Materiais de construção: características e uso

Materiais de construção: características e uso

São todos os materiais, corpos, objetos ou substâncias que são usados em qualquer obra de engenharia.

  • São todos os materiais, corpos, objetos ou substâncias que são usados em qualquer obra de engenharia.

As mais utilizadas, por serem abundantes, são as sílicas, gnais, granitos e alguns calcários.

  • As mais utilizadas, por serem abundantes, são as sílicas, gnais, granitos e alguns calcários.

  • A pedra brita é classificada conforme o tamanho das suas partículas que passam em peneiras de determinada malha em:

Obs: ABNT permite diâmetro máximo menos ou igual a ¼ da menor dimensão da peça de concreto.

  • Obs: ABNT permite diâmetro máximo menos ou igual a ¼ da menor dimensão da peça de concreto.

Areia é um material de origem mineral finamente dividido em grânulos, composta basicamente de dióxido de silício.

  • Areia é um material de origem mineral finamente dividido em grânulos, composta basicamente de dióxido de silício.

É utilizada nas obras de engenharia civil em execução de argamassas e concretos e também na fabricação de vidro. O tamanho de seus grãos tem importância nas características dos materiais que a utilizam como componente.

  • É utilizada nas obras de engenharia civil em execução de argamassas e concretos e também na fabricação de vidro. O tamanho de seus grãos tem importância nas características dos materiais que a utilizam como componente.

O tamanho de areia, divide-se, granulometricamente, em:

  • O tamanho de areia, divide-se, granulometricamente, em:

  • areia fina (entre 0,075 mm e 0,18 mm),

  • areia média (entre 0,18 mm e 0,42 mm),

  • areia grossa (entre 0,42 mm e 2 mm).

Originado pelo intemperismo incipiente de rochas graníticas, contendo grande quantidade de fragmentos pequenos de feldspatos e quartzo, além de outros minerais da rocha. A quantidade de argila é pequena pelo fato do intemperismo estar no seu início.

  • Originado pelo intemperismo incipiente de rochas graníticas, contendo grande quantidade de fragmentos pequenos de feldspatos e quartzo, além de outros minerais da rocha. A quantidade de argila é pequena pelo fato do intemperismo estar no seu início.

Na indústria da construção o saibro é usado para fazer argamassa de emboço e assentamento de tijolos.

  • Na indústria da construção o saibro é usado para fazer argamassa de emboço e assentamento de tijolos.

É obtido através da queima da gipsita a 128°C, sendo depois pulverizado. É utilizada na fabricação de placas e na ornamentação interna das construções.

  • É obtido através da queima da gipsita a 128°C, sendo depois pulverizado. É utilizada na fabricação de placas e na ornamentação interna das construções.

Gipsita - sulfato de cálcio

  • Gipsita - sulfato de cálcio

O óxido de cálcio (conhecido como cal) é uma das substâncias mais importantes para a indústria, sendo obtida por decomposição térmica de calcário (de 825 a 900 °C). Também chamada de cal viva ou cal virgem, é um composto sólido branco.

  • O óxido de cálcio (conhecido como cal) é uma das substâncias mais importantes para a indústria, sendo obtida por decomposição térmica de calcário (de 825 a 900 °C). Também chamada de cal viva ou cal virgem, é um composto sólido branco.

A cal virgem para ser utilizada na obra deve ser “queimada”.

  • A cal virgem para ser utilizada na obra deve ser “queimada”.

  • Normalmente utilizada na indústria da construção civil para elaboração das argamassas, principalmente, de acabamento, com a função de evitar trincas devido a cura do cimento.

É um aglomerante artificial básico na construção. Possui calcário, argila e gesso na sua composição.

  • É um aglomerante artificial básico na construção. Possui calcário, argila e gesso na sua composição.

  • Deve-se evitar o armazenamento por mais de 4 meses.

  • Utilizado em argamassas e concretos.

São materiais que possuem como matéria prima a argila.

  • São materiais que possuem como matéria prima a argila.

  • No processo de fabricação, há um rearranjo estrutural, devido ao processo de mistura para uniformização da argila, bem como a “queima” das peças, o que confere uma maior resistência das peças.

O tijolo de boa qualidade deve ser bem “cozido”, não ter manchas, nem areia em excesso (aspecto arenoso).

  • O tijolo de boa qualidade deve ser bem “cozido”, não ter manchas, nem areia em excesso (aspecto arenoso).

  • Os tijolos devem apresentar uma absorção de água menor que 25% de seu peso e uma resistência superior à 1 MPA.

Utilizado para levantar paredes, lajes, muros, construção de fossas, biodigestores entre outros.

  • Utilizado para levantar paredes, lajes, muros, construção de fossas, biodigestores entre outros.

Existem vários tipos de telhas cerâmicas, como por exemplo: francesa, colonial, portuguesa, romana, plan, etc.

