linha de Corte do Alinhamento

Etapa 5: Cortar a Empena e marcar as linhas de Corte na Linha

Estudante : Ernandes A. dos Santos

‘ Etapa 6: Cortar o Entalhe da Linha:

Etapa 7: Conferir se a Empena se encaixa perfeitamente na Linha:

Cuidado! a linha de centro da Empena, a linha de cento da Linha e a linha de centro da viga de apoio devem cruzar num único ponto. EMENDA DA LINHA: Caso seja necessário fazer uma emenda em uma Linha, faça conforme o desenho a seguir:

Estudante : Ernandes A. dos Santos

3 - Construção do Pendural

O Pendural é peça estratégica da tesoura e serve para segurar a linha para que ela não fique abaulada. Cuidado! algumas pessoas pensam que o Pendural serve para apoiar as Empenas mas é justamente o contrário: O Pendural é que se apoia das Empenas.

COMO FAZER? Estude bem o desenho a seguir:

Na montagem do pendural, tomar os seguintes cuidados:

Estudante : Ernandes A. dos Santos

4 - Construção da Empena

A Empena é também uma peça estratégica da tesoura, serve para segurar as terças e deve ficar bem encaixada entre o Pendural e a Linha.

COMO FAZER? Etapa 1: Coloque a Linha e o Pendural sobre a Empena e marque as linhas de corte:

Etapa 2: Confira se o corte foi bem feito para um encaixe perfeito, tanto no lado da Linha como no lado do Pendural:

CUIDADOS NA MONTAGEM DA EMPENA: Os ventos podem exercer uma pressão negativa e tentar levantar o telhado. Então a Empena deve ser presa à Linha por meio de Grampos com parafusos.

Estudante : Ernandes A. dos Santos

Prender bem a Linha com o Ferro que foi chumbado na Viga de Amarração. Fazer um pequeno entalhe na Empena e na Linha para o Grampo não escorregar.

O Grampo pode ser adquirido em Lojas de materiais para construções. Existem diversas medidas (largura e comprimento).

Estudante : Ernandes A. dos Santos

5 - Construção da Diagonal

A Diagonal é também uma peça estratégica da tesoura, serve para segurar as terças e deve ficar bem encaixada entre o Pendural e a Empena.

COMO FAZER? Oriente-se pelo desenho:

6 - Construção do Chafuz

O Chafuz é a peça que apoia a terça. COMO FAZER?

Pegue um pedaço de viga e corte conforme o desenho a seguir. O comprimento deve ser pelo menos o dobro da altura:

Estudante : Ernandes A. dos Santos

7 - Construção das Terças

As Terças são peças que servem para apoiar os caibros. Sem as terças, os caibros ficariam muito abaulados.

Então, colocamos uma Terça para evitar que os Caibros fiquem abaulados:

Pode ser que seja necessário mais que uma Terça:

Estudante : Ernandes A. dos Santos

COMO FAZER? Determine a quantidade de Terças seguindo os valores apresentados na tabela seguinte

VÃO MÁXIMO DAS TERÇAS [Lt]

[Lc]

2,21 a 2,402,45 3,0
2,41 a 2,602,35 2,90

Fonte: IPT = Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo Tabela válida para telhados com telhas de cerâmica tipo Francesa. Para outros tipos de telhas os valores são outros.

Estudante : Ernandes A. dos Santos

Lr = Vão da Ripa = 50 centímetros.

Grupo A Grupo B Grupo C amendoin canafístula guarucaia jequitibá branco laranjeira peroba rosa cabriúva parda cabriúva vermelha caovi coração de negro cupiuba faveiro garapa guapeva louro pardo mandigau pau cepilho pau marfim pau pereira sucupira amarela anjico preto guarantã taiuva

As terças são peças que funcionam à flexão de modo que não podem ser emendadas em qualquer posição. Se você olhar para um diagrama de momentos fletores, verá que na borda onde ela está simplesmente apoiada, o momento fletor é ZERO enquanto que nos apoios intermediários, o momento fletor é alto.

Começando com o valor ZERO, o momento fletor vai aumentando, sempre tracionando a parte de baixo da terça. Mais ou menos no meio do vão o momento fletor atinge o valor máximo e daí começa a diminuir até chegar a ZERO, antes do apoio. A partir desse ponto, o momento fletor começa a aumentar só que desta vez começa a tracionar a parte de cima da terça até chegar ao apoio onde o valor do momento fletor é máximo. O valor nesse ponto é mais ou menos o dobro do valor no meio do vão.

A emenda da terça deve ser feita nesse ponto onde o momento fletor é ZERO. Você tem duas alternativas para fazer essa emenda. Veja abaixo:

Estudante : Ernandes A. dos Santos

8 - Construção dos Caibros

Os caibros são as peças que apóiam as Ripas. Deve-se tomar o cuidado de não deixar vãos muito grandes, pois o caibro não vai agüentar o peso das telhas e vai envergar.

Então, colocamos uma Terça para evitar que os Caibros fiquem abaulados:

(Parte 2 de 4)

Comentários