Curso de Introdução a Engenharia Ambiental

Curso de Introdução a Engenharia Ambiental

(Parte 1 de 2)

Introdução a Engenharia Ambiental

Euclides Etiene Queiroz euclides.queiroz@uol.com.br

FEVEREIRO/2010

Boas Vindas! Apresentação

Euclides Etiene Queiroz2

Euclides Etiene Queiroz

Palestras / Assistir Aulas5%
Leitura10%
Audio-Visual20%

Pirâmide do Aprendizado 3

Euclides Etiene Queiroz

Praticar75%
Demonstração30%

Pirâmide do Aprendizado

Discussão50%
Ensinar80%

Grupo de 4

Euclides Etiene Queiroz

Pirâmide do Aprendizado

Palestras / Assistir Aulas Leitura

Praticar

Audio-Visual

Demonstração Grupo de Discussão

Ensinar

Palestras Leitura

Praticar

Audio-Visual

Demonstração Grupo de Discussão

Ensinar

Fonte: Allen 5

Euclides Etiene Queiroz

Referências Bibliográficas

DONAIRE, Denis Gestão ambiental na empresa 2 ed. São Paulo : Atlas, 1999

ANDRADE, Rui Otávio Bernardes etalGestão ambiental: enfoque estratégico aplicado ao desenvolvimento sustentável 2 ed. São Pulo : MakronBooks, 2004

HAMMES, V. S. Julgar percepção do impacto ambiental , v.4 São Paulo : Globo, 2004

Sistema de Gestão de Ambiental ISO 14.001/04, 1 ed. Rio de Janeiro (2005)

PHILIPPI JR., Arlindo, Curso de Gestão Ambiental, 1 ed. São Paulo (2004)

SITEs: w.mma.gov.br http://www.ibama.gov.br/ http://www.cetesb.sp.gov.br/ http://www.ana.gov.br/ http://www.daee.sp.gov.br http://www.mma.gov.br/port/conama/ 6

Euclides Etiene Queiroz

Referências Bibliográficas 7

Euclides Etiene Queiroz

Objetivos

1.Apresentar e Discutir os Fundamentos da Engenharia Ambiental

2.Introdução às Questões Ambientais

3.Conceituação de Desenvolvimento Sustentável 4.A Engenharia Ambiental Face aos Desafios Globais

Euclides Etiene Queiroz

Organização e Conteúdo

9/fevereiro/2010 (4) -41-Conceitos e Definições 1.1 Engenharia Ambiental 1.2 Meio Ambiente 1.3 Poluição Ambiental –IEAP52 1.4 Componentes Críticas Ambientais –IEAP2

2/março/2010 (4)-82-Questões Ambientais 2.1 O Sujeito das Transformações Ambientais 2.2 Energia e o Meio Ambiente 2.3 Impactos Ambientais nos Três Meios 2.4 Equilíbrio Ameaçado

16/março/2010 (4)-12 3- Desenvolvimento Sustentável 3.1 Conceitos Básicos 3.2 Aspectos Legaisa) Artigo 225 Constituição Federal b) Uso Sustentável dos Recursos

30/março/2010 (4)-16Apresentação Trabalhos e Exercícios (Prova)

13/abril/2010 (4)-20 4- Desempenho Ambiental 4.0 Monitoramento Ambiental 4.1 Abrangência do Desenvolvimento Sustentável

4.2 Definição de Indicadores 9

Euclides Etiene Queiroz

Organização e Conteúdo

27/abril/2010 (4)-24 4-Desempenho Ambiental 4.3 Definição Indicadores Sustentáveis 4.4 Indicadores de Desenvolvimento Humano –IDH 4.5 Indicadores de Sustentabilidade Ambiental 4.6 Controle de Processos Ambientais

1/maio/2010 (4)-28 5- Processos Ambientais 5.1 Controle Processo ETA 5.2 Água na Natureza 5.3 Caracterização da Água 5.4 Indicadores de Qualidade da Água

6-Norma Ambiental 6.1 Portaria 518 6.2 CONAMA 20 6.3 DESASTRE ECOLÓGICO

25/maio/2010 (4)-32PROVA FINAL APRESENTAÇÃO ESTUDO A DISTÂNCIA

Euclides Etiene Queiroz

Método de Avaliação

Prova (8,0) Apresentação e Entrega dos Trabalho (2,0)

Euclides Etiene Queiroz

Trabalhos

1-AQUECIMENTO GLOBAL 2- POLUIÇÃO 3-DESMATAMENTO 4- LIXO 5-NORMA REGULAMENTADORA NR-09 / NR-05 6-CONAMA –Conselho Nacional do Meio Ambiente 7-IBAMA –Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Rec. Naturais 8-ANVISA –Agência Nacional de Vigilância Sanitária 9-EDUCAÇÃO AMBIENTAL 10-DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Euclides Etiene Queiroz

Trabalhos

CAPA FACULDADE DE ROSEIRA –FARO DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A ENGENHARIA AMBIENTAL PROFESSOR: EUCLIDES ETIENE QUEIROZ ALUNO(S): X X DATA: Março/2010

Euclides Etiene Queiroz

1-Conceitos e Definições

Engenharia

Ciência cujo objetivo seja conjugar os conhecimentos especializados (científicos) e, através de métodos específicos, produzir e transformar recursos da natureza em bens úteis ao ser humano.

