choque elétrico

choque elétrico

CHOQUE ELÉTRICO

  • PROFª RENATA DE SOUZA ZANATELLI

GRAVIDADE:

  • Voltagem

  • Tempo de exposição

  • Percentual de umidade da vítima

  • Extensão da superfície corporal em contato com água

  • Grau de isolamento da vítima

  • Área do corpo por onde passou a corrente

SINAIS E SINTOMAS:

  • Entorpecimento ou confusão mental

  • Queimaduras graves na superfície cutânea

  • Inconsciência

  • Pulso fraco e irregular ou ausência de pulso

  • Respiração superficial, irregular ou parada respiratória

  • Possibilidade de fraturas múltiplas graves – contrações musculares

QUEIMADURAS ELÉTRICAS

  • Térmicas – eletricidade produz chamas que queimam a pele. Não passa através do corpo

  • Contato – corrente elétrica entra e sai do corpo. Mais intenso

  • Lesão por arco elétrico – pula de uma superfície para outra, queimando a pele que está próxima. Não passa através do corpo

ATENDIMENTO:

  • Proteger a si próprio:

  • Se sentir sensação de formigamento – PARE

  • Nunca tente remover fios caídos

  • Fio elétrico sobre um veículo

  • Monitorar sinais vitais

  • Inicie RCP se necessário

  • Cuidado com lesões na coluna cervical

  • Ative o SEM

  • Evite o choque

LESÕES POR RAIO:

  • A maioria das vítimas cai ou é jogada – múltiplas lesões

  • Tratar sempre como se tivesse lesão na coluna cervical

  • A vítima não retém carga elétrica

  • Além da queimadura pode apresentar lesões:

LESÕES POR RAIO:

  • SN

  • Sensorial

  • Pele

  • cardiovascular

ATENDIMENTO

  • Ative o SEM

  • RCP

  • Remover a vítima para local coberto e protegido

  • Imobilize o pescoço

  • Se estiver consciente – avalie os movimentos das extremidades e reação a dor

Comentários