Apostila de química 3 - ceesvo - eja - 3

Apostila de química 3 - ceesvo - eja - 3

(Parte 1 de 9)

Ensino Médio 3ª Série

Apostila 3

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

CaroAluno: Seja bem-vindo ao curso de Química.

A Química é a ciência que estuda os materiais que constituem a natureza, sua composição e preparação, as transformações que sofrem, as energias envolvidas nesses processos e a produção de novos materiais. A Química está presente em todas as atividades da humanidade. Muitas vezes informações imprecisas, como “este alimento não contém química”, ou alarmistas como “a energia nuclear mata”, levam o homem a “ter uma visão distorcida” da Química. É necessário, portanto, fazer uma análise dos benefícios e malefícios que essa ciência traz.

É impossível imaginarmos um mundo privado de combustíveis, medicamentos, fertilizantes, pigmentos, alimentos, plásticos etc., produtos fabricados em indústria química.

Os problemas que podem surgir dependem da forma de produção e aplicação desses produtos, e o homem, como usuário, deve estar consciente de seus atos. Vamos então buscar conhecimentos na Química e exercitar o pensar para o melhor aproveitamento dessas informações.

Instruções para as Atividades: 1 - Trace uma meta, seja disciplinado e determine seu objetivo de conclusão do curso; 2 - Com muita paciência e amor leia atentamente os capítulos das apostilas;

3 - Anote no caderno as dúvidas e sempre que for necessário consulte o dicionário e o glossário no final da apostila;

4 - Caso tenha dúvidas com o conteúdo da matéria que estiver estudando, consulte um dos professores de Química;

5 - Você poderá acessar as apostilas pelo site w.ceesvo.com.br;

6 - É obrigatório o cuidado com a apostila, mantendo-a limpa (sem rabiscos a lápis ou caneta) e em perfeitas condições de uso.

Deus o abençoe e bons estudos!!! Equipe de Química e Ciências.

Química Apostila I - CEESVO

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

3 Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

Química Apostila I - CEESVO

Capítulo 1 Química Orgânica: O estudo do átomo de carbono.

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

Química Apostila I - CEESVO

1 - Introdução

Há mais de dois séculos, surgia a expressão compostos orgânicos, referindo-se as substâncias produzidas por organismos vivos, ou seja animais e vegetais, surgindo assim a Química Orgânica.

Na verdade, as substâncias ditas orgânicas são conhecidas desde antes de Cristo, como por exemplo bebidas alcoólicas, vinagre, sabão de cinzas, corantes extraídos da natureza. Em 1777 o cientista Torben Olof Bergman definiu a Química Orgânica como:

Nesta época, os alquimistas buscavam o “elixir da longa vida” , pois se acreditava que os organismos vivos eram capazes de produzir vários compostos, devido a uma força misteriosa neles existente. Era a chamada Teoria da Força Vital, proposto pelo químico Jöns Jakob Berzelius em 1807. Porém em 1828, o químico alemão Friedrich Wöhler, a partir de um composto mineral chamado cianato de amônio (NH4OCN) conseguiu produzir o composto orgânico uréia CO(NH2)2 (substância encontrada na urina dos mamíferos).

Com essa descoberta iniciou-se o fim da Teoria da Força Vital. Após a síntese da uréia, outras substâncias orgânicas foram sintetizadas, abandonando-se assim, a Teoria da Força Vital. Por esse motivo, em 1858 Friedrich August Kekulé propôs um novo conceito aceito até os dias de hoje.

Hoje a Química Orgânica se tornou extremamente importante para a vida dos seres humanos, transformando-os em dependentes de sua produção e evolução tecnológica.

A Química dos compostos existentes nos organismos vivos.

Química Orgânica é a parte da Química que estuda os compostos do carbono.

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

Química Apostila I - CEESVO

2 - O átomo de carbono

Vamos estudar agora algumas particularidades do átomo de carbono e o que o torna diferente dos demais elementos químicos. Essa diferença começou a ser desvendada na metade do século XIX pelo alemão August Kekulé e o escocês Archibol Scott Couper, e possibilitou uma melhor compreensão da estrutura das substâncias orgânicas.

2.1 - Postulados de Kekulé

Sobre um postulado não cabe qualquer discussão, discute-se apenas se a teoria formulada é coerente com os postulados que foram lançados.

2.1.1 - Primeiro Postulado: Tetravalência constante

O elemento carbono possui 6 elétrons em sua eletrosfera (região do átomo onde se encontram os elétrons), o átomo de carbono possui duas camadas; a camada K possui dois elétrons e a camada L possui quatro elétrons, isso quer dizer que ele possui quatro elétrons em sua última camada eletrônica, necessitando assim o compartilhamento de mais quatro elétrons de outros átomos, obedecendo desta forma a Teoria do Octeto (já estudada em capítulos anteriores).

Para relembrar:

O compartilhamento entre os quatros elétrons do átomo de carbono com quatro elétrons de outros átomos ocorre através da ligação covalente. Em 1857 a tetravalência do carbono foi reconhecida por Kekulé e Couper, na qual o carbono faz quatro ligações e pode unir-se com outros carbonos formando cadeias.

Observe o exemplo do metano (CH4).

Teoria do Octeto, afirma que o átomo torna-se estável quando apresenta oito elétrons na sua camada mais externa, ou seja, na sua última camada.

Fórmula eletrônica Fórmula estrutural

Postulado é uma série de afirmações que sustentam uma teoria.

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

Química Apostila I - CEESVO

2.1.2 - Segundo Postulado: Igualdade das 4 valências do carbono

As quatro ligações do átomo de carbono são iguais entre si, podemos exemplificar isso através da molécula do clorofórmio (CHCl3), pois sua fórmula estrutural pode ser representada de qualquer uma das seguintes maneiras:

2.1.3 - Terceiro Postulado: Encadeamento de carbonos

O carbono (C) é capaz de formar cadeias (ligações sucessivas e em até quatro direções) com outros átomos - de carbono, de oxigênio, de nitrogênio e outros - formando cadeias curtas ou longas e com as mais variadas disposições. Essas cadeias que irão formar o “esqueleto” das moléculas das substâncias orgânicas. Veja os exemplos abaixo:

Existem outros elementos químicos que podem formar encadeamentos ou cadeias, é o Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

Química Apostila I - CEESVO caso do átomo de enxofre, do fósforo e outros. O átomo de carbono é o único que possui a capacidade de formar cadeias tão longas, variadas e estáveis.

(Parte 1 de 9)

Comentários