1.1 Engenharia Ambiental

Euclides Etiene Queiroz

1-Conceitos e Definições

Engenharia Ambiental

Ramo da Engenharia que desenvolve tecnologia específica para estudar os problemas ambientais de forma integrada nas suas dimensões ecológica, social, econômica e desenvolver projetos cujo objetivo seja o desenvolvimento sustentável.

1.1 Engenharia Ambiental

Euclides Etiene Queiroz

1-Conceitos e Definições

Engenheiro Ambiental

Profissional capacitado para implantar programas de minimização, monitoramento, controle e recuperação de áreas degradadas, implantar medidas em processos industriais a fim de minimizar, reutilizar, reciclar, tratar ou destinar adequadamente efluentes e resíduos.

1.1 Engenharia Ambiental

Euclides Etiene Queiroz

1-Conceitos e Definições

Perfil do Engenheiro Ambiental

O perfil acadêmico e profissional do Engº Ambiental engloba conhecimentos dos processos naturais e antrópicos que impactam o meio ambiente e, ao mesmo tempo, capaz de propor e/ou executar soluções técnicas sobre quaisquer necessidades ambientais, ou de coordenar equipes “multidisciplinares" encarregadas de solucionar problemas e de planejar o aproveitamento econômico de áreas (regiões) dentro de pressupostos ambientalmente equilibrados.

1.1 Engenharia Ambiental

Euclides Etiene Queiroz

1-Conceitos e Definições

Ambiente Que envolve ou rodeia por todos os lados e constitui o meio em que se vive.

Meio Conjunto de elementos materiais e circunstâncias que influenciam um organismo vivo, grupo social.

Meio Ambiente Conjunto de fatores físicos, biológicos e químicos que cercam os seres vivos, influenciando-os e sendo influenciado por eles. Dicionário Houaiss

1.2 Meio Ambiente

Euclides Etiene Queiroz

1-Conceitos e Definições

Meio Ambiente Conjunto de todas as condições físicas, químicas e biológicas que cerca e afeta a existência, o desenvolvimento e o bem-estar de um ser vivo, uma condição, ou uma comunidade, entre as quais:

Atmosfera Solo

Clima

Recursos Hídricos

Ar

Nutrientes

Dicionário Ambiental Anna Maria e Fátima Santos

1.2 Meio Ambiente

Euclides Etiene Queiroz

1.2 Meio Ambiente

Meio Ambiente Lei 6.938/81 Art 3º - Para os fins previstos nesta Lei, entende-se por meio ambiente, o conjunto de condições, leis, influências e interações de ordem física, química e biológica, que permite, abriga e rege a vida em todas as suas formas.

CONAMA 306:2002 - “Meio Ambiente é o conjunto de condições, leis, influencia e interações de ordem física, química, biológica, social, cultural e urbanística, que permite, abriga e rege a vida em todas as suas formas” .”

1-Conceitos e Definições

Euclides Etiene Queiroz

1.2 Meio Ambiente

Meio Ambiente ISO 14001:2004 – circunvizinhança em que uma organização opera, incluindo-se ar, água, solo, recursos naturais, flora fauna, seres humanos e suas inter-relações.”

ISO 14000é uma série de normas desenvolvidas pela

International Organization for Standardization (ISO) e que estabelecem diretrizes sobre a área de gestãoambientaldentro de empresas.

1-Conceitos e Definições

Euclides Etiene Queiroz

1.3 Poluição Ambiental

Degradação do Meio Ambiente Qualquer alteração adversa das características do meio ambiente e que possam causar o seu esgotamento devido a utilização em ritmo maior que sua capacidade de reposição natural.

1-Conceitos e Definições

Euclides Etiene Queiroz

1.3 Poluição Ambiental

Poluição A degradação da qualidade ambiental resultante de atividades que direta ou indiretamente:

a) prejudiquem a saúde, a segurança e o bem-estar da população; b) criem condições adversas às atividades sociais e econômicas; c) afetem desfavoravelmente a biota; d) afetemas condições estéticas ou sanitárias do meio ambiente; e) lancemmatérias ou energia em desacordo com os padrões ambientais estabelecidos;

1-Conceitos e Definições

Euclides Etiene Queiroz

1-Conceitos e Definições 24

Euclides Etiene Queiroz

1.3 Poluição Ambiental

Poluição Ato ou efeito de poluir. Degradação das características físicas ou químicas dos ecossistemas.

