sais minerais

sais minerais

Os elementos constitutivos dos materiais biológicos

  • Carbono, hidrogênio, oxigênio e azoto

  • (99 % )

  • Sódio, magnésio, potássio, cálcio, fósforo, enxofre e cloro

  • (0.7 % )

  • pelo menos 16 elementos (em geral metais de transição), são essenciais

A química biológica utiliza em abundância

  • A química biológica utiliza em abundância

  • elementos metálicos e não metálicos leves (Na< 30)

  • ELEMENTOS QUÍMICOS E A VIDA

  • O hidrogênio e o oxigénio em forma combinada (água) 70% no corpo humano.

Água

  • Teor hídrico

  • diminui com a idade

  • Os tecidos de um bebê têm mais água do que os de sua mãe

  • Espécie humana: 63% do peso corpóreo.

  • Varia conforme a espécie

Atividade metabólica: quanto maior a atividade metabólica de um tecido, maior a quantidade de água.

  • Atividade metabólica: quanto maior a atividade metabólica de um tecido, maior a quantidade de água.

Tensão Superficial

MINERAIS E OLIGOELEMENTOS

  • Além dos macro-nutrientes como as proteínas, as gorduras e os hidratos de carbono, existem também os micronutrientes que são igualmente importantes para o bom funcionamento do organismo.

  • Dos micronutrientes fazem parte as vitaminas, mas também os minerais e os oligoelementos.

Minerais: são necessários em maior quantidade, na ordem dos miligramas diários, englobando o cálcio, fósforo, magnésio, ferro, sódio, potássio;

  • Minerais: são necessários em maior quantidade, na ordem dos miligramas diários, englobando o cálcio, fósforo, magnésio, ferro, sódio, potássio;

  • Oligoelementos: são necessários em menores quantidades, na ordem dos poucos miligramas ou mesmo microgramas diários, englobando o cobre, zinco, manganésio, iodo, flúor, crômio, lítio, silício, selênio, enxofre, etc..

Minerais

  • Os minerais não fornecem energia, mas são fundamentais para o homem uma vez que atuam como catalisadores de reações enzimáticas e reguladores de processos vitais.

  • O organismo é incapaz de os sintetizar, pelo que devem integrar a alimentação cotidiana.

  • As necessidades de minerais dependem de diversos fatores, como por exemplo, a idade, o sexo e o estado de saúde.

  • Uma alimentação equilibrada e o consumo de uma água rica em minerais deverão suprir as nossas necessidades diárias.

Cálcio

  • É o principal constituinte dos ossos e dos dentes; 98% do cálcio presente no organismo encontra-se nos ossos.

  • É o mineral mais importante do organismo e representa cerca de 2% do peso do corpo humano.

  • A vitamina D é indispensável à sua utilização pelo organismo.

  • é fundamental para a mineralização óssea e dentária;

  • é importante para a regularização do ritmo cardíaco e manutenção da tensão arterial;

permite o transporte da vitamina B12 nas células intestinais para ser absorvida;

  • permite o transporte da vitamina B12 nas células intestinais para ser absorvida;

  • participa na coagulação do sangue;

  • participa na contração muscular;

  • é necessário ao funcionamento das glândulas paratiróides;

  • participa no desempenho do sistema nervoso;

  • ativa muitos enzimas.

  • O cálcio existe no leite e derivados, ovo, peixe, amêndoas, nozes, frutos secos, cenouras, vegetais verdes, fruta, gérmen de trigo, ervilhas e feijão.

Magnésio

  • Depois do cálcio, do fósforo e do potássio, o magnésio é o mineral mais abundante.

  • Mais de 70% do magnésio existente no corpo encontra-se no esqueleto.  

  • juntamente com o cálcio, intervém no funcionamento dos neurônios, a nível da transmissão do impulso nervoso e na contractibilidade muscular (efeito espasmolítico e anti-stress);

proporciona o transporte do cálcio para o interior das membranas celulares, sendo assim imprescindível para a formação e manutenção óssea;

  • proporciona o transporte do cálcio para o interior das membranas celulares, sendo assim imprescindível para a formação e manutenção óssea;

  • tem uma ação protetora do sistema cardiovascular, evitando a formação das placas de ateroma;

  • participa no metabolismo dos hidratos de carbono e na síntese de proteínas.

  • O magnésio existe no cacau, chocolate, cereais integrais, amêndoas, nozes, avelãs, peixe, algas, banana, maçã, legumes verdes, beterraba, leite, gérmen de trigo, levedura de cerveja e legumes secos.

Ferro

  • é fundamental para a formação da hemoglobina do sangue (anti-anêmico). A hemoglobina é o pigmento que dá a cor vermelha aos glóbulos vermelhos do sangue, e a sua importante função consiste em fixar o oxigênio e transportá-lo por todo o organismo.

aumenta a resistência ao stress e ao esforço físico;

  • aumenta a resistência ao stress e ao esforço físico;

  • faz parte da mioglobina dos músculos e de muitas enzimas.

  • O ferro existe no marisco, enchidos, fígado, rins, ovo, cacau, chocolate, frutos secos, legumes, leguminosas, gérmen de trigo, carnes vermelhas e peixe.

Fósforo

  • fortalece os ossos e os dentes;

  • regulariza o ritmo cardíaco e participa na produção de energia;

  • é fundamental para o adequado funcionamento do sistema nervoso e para um bom desempenho intelectual;

  • participa no crescimento das células.

  • O fósforo existe no farelo, levedura de cerveja, milho, laticínios, ovo, peixe, frutos secos, alho, legumes, gergelim, sementes de girassol e de abóbora, carne, gérmen de trigo e leguminosas.

