Fotossíntese

Fotossíntese

Processo através do qual as plantas, seres autotróficos e alguns outros organismos transformam energia luminosa em energia química processando o dióxido de carbono e outros compostos(CO2), água (H2O) e minerais em compostos orgânicos e produzindo oxigênio gasoso (O2).

  • Processo através do qual as plantas, seres autotróficos e alguns outros organismos transformam energia luminosa em energia química processando o dióxido de carbono e outros compostos(CO2), água (H2O) e minerais em compostos orgânicos e produzindo oxigênio gasoso (O2).

luz 6H2O + 6CO2 -------------> 6O2 + C6H12O6 clorofila

  • luz 6H2O + 6CO2 -------------> 6O2 + C6H12O6 clorofila

  • Este é um processo do anabolismo, em que a planta acumula enegia partir da luz para uso no seu metabolismo, formando o ATP, a moeda energética dos organismos vivos.

Organela onde se realiza a fotossíntese. Os cloroplastos distinguem-se bem dos restantes organelos da célula, quer pela cor, quer pela sua estrutura, geralmente laminar, possuem RNA, DNA e ribossomos, podendo assim sintetizar proteínas e multiplicar-se.

  • Organela onde se realiza a fotossíntese. Os cloroplastos distinguem-se bem dos restantes organelos da célula, quer pela cor, quer pela sua estrutura, geralmente laminar, possuem RNA, DNA e ribossomos, podendo assim sintetizar proteínas e multiplicar-se.

É capaz de canalizar a energia da luz solar em energia química através do processo de fotossíntese.

  • É capaz de canalizar a energia da luz solar em energia química através do processo de fotossíntese.

  • A energia luminosa absorvida pela fotossíntese é armazenada na forma de energia potencial química nos açúcares formados.

Fase Fotoquímica: Consiste na incidência da luz solar sob a clorofila . Elétrons são liberados e recebidos pela plastoquinona (aceptor primário de elétrons). Estes elétrons passam por uma cadeia transportadora liberando energia utilizada na produção de ATP.

  • Fase Fotoquímica: Consiste na incidência da luz solar sob a clorofila . Elétrons são liberados e recebidos pela plastoquinona (aceptor primário de elétrons). Estes elétrons passam por uma cadeia transportadora liberando energia utilizada na produção de ATP.

Fase Química: Ocorre no estroma dos cloroplastos e é nesta fase que se forma a glicose, pela reação inicial entre o gás carbônico atmosférico e um composto de 5 carbonos, a ribulose difosfato (RDP), que funciona como “suporte” para a incorporação do CO2.

  • Fase Química: Ocorre no estroma dos cloroplastos e é nesta fase que se forma a glicose, pela reação inicial entre o gás carbônico atmosférico e um composto de 5 carbonos, a ribulose difosfato (RDP), que funciona como “suporte” para a incorporação do CO2.

  • Se ocorrer essa reação, serão formadas moléculas de aldeído fosfoglicérico, que originarão a glicose

  • Comprimento da Onda e Intensidade da Luz

  • Concentração de Dióxido de Carbono

  • Temperatura

  • Água

  • Morfologia Foliar

Fornecimento de “matéria prima” (alimentos), participa da construção dos seres vivos; (base da cadeia alimentar)

  • Fornecimento de “matéria prima” (alimentos), participa da construção dos seres vivos; (base da cadeia alimentar)

  • Síntese de substâncias orgânicas, que fornecem a energia necessária para o desenvolvimento das diversas funções vitais dos organismos;

  • Ação “purificadora” do ar atmosférico.

O pulmão do mundo

  • O pulmão do mundo

  • Até pouco tempo, acreditava-se que a região amazônica era a grande responsável pela manutenção dos níveis de oxigênio da terra, sendo popularmente chamada de “pulmão da terra”. Porém, recentes pesquisas descobriram a existência de um novo “pulmão”: as algas marinhas. Apesar de se apresentar nas cores verdes, azuis, marrons, amarelas e vermelhas, todas as algas possuem clorofila e fazem fotossíntese. Como são muito numerosas, que se atribui a sua fotossíntese a maior parte de oxigênio existente no planeta.

Adriana

  • Adriana

  • Ana Cláudia

  • Cinthia

  • Danielle

  • Gleiciele

  • Mirian

  • Thuane

Comentários