  • Existem vários tipos de telhas cerâmicas, como por exemplo: francesa, colonial, portuguesa, romana, plan, etc.

  • As inclinações do telhado para telhas cerâmicas variam de 25 à 45%, dependendo do tipo de telha utilizada.

As telhas não podem absorver mais de 18% do seu peso em água.

  • As telhas não podem absorver mais de 18% do seu peso em água.

São fabricadas com diâmetros de 50, 75, 100, 150, 200, 250, 300 e 600 mm.

  • São fabricadas com diâmetros de 50, 75, 100, 150, 200, 250, 300 e 600 mm.

  • Devem apresentar além de formato perfeito, com acabamento interno, resistência à pressões de 0,7 Kgf/cm2 e absorção máxima de água, inferior à 12% de seu peso. São conectadas umas às outras.

As madeiras podem ser classificadas em dois grupos:

  • As madeiras podem ser classificadas em dois grupos:

  • Madeiras duras ou de Lei, utilizadas em trabalhos definitivos;

  • Madeiras moles ou brancas, utilizadas para auxiliar na construção.

Para formas de concreto, escoramento, etc: Pinho de baixa qualidade, Caxeta, ou Tababuia.

  • Para formas de concreto, escoramento, etc: Pinho de baixa qualidade, Caxeta, ou Tababuia.

  • Madeiramento do telhado: Peroba do campo, Peroba rosa, Ypê, Jatobá, Pau marfim, etc.

  • Pavimentação: Peroba alves, Roxinho, Óleo vermelho, Jatobá, Pau Marfim, etc.

Para receber pintura: Cedro; Caneja; Imbuia entre outras (não usar peroba ou sucupira, pois são madeiras oleósas e vão descascar).

  • Para receber pintura: Cedro; Caneja; Imbuia entre outras (não usar peroba ou sucupira, pois são madeiras oleósas e vão descascar).

  • Para receber verniz ou cera: Peroba do campo; Pau marfim; Pau cetim; sucupira, entre outras.

  • Esquadrias de ferro já com pintura.

É um revestimento que permite boa impermeabilização, desde que bem assentados e “rejuntados”. Exige profissional treinado.

  • É um revestimento que permite boa impermeabilização, desde que bem assentados e “rejuntados”. Exige profissional treinado.

A instalação é feita sempre da porta para o fundo do cômodo (piso) e/ou do teto para o piso (parede), de forma que os recortes fiquem menos visíveis.

  • A instalação é feita sempre da porta para o fundo do cômodo (piso) e/ou do teto para o piso (parede), de forma que os recortes fiquem menos visíveis.

A cobertura pode ser executada com laje, telhado ou laje com telhado.

  • A cobertura pode ser executada com laje, telhado ou laje com telhado.

  • As lajes podem ser de concreto armado ou pré fabricadas, podendo ser laje de forro ou de piso.

Usado em estruturas de concreto armado, possui superfície lisa, comercializada em barras de 12 m, retas ou dobradas.

  • Usado em estruturas de concreto armado, possui superfície lisa, comercializada em barras de 12 m, retas ou dobradas.

Comercializadas nos comprimentos de 8, 10 e 12 m. Sua utilização é estrutural, em lajes treliçadas, bem como espaçador de armaduras.

  • Comercializadas nos comprimentos de 8, 10 e 12 m. Sua utilização é estrutural, em lajes treliçadas, bem como espaçador de armaduras.

Própria para construir lajes em concreto armado, pisos industriais e estruturas pré moldadas.

  • Própria para construir lajes em concreto armado, pisos industriais e estruturas pré moldadas.

Utilizado em construções rurais para isolar áreas de criação de animais.

  • Utilizado em construções rurais para isolar áreas de criação de animais.

A pintura protege a construção dos efeitos da umidade bem como proporciona uma melhor estética.

  • A pintura protege a construção dos efeitos da umidade bem como proporciona uma melhor estética.

Selador – impede a penetração da umidade na parede ou madeira;

  • Selador – impede a penetração da umidade na parede ou madeira;

  • Tintas à base de água – utilizadas em paredes;

  • Tintas à óleo – paredes de madeiras ou metais;

  • Caiação – usa a cal e é mais barata.

Existem diversos materiais utilizados nas instalações hidráulicas, sendo eles: tubulações (PVC ou ferro), conexões, curvas, luvas, cruzetas, reduções, ralos, registros, joelhos, louças cerâmicas entre outros, disponíveis em diversas marcas e preços.

  • Existem diversos materiais utilizados nas instalações hidráulicas, sendo eles: tubulações (PVC ou ferro), conexões, curvas, luvas, cruzetas, reduções, ralos, registros, joelhos, louças cerâmicas entre outros, disponíveis em diversas marcas e preços.

Muito obrigado...

  • Muito obrigado...

Comentários