Ex.: Agentes tóxicos no solo, na água destroem a fauna e a flora.

1-Conceitos e Definições

Euclides Etiene Queiroz

1.4 Componentes Críticas Ambientais

As três componentes consideradas críticas para que haja “qualidade de vida no planeta” são, segundo Miller (1985): 1. População 2. Recursos Naturais 3. Poluição

1-Conceitos e Definições

Euclides Etiene Queiroz

1.4 Componentes Críticas Ambientais 1-Conceitos e Definições

1. População A população mundial cresceu de 2,5 bilhões em 1950 para 6,2 bilhões no ano 2002 (U.S. Census Bureau, 2004ª). No início de 2007, no entanto, esse número atingiu 6,6 bilhões de pessoas no planeta.

Esta explosão demográfica se inicia com a Revolução Industrial, por volta do ano 1800 quando a população mundial era apenas 1,0 bilhão de pessoas, segundo a ONU, e, deverá ultrapassar os 9,0 bilhões no ano 2050 a continuar com a taxa de crescimento de 1,14% atualmente.

Euclides Etiene Queiroz

1.4 Componentes Críticas Ambientais POPULAÇÃO MUNDIAL

1-Conceitos e Definições

Euclides Etiene Queiroz

1.4 Componentes Críticas Ambientais 1-Conceitos e Definições

Euclides Etiene Queiroz

1.4 Componentes Críticas Ambientais POPULAÇÃO DO BRASIL

1-Conceitos e Definições

Euclides Etiene Queiroz

1.4 Componentes Críticas Ambientais

2. Recursos Naturais Todo e qualquer material ou substância encontrado na natureza como a terra, mar, água, vegetais, animais, peixes, bosques, petróleo, ferro, etc., potencialmente úteis ou valiosos ao ser humano.

- Recursos Naturais Renováveis - Recursos Naturais Não-Renováveis

RECURSOS NATURAIS 1-Conceitos e Definições

Euclides Etiene Queiroz

1.4 Componentes Críticas Ambientais

2. Recursos Naturais 2.1 Recursos NatuaisRenováveis

Os recursos naturais renováveis são aqueles que, depois de serem utilizados, ficam disponíveis novamente graças aos ciclos naturais. Ex: água, ar, biomassa, a energia eólica.

Biomassa: massa de matéria viva ou massa de uma matéria orgânica

RECURSOS NATURAIS 1-Conceitos e Definições

Euclides Etiene Queiroz

1.4 Componentes Críticas Ambientais

2. Recursos Naturais 2.1 Recursos NatuaisRenováveis

Exemplos de produtos derivados da biomassa:

Biodieselfeito de óleo de dendê, mamoma, soja Metanoresíduos, esgoto, esterco, alimentos Óleo Vegetal é uma gordura extraída de plantas, sementes

RECURSOS NATURAIS 1-Conceitos e Definições

Euclides Etiene Queiroz

1.4 Componentes Críticas Ambientais

2. Recursos Naturais 2.2 Recursos NatuaisNão-Renováveis

Os recursos naturais não-renováveis são aqueles que, depois de serem utilizados, não podem mais ser reaproveitáveis.

Ex: minerais não-energéticos como o fósforo, cálcio, e os energéticos como combustíveis fósseis (petróleo), urânio (usado como combustível nuclear), etc

RECURSOS NATURAIS 1-Conceitos e Definições

Euclides Etiene Queiroz

1.4 Componentes Críticas Ambientais 1-Conceitos e Definições

Renováveis Renováveis

Euclides Etiene Queiroz

1.4 Componentes Críticas Ambientais 1-Conceitos e Definições

3. Poluição Poluição é entendida como uma condição do entorno dos seres vivos (ar, água, solo) que lhes possa ser danosa.

Poluiré de origem latina, polluere, e significa profanar, manchar, sujar, portanto, poluir é profanar a natureza sujando-a.

Mortandade de peixes no rio Paraíba do Sul pelo lançamento de quase 8 mil litros de inseticida pela Servatis, foto do O Globo –30 de maio 09

Euclides Etiene Queiroz

1.4 Componentes Críticas Ambientais

“ Do Equilíbrio Entre Esses Três Elementos

Dependerá o Nível

De Qualidade De Vida No Planeta”

População

Poluição

Recursos Naturais

1-Conceitos e Definições

Euclides Etiene Queiroz

2- Questões Ambientais 2.1 O Sujeito das Transformações Ambientais

Gaia - Terra Da mitologia grega significa terra. Mais especificamente a deusa da Terra.

