Aneurisma da aorta

Aneurisma da aorta

(Parte 5 de 6)

Aneurisma da Aorta Abdominal

Aneuris ma da aorta abdo minal é u ma dilatação anor mal maior do que o esperado

Os aneuris mas da aorta abdo minal, mais co mu mente causado por aterosclerose, subdivididos e m duas classes principais supra- renal(ou pararrenal)einfra- renal.

Fatores genéticos pode m ter u m papel causal, pois existe u ma incidência fa miliar distinta de aneuris ma da aorta abdo minal nas fa mílias co m colágeno do tipo I elastina reduzidos, ou co m atividade colagenase au mentada na parede da aorta

Aneurisma da Aorta Abdominal u ma esperado.

mais são principais:

papel fa miliar abdo minal

I e da

Sinto mas

Dor penetrante nas costas ou dolado do

Dor contínua no abdômen, que pode durar

Sensação de frio, falta de sensibilidade fluxo de sangue bloqueado nas pernas.

Sinto mas do abdômen; durar de horas a dias; sensibilidade ou for miga mento nos pés devido ao

Diagnóstico

Ultra- Sonografia; Color Doppler; Color Doppler;

To mografia Co mputadorizada Aortografia.

Diagnóstico To mografia Co mputadorizada

Diagnóstico

permite uma definição melhor da dissecção

Fig. 5 -Aneurisma da aorta abdominal em corte transverso e longitudinal. O color-Doppler

Diagnóstico

permite uma definição melhor da dissecção

Aneurisma da aorta abdominal em corte Aortografia

Tratamento clínico

Eliminação dos Fatores de risco;

Beta Bloqueadores para controle de pressão sanguínea;

Tratamento clínico

Eliminação dos Fatores de risco; Beta Bloqueadores para controle de pressão

Cirurgia Endovascular

Oreparo endovascular érelativa mente novo. O primeiro procedimento no mundo foifeito e m 1991.1991.

Neste procedimento aoinvés deincisões grandes notórax ou abdo mesãofeitas pequenasincisões de 3 a 4 c m na região da virilha para se ter acesso às artérias fe morais. Através destas pequenas incisões u ma endoprótese éinserida por u m catéter pela artériafe moralatéolocal do aneuris ma, onde éliberada.

Trata mento Cirurgia Convencional

Nestatécnicatradicionalháa necessidade abertura do tórax ou abdo me, interrupçãoabertura do tórax ou abdo me, interrupção te mporária do fluxo de sangue neste segmento da aorta para que a porção dilatada possa ser substituída por u ma prótese tecido que ésuturada(costurada)nolocal.

Hánecessidade de anestesia gerale co mo procedimento é de grande porte o intestino fica paralizado por alguns dias, arecuperação é maislenta e ote mpo deinternação maior.

Trata mento Cirurgia Convencional de interrupçãointerrupção neste dilatada de co mo o intestino recuperação

Figura 1. Cirurgia convencional d Aneuris ma de aorta abdo minal – Incisã feita no abdo me e segmento do aneuris m substituído por u ma prótese suturada n aorta

Dissecação da Aorta

É caracterizada por u ma separeçãoÉ caracterizada por u ma separeção entre as ca madas média eíntima

Alocalização dofalsolúmen criado he mato ma dissecante é a externa da ca mada média da aorta seufluxo sanguíneo pode ser maior o daluz verdadeira da aorta.

Dissecação da Aorta separeçãosepareção íntima.

criado pelo metade aorta e o maior que

Aneurisma Dissecante da aorta

Classificação

TipoI- quando ocorre dissecaçãototal tipo I- quando a dissecação envolve aórtico);

TipoIII- que se origina na aorta descendente, artéria subclávia esquerda(IIIa- co m aco metimento este co mpro metimento);

TipoIV- co m dissecaçãoretrógradaiatrogênica canulação e m cirurgia cardíaca.

Aneurisma Dissecante da aorta totalda aorta, desde a porção ascendente; envolve apenas a porção ascendente (arco descendente, imediata mente após a orige m da aco metimento do arco aórtico, eIIIb- se m iatrogênica devido a cateterização arteriale

Sinto mas

Síncope;

Acidente Vascular Cerebral;

Paraplegia;

Co ma;

(Parte 5 de 6)

Comentários