Instrumentação industrial

Instrumentação industrial

(Parte 3 de 10)

Modificação

A Analisador Alarme Alarme

Queimador (Chama) Botão de Pressão

C Condutibilidade Elétrica Controlador

D Densidade ou

Peso Específico Diferencial

E Tensão (FEM) Elemento Primário

Vazão Relação

G Medida Dimensional Visor

H Comando Manual Entrada Manual Alto

I Corrente Elétrica

Indicação ou

Indicador

Potência Varredura

K Tempo ou Programa

Cálculos em

Sistema Digital

L Nível Lâmpada Piloto Baixo

M Umidade Média

Médio ou

Intermediário

Vazão Molar
Orifício ou Restrição

P Pressão Percentual Tomada de Impulso

Quantidade Integração

R Remoto Registrador

S Velocidade ou Freqüência Chave de

Segurança

Interruptor ou Chave

T Temperatura

Transmissão

Transmissor

U Multivariável

Cálculo feito por

Computador Multifunção Multifunção

V Vibração Válvula

W Peso ou Força Poço

Y Escolha do Usuário

Solenóide

Conversor de Sinal

Relê ou Computador

Z Posição ou Deslocamento Elemento Final de

Controle

Quadro 1.4 – Identificação Funcional dos Instrumentos

Figura 1.9 – Exemplos de localização de equipamentos, tipos de sinais de transmissão e funções de equipamentos

1.5. PRINCIPAIS SISTEMAS DE MEDIDA

Os sistemas podem ser classificados quanto à natureza de suas unidades fundamentais, quanto ao valor dessas unidades e também quanto às relações escolhidas na determinação dos derivados.

Os principais sistemas são:

1.5.1. Sistema Métrico Decimal Tem como unidades fundamentais o metro, o quilograma e o segundo (M.K.S).

1.5.2. Sistema Físico ou Cegesimal Tem como unidades fundamentais o centímetro, o grama e o segundo (C.G.S).

1.5.3. Sistema Industrial Francês

Tem como unidades fundamentais o metro, a tonelada e o segundo (M.T.S.), definidas em função do sistema métrico decimal.

1.5.4. Sistema Inglês Tem como unidades fundamentais o pé (foot), a libra (Pound) e o segundo (second).

1.6. TELEMETRIA

Chamamos de telemetria a técnica de transportar medições obtidas no processo a distância, em função de um instrumento transmissor.

A transmissão a distância dos valores medidos está tão intimamente relacionada com os processos contínuos, que a necessidade e as vantagens da aplicação da telemetria e do processamento contínuo se entrelaçam.

(Parte 3 de 10)

Comentários