Manual de Normas Técnicas e Rotinas de Enfermagem para Centros de Saúde

Manual de Normas Técnicas e Rotinas de Enfermagem para Centros de Saúde

(Parte 6 de 14)

• oferecer bastante líquidos, como água, sucos, leite etc;

• banho ou compressas, com água tépida;

• só agasalhar quando houver calafrios;

• encaminhar para atendimento médico.

Obser vação

Não usar compressas de álcool, pelo risco de toxidade, se houver inalação ou absorção cutânea.

Locais de verificação da temperatura • axila

• região inguinal

• boca

• reto

• vagina

Temperatura axilar É a mais prática, porém a menos precisa.

Mater ial necessário

• termômetro

• algodão

• álcool a 70º

Ex ecução da técnica

• explicar ao usuário o que vai ser feito;

• lavar as mãos;

• fazer a antissepsia do termômetro com algodão embebido em álcool a 70°, secá-lo e sacudí-lo, cuidadosamente, até que a coluna de mercúrio desça abaixo de 35°C;

• secar ou solicitar que o usuário seque a axila; • verificar se a coluna de mercúrio está abaixo de 35°C.

• colocar o termômetro na axila, de maneira que o bulbo de mercúrio fique em contato direto com a pele; • pedir ao usuário que comprima o braço de encontro ao corpo ou fazêlo, caso o mesmo não tenha condições; • deixar o termômetro durante 8 a 10 minutos na axila;

• retirar o termômetro e proceder a leitura, ao nível dos olhos;

• fazer a antissepsia do termômetro, com algodão embebido em álcool 70°e guardá-lo adequadamente.

mulheres é levemente mais rápido (+7 a 8 bpm);o pulso varia com a idade, diminuindo, gradualmente, do nascimento à vida adulta e aumentando um pouco na idade avançada; • volume:sob condições normais, o volume de cada batimento cardíaco é igual;o pulso pode ser obliterado com relativa facilidade, ao se exercer pressão excessiva sobre a artéria, mas permanece perceptível com pressão moderada; • pulso limitado:quando o volume do pulso torna difícil obliterar a artéria;

• pulso débil, fraco ou fino:o volume do pulso é pequeno e a artéria pode ser obliterada facilmente; • taquicardia:é quando o nível do pulso está acima de 100 bpm, por exemplo, durante exercícios, se o usuário está em situação de medo ou sofre surpresas; • bradicardia:é quando a velocidade do pulso cai abaixo de 60 bpm se, por exemplo, clientes que têm doenças cardíacas fazem uso de digitálicos; • ritmo:normalmente é regular e o intervalo entre os batimentos são iguais; - arritmia:ritmo de pulso irregular;

- pulso intermitente:período de ritmo normal interrompido por ritmo irregular;pode ser uma condição temporária por fator emocional ou medo, ou por doenças cardíacas; - pulso dicrótico:se o final da onda de pulso é exagerado;sente-se o pulso duplo no toque.

Material necessário • relógio com ponteiro de segundos.

Execução da técnica • lavar as mãos;

• explicar ao usuário o que vai ser feito;

• colocar o usuário numa posição confortável;

• colocar os dedos indicador, médio e anular sobre a artéria, fazendo

Definição É a pressão exercida pelo sangue na parede das artérias, correspondendo aos batimentos cardíacos (contrações do ventrículo esquerdo).

Características do pulso • freqüência:é o número de batimentos cardíacos por unidade de tempo;ao despertar, pela manhã, a freqüência do pulso do homem adulto médio, saudável, é de aproximadamente 60 a 65 bpm e nas

Oral36 a 37.3 o C

Retal / Vaginal36.6 a 37.8 o C

Axilar36 a 36.7 o C

Obs.:podem ocorrer variações de 0,5 a 1ºC.Quando for utilizado termômetro digital, adequar a execução da técnica conforme recomendado pelo fabricante.

uma leve pressão (obliteração); • contar os batimentos durante um minuto;

• anotar o número de batidas, por exemplo, 80 batimentos por minuto = 80 bpm; • se não tiver certeza na contagem, refazer a verificação.

quantidade de sangue circulante e da elasticidade dos vasos.A pressão arterial é medida em milímetros de mercúrio (mmHg).

Fatores que alteram a pressão arterial

Fisiológicos • idade;

• sexo:mulher em geral tem pressão arterial mais baixa;

• alimentação;

• esforço:aumenta com atividades físicas;

• emoções:falar, dor, angústia, frio, desconforto;

• obesidade:aumenta pelo depósito de gordura nos vasos.

Patológicos • hemorragia;

• infecções agudas;

(Parte 6 de 14)

Comentários