Terra constitui o único Planeta atualmente conhecido a sustentar a VIDA.

Idade de Gaia: 4,5 Bilhões de Anos

(A idade da terra foi determinada a partir de amostras derochas radioativas retiradas da crosta terrestre. Dessas amostras avaliaram-se as meias-vidas desses elementos para saber o intervalo de tempo decorrido).

Esta é a foto que os astronautas da Apollo 8 tiraram da terra. 23/12/68

Tripulação: Frank Borman,

James Lovelle William Anders

Euclides Etiene Queiroz

2- Questões Ambientais 2.1 O Sujeito das Transformações Ambientais

Gaia - Terra Para James Lovelock, Gaiaconstitui a idéia de que a biosfera da Terra se comporta como se fosse um único organismo.

Ele porém, acredita que nossa espécie está agora impondo a esta Terra um estresse sem precedentes com um ecossistema bem empobrecido, quase inóspito para os seres humanos.

"o mundo já ultrapassou o ponto de não retorno quanto às mudanças climáticase a civilizaçãocomo a conhecemos dificilmente irá sobreviver“ (janeiro de 2006).

Lovelock (1919) é formado em Química e

Matemática na Universityof Manchestere Médico pelo

Institutefor Medical Research em Londres.

Euclides Etiene Queiroz

2- Questões Ambientais 2.1 O Sujeito das Transformações Ambientais

Transformações Grandes mudanças ocorreram num espaço minúsculo de tempo em comparação com os 4,5 bilhões de anos da terra:

1.A vegetação se alterou (agricultura) 2.O aumento das atividades urbanas 3.As atividades da era industrial 4.O consumo de combustíveis fósseis 5.O aumento de dióxido de carbono 6.A mudança do clima 7.O aquecimento global 8.O crescimento da população 9.Outros fatores

Euclides Etiene Queiroz

2- Questões Ambientais 2.1 O Sujeito das Transformações Ambientais

IPCC –Intergovernamental Panelon ClimateChange–Painel Sobre Clima

Mudança Climática pode ser entendida como um fenômeno que ocorre em espaços de tempo podendo ser ocasionada por “agressões à natureza” pelo ser humano, como é o caso do efeito estufa. Refere-se, portanto, a variação do clima em escala global.

Estas variações dizem respeito a mudança de temperatura, precipitação, índice de nebulosidade, mudança da atmosfera, chuvas, ventos, etc.

Euclides Etiene Queiroz

2- Questões Ambientais 2.1 O Sujeito das Transformações Ambientais

(Modelo de Desenvolvimento Econômico)

Lucro

Modelo Sistêmico

Euclides Etiene Queiroz

2- Questões Ambientais 2.1 O Sujeito das Transformações Ambientais

(Modelo de Desenvolvimento Econômico)

Lucro

Desflorestamento Destruição hábitats Perda biodiversidade Erosão Desertificação Assoriamento Inundações Secas Urbanização Poluição (água, solo, ar, sonora) Lixo, Esgoto

Efeito Estufa

Alterações Climáticas Redução da Camada de Ozônio

Euclides Etiene Queiroz

2- Questões Ambientais 2.2 Energia e o Meio Ambiente

Definição Energia Podemos definir energia como a capacidade que um corpo, uma substância ou um sistema físico têm de realizar trabalho.

Tipos de Energia

Energia Elétrica Energia Hidráulica

Energia Nuclear

Energia Radiante

Energia Térmica

Energia Eólica

Energia das Marés

Energia Solar

Energia Potencial

Energia Cinética

Energia Geotérmica

Euclides Etiene Queiroz45 Euclides Etiene Queiroz45

Euclides Etiene Queiroz

2- Questões Ambientais 2.2 Energia e o Meio Ambiente

A Sociedade Modernax Energia A energia é um dos principais constituintes da sociedade moderna.

Ela é necessária para se criar bens a partir dos recursos naturais e para fornecer muitos dos serviços dos quais temos nos beneficiados.

Para atender os padrões de vida exigidos pela sociedade moderna uma grande quantidade de sistemas de abastecimentos de energia são construídos e disponibilizados além da qualidade e confiabilidade de fornecimento.

Euclides Etiene Queiroz47 Euclides Etiene Queiroz47

Euclides Etiene Queiroz

2- Questões Ambientais 2.2 Energia e o Meio Ambiente

Energia Efeitos do Consumo Excessivo Sabe-se que o uso dos recursos energéticos é um dos principais fatores a afetar o ambiente.

(Parte 1 de 2)

Comentários