CITOLOGIA - parte 3

CITOLOGIA - parte 3

NÚCLEO

  • O núcleo celular, descoberto em 1833 pelo pesquisador escocês Robert Brown, é uma estrutura presente nas células eucariontes, que contém o ADN (ou DNA) da célula. É delimitado pelo envoltório nuclear e se comunica com o citoplasma através dos poros nucleares. O núcleo possui duas funções básicas: regular as reações químicas que ocorrem dentro da célula, e armazenar as informações genéticas da célula.

NÚCLEO

  • O DNA presente no núcleo encontra-se geralmente organizado na forma de cromatina , durante o período de interfase. Durante a divisão celular, porém, o material genético é organizado na forma de cromossomos.

  • Sua posição é geralmente central, acompanhando o formato da célula, mas isso pode variar de uma para outra.

NÚCLEO

  • COMPOSIÇÃO:

  • Envoltório nuclear (carioteca)

  • Cromatina

  • Cromossomos

  • Nucléolos

ENVOLTÓRIO NUCLEAR

CROMOSSOMOS

NUCLÉOLO

  • Nos núcleos das células que não estão em reprodução (núcleos interfásicos), encontramos um ou mais nucléolos. São esféricos, compostos por cromatina, grande quantidade de RNA e proteínas e sua função está relacionada a formação dos ribossomos. Quanto maior o seu número e tamanho, maior é a síntese protéica da célula.

Nucléolo é uma área, dentro do núcleo, onde o ácido ribonucléico (RNA) é sintetizado, e portanto torna-se mais proeminente em células reativas ou malignas.

  • Nucléolo é uma área, dentro do núcleo, onde o ácido ribonucléico (RNA) é sintetizado, e portanto torna-se mais proeminente em células reativas ou malignas.

    • A presença de nucléolo pequeno não significa que a célula seja maligna
    • Nucléolos grandes, irregulares indicam malignidade.

Células eucarióticas Animais x Vegetais

  • Células Vegetais:

  • • presença de parede celular (celulose)- rigidez.

  • • presença de plastos : cromoplastos (cloroplastos) e leucoplastos (incolor)

  • • vacúolos citoplasmáticos

  • • presença de amido (nos animais= glicogênio)

  • • presença de plasmodesmos

ORIGEM E EVOLUÇÃO DAS CÉLULAS

  • Planeta Terra surgiu  4,6 bilhões de anos e a vida  3,5 bilhões de anos

  • Origem Prebiótica: surgimento de moléculas orgânicas a partir de moléculas inorgânicas (gases atmosfera primitiva).

  • Experimento Miller (1930) – simulador atmosfera e condições da Terra primitiva : CH4 – NH3 – H2 – vapor de H2O – descargas elétricas – ausência da camada de ozônio  aminoácidos.

  • Oparin : lagos da Terra primitiva : “sopas orgânicas”  proteínas (coacervados) e ácidos nucléicos ( RNA  DNA)

EVOLUÇÃO DOS PROCESSOS ENERGÉTICOS

  • Procarionte – heterotrófica – anaeróbia 

  • Célula – autotrófica – fotossíntese 

  • Célula – aeróbias - respiração

Evolução da célula eucariótica

Teoria da Endossimbiose

  • Relações evolutivas entre os grupos de seres vivos, mostrando que a endossimbiose teria originado as mitocôndrias e os plastos dos organismos eucarióticos atuais.

Referências Bibliográficas

  • Junqueira, L.C., Carneiro,J. Biologia Celular e Molecular – 8ed – Rio de janeiro:Guanabara Koogan, 2005

  • Amabis, J.M., Martho, R. Biologia das Células – vol1 – 2ed – São paulo: Moderna, 2004.

Comentários