Manual de especificação tecnica EPIs

Manual de especificação tecnica EPIs

(Parte 2 de 6)

Identificação: o EPI deve ser identificado com o nome do fabricante, tamanho da peça e o número do Certificado de Aprovação (CA) do MTE. Documentos: apresentar cópia do laudo do CA.

m a g e m il u s t r a t i v

CALÇADO DE SEGURANÇA TIPO BOTA PARA PAVIMENTAÇÃO ((Par))

OBJETIVO Proteção dos membros inferiores contra hidrocarbonetos.

DESCRIÇÃO Bota de borracha nitrílica no solado e no cano, sem forro; Solado: antiderrapante com espessura de 16 m; Altura do Cano: longo (340 m) Numeração: 37 a 47. Cor: Preta.

Observação: Deve atender os padrões solicitados pela norma EN 344.

IDENTIFICAÇÃO E DOCUMENTOS Identificação: o EPI deve ser identificado com o nome do fabricante, tamanho da peça e o número do Certificado de Aprovação (CA) do MTE. Documentos: apresentar cópia do laudo do CA.

m a g e m il u s t r a t i v

CALÇADO DE SEGURANÇA TIPO BOTINA DE SEGURANÇA COM BIQUEIRA DE AÇO ((Par))

OBJETIVO Proteção dos pés e tornozelos contra escoriações provocadas por agentes externos, proteção contra queda de objetos pesados e impactos frontais.

DESCRIÇÃO Modelo: botina com elástico; Cabedal: confeccionado em couro vaqueta lisa, hidrofugada, espessura de l,8 a 2,0 m, resistente a cortes, escoriações, agentes químicos e desgaste em condições normais de uso, cano acolchoado em espuma densidade 80, forrados em vaqueta vestuário curtida ao cromo, forro da gáspea em couro raspa camurça natural; Palmilha: palmilha de limpeza bactericida; Alma: em fibra plástica; Solado: em poliuretano bidensidade, injetado diretamente ao cabedal, com entresola em poliuretano de baixa densidade e sola em poliuretano compacto, antiderrapante; Biqueira: em aço carbono temperado com espessura de 1,5 m, pintura eletrostática anticorrosiva conforme DIN 32768, com protetor de borda da biqueira em espuma densa de borracha em látex, acolchoada com espuma mínima de 3 m; Contraforte: termoplástico, formato anatômico, com espessura mínima de 1,6 m; Costuras: em linha de nylon fio 30, sendo 4 costuras para união da gáspea com as partes laterais; Taloneira: reforçadas; Cor: preta; Tamanho: nº 36 a 45; Garantia: de 6 (seis) meses, dada pelo fabricante.

IDENTIFICAÇÃO E DOCUMENTOS Identificação: o EPI deve ser identificado com o nome do fabricante, tamanho da peça e o número do Certificado de Aprovação (CA) do MTE. Documentos: apresentar cópia do laudo do CA.

m a g e m il u s t r a t i v

CALÇADO DE SEGURANÇA TIPO BOTINA PARA BAIXA TEMPERATURA ((Par))

OBJETIVO Proteção para os pés do usuário contra agentes térmicos DESCRIÇÃO Calçado de segurança para câmara fria, confeccionado em vaqueta hidrofugada, cor branca, com solado de poliuretano antiderrapante, forrado internamente com manta térmica sintética, sem biqueira de aço, cano com no mínimo 25 cm de altura . "BMC" (bota meio cano) conforme NBR 12594 Cor: Branca

IDENTIFICAÇÃO E DOCUMENTOS Identificação: o EPI deve ser identificado com o nome do fabricante, tamanho da peça e o número do Certificado de Aprovação (CA) do MTE. Documentos: apresentar cópia do laudo do CA.

m a g e m il u s t r a t i v

CALÇADO DE SEGURANÇA TIPO BOTINA PARA ELETRICISTA ((Par))

OBJETIVO Proteção dos pés e tornozelos contra escoriações provocadas por agentes externos e barreira isolante na passagem de corrente elétrica.

