Ciências dos materiais

Ciências dos materiais

(Parte 4 de 4)

Conhecimento da resistência que cada material pode oferecer a esforços mecânicos.

Fundamental importância para os cálculos estruturais e avaliação do comportamento mecânico.

Tração Tração

Compressão

•Tijolos em alvenarias, pilares de concreto. •Edifícios de alvenaria na Grande Recife.

Cisalhamento

•A força ou a tensão de cisalhamento tende a cortar o material. Forças paralelas e sentidos contrários =F corte!

Torção •Exercício de uma chave de parafusos ou uma chave inglesa.

Flexão •Vigas bi ou multiapoiadas.

Elasticidade

• Propriedade do material segundo a qual a deformação que ocorre em função da aplicação de tensão desaparece quando a tensão é retirada.

•Metais, cerâmicos e polímeros.

Plasticidade

• Capacidade de o material sofrer deformação permanente sem se romper.

•Metais e polímeros.

Ductilidade

•Representa a medida do grau de deformação suportada quando da fratura do material.

•Materiais cerâmicos frágeis

•Materiais metálicos e poliméricos dúcteis

Tenacidade

• Reflete a energia total necessária para provocar a fratura do material ou a capacidade que o material apresenta de absorver energia até a fratura.

•Material dúctil –tenaz metais. •Material frágil –não tenaz cerâmicos.

Dureza

• Medida da resistência que um material apresenta ao ser pressionado por outro.

• Primeiros ensaios - Escala de Mohs

– Habilidade de um material em riscar um outro mais macio.

– Varia de 1 para o talco até 10 para o diamante.

• Plásticos são macios.

• Metais são duros.

• Cerâmicos possuem maior dureza.

Resistência mecânica

MaterialResistência sob tração (MPa)

Polímero1 a 70 Metal100 a 1700

Fonte: Callister, 1997.

Deformação

Material Deformação (%)

Cerâmica -

Polímero1 a 1400

Metal1 a 60

Fonte: Callister, 1997.

(Parte 4 de 4)

Comentários