Micologia

Micologia

MICOLOGIA – Aspectos gerais

Micologia: Ciência que estuda os fungos macro e microscópicos (Micologistas, micetologistas) – abrange a taxonomia, sistemática, morfologia, fisiologia, bioquímica, utilidades, e os efeitos benéficos e maléficos das espécies de fungos, os quais podem ser Parasitas, saprófitos ou decompositores.

Os fungos (Fungi) são um vasto grupo de organismos heterotróficos classificados como um reino pertencente ao Domínio Eukaryota. Estão incluídos neste grupo organismos de dimensões consideráveis, como os cogumelos, mas também muitas formas microscópicas, como bolores e leveduras.

O Reino Fungi

Este Reino sofreu várias mudanças nas ultimas décadas – atualmente os Eumycotas (fungos verdadeiros) reconhece quatro divisões: os Chytridiomycota, Zygomycota, Ascomycota e Basidiomycota.

Estrutura e Composição dos Fungos

  • Parede Celular

  • É constituída de carboidratos, polissacarídeos, lipídios e glicoproteínas.

  • São quimio-heterotróficos.

  • São aeróbios ou anaeróbios facultativos.

  • Alguns espécies de fungos apresentam melanina na sua parede celular (demácios), conferindo resistência aos raios ultravioletas e as enzimas líticas.

Levedura

  • Os fungos crescem na forma de Bolor

Dimórfica

  • Leveduras

  • As leveduras são formas unicelulares, não filamentosas, caracteristicamente esféricas ou ovais;

  • As leveduras se multiplicam por fissão binária, produzindo células iguais, ou por brotamento (gemulação), formando células desiguais.

  • Algumas leveduras produzem brotos que não se separam, formando uma cadeia de células – Pseudo-hifas

  • Bolor

  • O crescimento em bolor produz colônias filamentosas multinucleadas, tendo como unidade funcional as hifas (filamentos longos de células conectadas).

  • Na maioria dos fungos filamentosos, as hifas contêm septos

  • As hifas são divididas em vegetativas (função de nutrição) e aéreas ( função reprodutiva).

  • O crescimento em massa das hifas produz micélios.

  • Dimórfico

  • Os fungos dimórficos crescem tanto na forma filamentosa ( produzindo hifas vegetativas e aéreas) quanto na forma de levedura (brotamento)

  • Ocorre dimorfismo principalmente nas espécies patogênicas

  • O dimorfismo é dependente de temperatura

Características de Reprodução dos Fungos

  • Os fungos podem produzir esporos.

  • Os esporos são formados por reprodução assexuada ou sexuada.

  • Os esporos assexuais são produzidos por mitose e subsequente divisão celular.

  • Os principais tipos de esporos assexuais são os conídios e os esporangiosporos.

  • Os esporos sexuais são produzidos pela união de um núcleo haplóide de uma célula doadora para uma receptora, formando um núcleo zigoto diplóide, e com posterior meiose para formação de núcleos haplóides, que podem ser recombinantes genéticos.

Micologia médica – Importância dos fungos

  • Como agentes de hipersensibilidade

  • Causadores de micoses superficiais e profundas.

  • Micetismo, intoxicações com quadro clínico variado

  • Micotoxicoses pela ingestão de alimentos com micotoxinas ou fungos produtores destas. Ex. aflotoxinas, ergotismo (ingestão de grãos ergotizados – contaminados com esporão de centeio - Claviceps purpurea, ou pela ingestão excessiva de alcalóides do Ergot – medicamentos)

  • Fungos oportunistas: pacientes imunocomprometidos

Principais fungos interesse clínico e patologias

  • Micoses superficiais: Presença do fungo na camada córnea da pele ou anexos. Ex. Pitiríase versicolor, Piedra branca ou negra, Tinha negra.

  • Dermatofitoses: micoses superficiais causadas por fungos dermatófitos do (Microsporum, Trichophyton, Ephidermophyton) acomete pele, couro cabeludo, unhas.

  • Candidíases: Lesões causadas pelo gênero Candida (albicans, glabata, krusei) – fungo leveduriforme.

  • Fungos dimórficos: Paracoccidioidomicose (P.brasilliensis), Histoplasmose (Histoplasma capsulatum), Esporotricose (Sporothrix schenckii), os dois últimos de grande importância em pacientes imunocomprometidos.

  • Criptococose (Cryptococcus neoformans), Pneumocistose (Pneumocystis carinii) – HIV/AIDS.

Comentários