Apostila Filme e Processamento Radiografico

Apostila Filme e Processamento Radiografico

(Parte 7 de 11)

Professor.: Ricardo Pereirae-mail.: rad_rick@hotmail.com

Processamento e Filmes Radiológicos 29

- Tiossulfato de sódio ou enxofre

Agente Preservador -Preserva as características do fixador evitando a sua decomposição;

-Agentes:

-Sulfato de Na

Agente Endurecedor

-Sais de alumínio; -Evita que a emulsão retenha demasiada água;

-Protege a emulsão das agressões;

-Encurta o tempo de secagem;

Agente Ativador

-Acelera a ação dos outros químicos; -Neutraliza restos de revelador que a emulsão possa conter;

-Agente:

-Ácido acético

Existem fatores de processamento que afetam diretamente a revelação. São eles:

Tempo Temperatura Agitação Interrupção do processo de revelação

Tempo

É recomendado pelo fabricante que se siga religiosamente tempo de preparo da mistura e de imersão do filme. Para que os químicos fiquem prontos adequadamente deve ter um tempo de preparo e de mistura para que não haja

Professor.: Ricardo Pereirae-mail.: rad_rick@hotmail.com

Processamento e Filmes Radiológicos 30 nenhum tio de aglutinação nos filmes ou manchas. O temo da imersão a solução diluída produzirá contraste máximo, por esse deve-se controlar cuidadosamente o tempo de imersão.

Temperatura

Quanto mais baixa mais lentamente atuarão as substâncias reveladoras, se superior a 28ºC em processamento manual ou 37ºC em processamento automático amolecem acentuadamente a gelatina, fazendo com que a emulsão possa se deteriorar com facilidade. Os agentes de revelações automáticas, contém agentes endurecedores de gelatinas na película. No processo manual a temperatura varia entre 13ºC à 27ºC.

Agitação

A gelatina é algo semelhante a uma esponja que se embebe do agente revelador, se o filme não for agitado os agentes reveladores se esgotam rapidamente. A agitação é fundamental, pois o Brometo que se origina como subproduto é um retardador de revelação. Deve-se procurar uma agitação uniforme durante toda a operação, sendo contínua, pode se reduzir o tempo de revelação em aproximadamente 20%, na processadora automática é produzida a ação rotatória dos roletes dos transportes, por bombas de recirculação e pela passagem mecânica da película através do revelador.

Interrupção do processo de revelação

Podemos utilizar dois métodos para interrupção:

de prata coloidial ou véu dicróico

1- Utilização de uma solução de Paragem, na qual seria imersa a película revelada. 2- Proceder uma operação de lavagem uniforme, pois se houver permanência de agentes reveladores ativos na emulsão e se for imersa no fixador, poderá transformar a prata que se formou em uma espuma

Processamento Manual de Filmes

O processamento visa transformar a imagem latente invisível, formada durante o processo de exposição do filme, em imagem visível de prata metálica, de forma que esta imagem seja a mais representativa possível das estruturas da região do corpo humano radiografado.

Professor.: Ricardo Pereirae-mail.: rad_rick@hotmail.com

Processamento e Filmes Radiológicos 31

O processo manual é composto, basicamente, de cinco etapas:

Revelação Banho interruptor Fixação Lavagem Secagem

TemperaturaTempo
18°C4 min.
20°C3 min.
21°C2 min.
24°C0,5 min.

• Uniformização da temperatura por todo volume;

• Usar diferentes bastões de misturas para revelador e fixador;

• Realizar movimentos suaves, evitando o menor contato possível da solução reveladora com o ar;

• Empregar termômetro de precisão; • Lavar o termômetro;

• Ajustar a temperatura da solução conforme resolução;

Professor.: Ricardo Pereirae-mail.: rad_rick@hotmail.com

Processamento e Filmes Radiológicos 32

• Mergulhe o filme completamente de modo uniforme na vertical;

• Não faça pausas para evitar estrias;

• Acione o cronômetro;

• Golpeie levemente a colgadura contra a parede do tanque para retirar bolhas de ar da parede do filme

• Caso necessário ou recomendado;

• Alternativamente, pode ser retirado e mergulhado novamente a cada 30s;

• Intensifica o contato do revelador com o filme e a retirada de produtos da reação da superfície do filme;

• Pode haver redução do tempo em 20%

• Ajuste para o período de revelação recomendado;

• Tempo varia conforme a temperatura da solução, sendo ideal 21°C por 1,5 min. Para o revelador novo; • Evitar temperaturas < 13°C e > 27°C;

• Fixar o filme adequadamente nos grampos; • Usar o tamanho adequado para o filme;

• Fixar primeiro nas pontas inferiores;

• Evitar contado excessivo dos dedos no filme;

Professor.: Ricardo Pereirae-mail.: rad_rick@hotmail.com

Processamento e Filmes Radiológicos 3

(Parte 7 de 11)

Comentários