DESCRIÇÃO Modelo: com elástico lateral encoberto; Cabedal: confeccionado em couro vaqueta lisa, hifrofugada, espessura de 1,6 a 2,0 m, resistente a cortes, escoriações, agentes químicos e desgaste em condições normais de uso, forro de gáspea em couro raspa camurça natural; Palmilha: em couro natural, espessura mínima de 2,5 m, costurada através do sistema strobel e palmilha de limpeza antibactericida; Alma: em fibra plástica; Solado: em poliuretano bidensidade bicolor, (sola preta e entressola cinza)injetado diretamente ao cabedal, com entresola em poliuretano de baixa densidade e sola em poliuretano compacto, antiderrapante. Biqueira: polipropilento Contraforte: termoplástico, formato anatômico, com espessura mínima de 1,6 m; Costuras: em linha de nylon fio 30, sendo 4 costuras para união da gáspea com as partes laterais; Taloneira: reforçadas; Cor: preta; Tamanho: nº 36 a 45; Garantia: de 6 (seis) meses, dada pelo fabricante.

IDENTIFICAÇÃO E DOCUMENTOS Identificação: o EPI deve ser identificado com o nome do fabricante, tamanho da peça e o número do Certificado de Aprovação (CA) do MTE. Documentos: apresentar cópia do laudo do CA.

m a g e m il u s t r a t i v

BOTINA SEM BIQUEIRA

CALÇADO DE SEGURANÇA TIPO SOLADO NITRILICO ((Par))

OBJETIVO Proteção dos pés e tornozelos contra temperaturas elevadas e escoriações provocadas por agentes externos.

DESCRIÇÃO Modelo: com elástico lateral encoberto; Cabedal: confeccionado em couro vaqueta lisa, hidrofugada, espessura de l,8 a 2,0 m, resistente a cortes, escoriações, agentes químicos e desgaste em condições normais de uso, cano acolchoado em espuma densidade 80, forrados em vaqueta vestuário curtida ao cromo; Palmilha: costurada através do sistema strobel e palmilha de limpeza bactericida; Alma: em fibra plástica; Solado: Solado bicomponente, sendo a entressola em poliuretano e a sola em borracha nitrílica p/ altas temperaturas". Biqueira: polipropilento Contraforte: termoplástico, formato anatômico; Costuras: em linha de nylon fio 30, sendo 4 costuras para união da gáspea com as partes laterais. Taloneira: reforçadas; Cor: preta; Tamanho: nº 36 a 45; Garantia: de 6 (seis) meses, dada pelo fabricante

Identificação: o EPI deve ser identificado com o nome do fabricante, tamanho da peça e o número do Certificado de Aprovação (CA) do MTE. Documentos: apresentar cópia do laudo do CA.

m a g e m il u s t r a t i v

CALÇADO DE SEGURANÇA TIPO BOTINA SEM BIQUEIRA SOLADO POLIURETANO ((Par))

OBJETIVO Proteção dos pés e tornozelos contra escoriações provocadas por agentes externos e barreira isolante na passagem de corrente elétrica.

DESCRIÇÃO Modelo: com elástico lateral encoberto; Cabedal: confeccionado em couro vaqueta lisa, espessura de 1,6 a 2,0 m, resistente a cortes, escoriações, agentes químicos e desgaste em condições normais de uso, forro de gáspea em couro raspa camurça natural; Palmilha: em couro natural, espessura mínima de 2,5 m, costurada através do sistema strobel e palmilha de limpeza antibactericida; Alma: em fibra plástica; Solado: em poliuretano bidensidade bicolor, (sola preta e entressola cinza) injetado diretamente ao cabedal, com entresola em poliuretano de baixa densidade e sola em poliuretano compacto, antiderrapante. Biqueira: polipropilento Contraforte: termoplástico, formato anatômico, com espessura mínima de 1,6 m; Costuras: em linha de nylon fio 30, sendo 4 costuras para união da gáspea com as partes laterais; Taloneira: reforçadas; Cor: preta; Tamanho: nº 36 a 45; Garantia: de 6 (seis) meses, dada pelo fabricante.

