Análise química

Análise química

(Parte 2 de 5)

Destacando uma dentre as inúmeras contribuições que deixou, podemos citar o livro "QUÍMICA DE REAÇÕES ESPECÍFICAS", escrito no Brasil e publicado, pela primeira vez em 1949 obra essa considerada como um dos maiores textos não só da Química Analítica, mas da Química em geral.

Introdução

A teoria da análise qualitativa representa um estudo do comportamento de íons em solução aquosa, ou seja, leis e teorias que se referem à várias formas de equilíbrio que podem existir em solução aquosa.

Química Analítica Qualitativa

A Identificação dos íons

Reações químicas Precipitados

Reações coloridas (formação de complexos)

Liberação de gás

Introdução

Ao realizar-se qualquer reação analítica, é necessário criar-se determinadas condições para seu desenvolvimento, caso contrário o resultado não será satisfatório.

• Conceitos importantes Química Analítica Qualitativa

Condicionamento do meio

Visa melhorar a sensibilidade dos métodos para a identificação de íons em amostras

Ajuste de pH Uso de solução tampão

Adição de solvente orgânico

Adição de ligante (complexante)

Aquecimento

Variação na concentração dos reagentes

Introdução

O sulfato de bário, branco, precipita ao ser formado em solução aquosa neutra, mas os íons bário também reagem com outros ânions formando sais brancos pouco solúveis que precipitam em água. No entanto, em um meio ácido (pela adição de ácido clorídrico), apenas sulfato de bário precipitará.

Portanto, o método analítico para detecção de sulfato consiste em adicionar solução de cloreto de bário à solução da amostra previamente acidificada com ácido clorídrico diluído e este é específico para sulfato.

• Conceitos importantes Química Analítica Qualitativa

Condicionamento do meio Ajuste de pH

Introdução

Os hidróxidos dos metais, exceto os alcalinos, são escassamente solúveis em água quando não são praticamente insolúveis.

No entanto é possível separar os cátions Al3+, Fe3+ e Cr3+ dos cátions Zn2+, Co2+, Mg2+, Ca2+, Ba2+ e Sr2+ por precipitação com solução de amônia em meio tamponado de pH ≈ 9.

• Conceitos importantes Química Analítica Qualitativa

Condicionamento do meio Uso de solução tampão

Introdução

Se a concentração do íon a ser precipitado é muito baixa, não ocorrerá a precipitação. Isto se deve ao fato de que uma substância só precipita se sua concentração na solução for maior que a sua solubilidade nas condições dadas.

Em uma solução com [Zn2+]=10-3 mol/L, para se formar o precipitado ZnS, é necessário [S2-]=4,5x10-21 mol/L. Com uma concentração menor o processo não ocorre.

• Conceitos importantes Química Analítica Qualitativa

Condicionamento do meio Variação na concentração dos reagentes

Introdução

Os precipitados cuja solubilidade aumentam com o aumento da temperatura, as reações correspondentes devem ser desenvolvidas a frio.

Às vezes é necessário aquecer a solução, para que a reação ocorra.

• Conceitos importantes Química Analítica Qualitativa

Condicionamento do meio Aquecimento

Introdução

Os íons Cu2+, que formam um precipitado negro de

CuS, interferem na determinação dos íons Cd2+, a medida que um precipitado amarelo brilhante de CdS é formado pela ação do H2S. Se o teste é realizado na presença de KCN, os íons

• Conceitos importantes Química Analítica Qualitativa

Condicionamento do meio Adição de ligante (complexante)

Introdução

A sensibilidade de algumas reações pode ser aumentada mediante a adição de um solvente orgânico miscível ou imiscível com água.

A formação do complexo [Co(SCN)4]2-, de cor azul, na presença de acetona ocorre pois há um decréscimo na constante dielétrica do meio e no grau de dissociação do composto.

• Conceitos importantes Química Analítica Qualitativa

Condicionamento do meio Adição de solvente orgânico

Introdução

• Conceitos importantes Química Analítica Qualitativa

(Parte 2 de 5)

Comentários