Sódio

  • é necessário para manter o equilíbrio dos líquidos e o pH do sangue;

  • participa no bom funcionamento do estômago, dos nervos e dos músculos;

  • favorece a contração do miocárdio (músculo cardíaco).

  • O sódio existe praticamente em todos os alimentos. As melhores fontes são a água do mar, o sal, os legumes frescos, a fruta fresca e os lacticínios.

Potássio

  • é imprescindível para o bom funcionamento das células e do coração;

  • ativa muitos enzimas;

  • produz relaxamento muscular;

  • contribui para a transmissão dos impulsos nervosos;

  • exerce uma ação vasodilatadora, contribuindo por isso para baixar a tensão arterial.

  • O potássio existe no cacau, chocolate, banana, amêndoas, nozes, carnes, peixes, maçã, ananás, uvas, abacate, laranja, batata, algas, trigo, cogumelos, azeitona, soja e legumes.

Oligoelementos

  • Os oligoelementos são minerais que o nosso organismo necessita em pequenas quantidades.

  • Representam apenas cerca de 0,1% do peso total do corpo humano, mas são indispensáveis para o metabolismo normal do organismo.  

  • Uma alimentação equilibrada, de acordo com os princípios da pirâmide alimentar, deverá fornecer os oligoelementos de que necessitamos nas quantidades adequadas.

Selênio

  • é um poderoso anti-oxidante, neutralizando os radicais livres e prevenindo o envelhecimento precoce;

  • protege as células dos efeitos tóxicos dos metais pesados, do tabaco, do álcool e da poluição;

  • ajuda a prevenir o surgimento de tumores, cataratas e afecções cardiovasculares;

  • é desintoxicante;

  • estimula o sistema imunológico;

  • ajuda a manter a elasticidade da pele;

  • faz parte da constituição de muitos enzimas e proteínas.

  • O selênio existe nos cereais integrais, gérmen de trigo, levedura de cerveja, carne, cebola, alho, algas, marisco e ananás.

Manganês

  • inibe os radicais livres;

  • forma complexos com muitos enzimas e ativa outros;

  • é importante para o crescimento;

  • auxilia no combate das perturbações psíquicas dos idosos, tais como, confusão e perda de memória;

  • participa no metabolismo das gorduras, dos hidratos de carbono e de algumas vitaminas;

  • participa na síntese dos proteoglicanos e da condroitina, dois constituintes importantes da cartilagem das articulações;

  • O manganês existe nos cereais integrais, nozes, amêndoas, algas, ananás, cerejas, cogumelos, leite, fígado, ovo, peixe e legumes de folha verde.

Iodo

  • O iodo é indispensável para a formação dos hormônios da glandula tiróide.

  • O iodo existe nas algas, sal e peixe.

Flúor

  • é fundamental para a manutenção do esmalte dos dentes;

  • fortalece os ossos.

  • O flúor existe nas algas, cereais integrais, peixe e girassol.

Cobre

  • participa nos processos oxido-redução;

  • participa no metabolismo do ferro e na produção da hemoglobina;

  • tem ação anti-inflamatória e anti-infecciosa;

  • faz parte da composição de vários enzimas e ativa outros.

  • O cobre existe no fígado, marisco, legumes, cogumelos, amêndoas, nozes, avelãs, carne, peixe, ostras, algas, uvas e integrais.

Zinco

  • possui propriedades anti-oxidantes, sendo muito importante como fator anti-envelhecimento;

  • assegura a saúde da pele, do cabelo e das unhas;

  • é particularmente útil em casos de cicatrização de feridas, queimadueras, acne e herpes;

  • estimula o sistema imunitário;

  • estimula a produção de insulina pelo pâncreas;

  • é essencial para a formação dos espermatozóides;

  • favorece o crescimento;

  • participa na constituição de mais de 200 enzimas e ativa outros.

  • O zinco existe nas ostras, carne, cereais integrais, ovo, gérmen de trigo, banana, cerejas, uvas, beterraba, algas, fígado, leite, feijão peixes e crustáceos.

Lítio

  • atua sobre o sistema nervoso;

  • atua sobre algumas substâncias que favorecem o funcionamento cerebral.

  • O lítio existe nas algas, cereais integrais, sementes e pevides.

Crômio

  • ajuda o organismo a manter níveis adequados de açúcar no sangue, sendo importante para prevenir a diabetes e a hipoglicemia;

  • atenua a vontade de comer doces, sendo assim importante em regimes de perda ou manutenção do peso;

  • atua no metabolismo dos lípidos, favorecendo o controle do peso corporal, diminui a taxa sanguínea de LDL (“mau” colesterol) e triglicéridos.

Silício

  • favorece a produção de colagénio e do tecido ósseo;

  • promove a saúde das unhas, da pele e dos cabelos;

  • mantém a flexibilidade das artérias, sendo importante para a prevenção das doenças cardiovasculares;

  • participa no metabolismo do colesterol e dos ácidos biliares.

  • O silício existe no alho, cebola, algas, cereais integrais, couve, espargos, cogumelos, girassol, maçã e uvas.

Enxofre

  • participa no metabolismo do tecido conjuntivo;

  • participa na oxigenação cerebral;

  • participa na formação de colagénio;

  • possui propriedades anti-oxidantes, ajudando a prevenir o envelhecimento;

  • ajuda a combater alergias;

  • fortalece pele, cabelo e unhas;

  • é indispensável para a manutenção do pH;

  • participa na produção de insulina e da bílis;

  • é desintoxicante.

  • O enxofre existe na carne, peixe, ovo, cenouras, ervilhas, alho, algas e soja.

Comentários