IDENTIFICAÇÃO E DOCUMENTOS Identificação: o EPI deve ser identificado com o nome do fabricante, tamanho da peça e o número do Certificado de Aprovação (CA) do MTE. Documentos: apresentar cópia do laudo do CA.

m a g e m il u s t r a t i v

SEGURANÇATIPO

CALÇADO DE SAPATO ((Par))

OBJETIVO Proteção dos pés contra escoriações provocadas por agentes externos DESCRIÇÃO Condições gerais: Sapato de segurança em couro, na cor preta ou branca, com solado antiderapante. Acabamento: O sapato deverá ter bom acabamento, sem falhas no couro ou no solado. Condições de garantia: 06 (seis) meses a partir da certificação de entrega. No recebimento somente serão aceitos sapatos com data de fabricação de até 30 (trinta) dias anteriores a data de entrega. CONDIÇÕES ESPECÍFICAS Material: Vaqueta de primeira qualidade, curtida ao cromo, hidrofugada. Espessura: 2,0 ± 0,2 m. Cor: Preta ou branca Palmilha: Couro, natural - espessura 02 m, sistema Strobel, tendo sobreposta uma palmilha com tratamento anti-fungo e anti-bactéria. Biqueira: polipropileno] Solado: Bidensidade antiderapante, moldado em peça única em poliuretano injetado diretamente no cabedal. Forração: Raspa de couro natural - espessura 1,2 ± 0,2 m. Colarinho: Simples, confeccionado nas partes externa e interna em vaqueta vestuário. Normas: O produto deverá atender as seguintes normas: NBRs 12561 –12594

IDENTIFICAÇÃO E DOCUMENTOS Identificação: o EPI deve ser identificado com o nome do fabricante, tamanho da peça e o número do Certificado de Aprovação (CA) do MTE. Documentos: apresentar cópia do laudo do CA.

m a g e m il u s t r a t i v

OBJETIVO Proteção da cabeça do usuário contra impactos provenientes de queda ou projeção de objetos e riscos elétricos.

DESCRIÇÃO a) Casco: deve ser confeccionado em polietileno de alta densidade, na cor (a definir), com reforço na parte superior, de alta rigidez dielétrica, sem porosidade, trincas e emendas, nem partes metálicas ou perfuração. O capacete deve ser provido de fendas laterais para acoplamento de protetores auriculares e faciais, apresentar alta resistência mecânica e rigidez dielétrica, além de conter a logomarca da Secretaria. b) Copa: parte superior do casco provida de reforço de amortecimento de impacto. c) Aba frontal: a aba terá a largura definida entre 38 m e 76 m, medidas a partir de sua linha de junção com o casco, o declive da aba deve ser compreendido entre 15º a 37º. d) Carneira: parte da suspensão ajustável para todas as medidas de cabeça, confeccionada em polietileno de baixa densidade, de alta resistência, composta de cinta dupla ajustável, em tecido de poliéster, deslizante entre as fendas dos clips de fixação da suspensão ao capacete, destinadas a absorver o impacto. A carneira deve ter um mínimo de quatro pontos de fixação e estar posicionada em forma de cruz. O sistema de fixação, por catraca giratória, deve impedir que a suspensão se solte facilmente durante a utilização. e) Testeira absorvente de suor: deve ser confeccionada em laminado de PVC atóxico, dublado com espuma multi-perfurada em poliéster, na cor cinza. f) Cor: a definir

IDENTIFICAÇÃO E DOCUMENTOS Identificação: o EPI deve ser identificado com o nome do fabricante, tamanho da peça e o número do Certificado de Aprovação (CA) do MTE. Documentos: apresentar cópia do laudo do CA.

m a g e m il u s t r a t i v

OBJETIVO Proteção da cabeça do usuário contra impactos e absorção de ruídos em locais com níveis de pressão sonora acima de 85 dB (A). DESCRIÇÃO Capacete de segurança a) Casco: deve ser confeccionado em polietileno de alta densidade, na cor (a definir), com reforço na parte superior, de alta rigidez dielétrica, sem porosidade, trincas e emendas, nem partes metálicas ou perfuração. O capacete deve ser provido de fendas laterais para acoplamento de protetores auriculares e faciais, apresentarem alta resistência mecânica e rigidez dielétrica, além de conter a logomarca da Secretaria. b) Copa: parte superior do casco, provida de reforço de amortecimento de impacto. c) Aba frontal: a aba terá a largura definida entre 38 m e 76 m, medidas a partir de sua linha de junção com o casco, o declive da aba deve ser compreendido entre 15º a 3º. d) Carneira: parte da suspensão ajustável para todas as medidas de cabeça, confeccionada em polietileno de baixa densidade, de alta resistência, composta de cinta dupla ajustável, em tecido de poliéster, deslizante entre as fendas dos clips de fixação da suspensão ao capacete, destinadas a absorver o impacto. A carneira deve ter um mínimo de quatro pontos de fixação e estar posicionada em forma de cruz. O sistema de fixação, por catraca giratória, deve impedir que a suspensão se solte facilmente durante a utilização. e) Teste ira absorvente de suor: deve ser confeccionada em laminado de PVC atóxico, dublado com espuma multi-perfurada em poliéster, na cor cinza. f) Jugular: peça regulável em tecido de elástico, com largura de, aproximadamente 2 cm, na cor cinza ou preta, com dois ganchos nas extremidades que se encaixam à suspensão do capacete de segurança para melhor fixação deste à cabeça, não devendo possuir componentes metálicos. Protetor auricular

Deve ser acolchoado com espuma para absorção de ruído em locais com nível de pressão sonora de NRRsf mínimo de 17dB(A), formado por 2 (duas) conchas, almofada externa, macia preenchida internamente com espuma de poliuretano, de cerca de 100cm² de área e 10mm de espessura e 2 (duas) hastes individuais em material plástico com regulagem para fixação no capacete, com possibilidade de ajuste de altura.

Identificação: o EPI deve ser identificado com o nome do fabricante, tamanho da peça e o número do Certificado de Aprovação (CA) do MTE. Documentos: apresentar cópia do laudo do CA.

m a g e m il u s t r a t i v

OBJETIVO Proteção do usuário contra impactos de objetos volantes e dentre outras atividades que necessite de proteção na região da cabeça, proteção da face e proteção contra ruídos.

DESCRIÇÃO Composição: O capacete completo é composto de um capacete, um suporte/adaptador, um protetor auricular tipo concha e um protetor facial tipo tela de nylon .

Protetor Auricular Tipo Concha: É constituído de dois abafadores em forma de concha com atenuação mínima de 17 dB(A) NRRsf , sendo este de meia haste (para encaixe no suporte).

Protetor Facial Tipo Tela: Fabricado em nylon na cor preta, borda em polipropileno e furos na extremidade para fixação do protetor facial ao suporte do capacete.

Capacete de Segurança: Em plástico de polietileno, classificação a/b, com aba frontal, nervura central no capacete para reforço e fendas (slot) laterais para adaptação de protetores faciais e auriculares tipo concha, suspensão/carneira em plástico de polietileno, fixada através de 4 pontos de encaixe, com tira absorvente de espuma sintética na testa e de regulagem simples.

Identificação: o EPI deve ser identificado com o nome do fabricante, tamanho da peça e o número do Certificado de Aprovação (CA) do MTE. Documentos: apresentar cópia do laudo do CA.

(Parte 2 de 6)

Comentários