Química Experimetal 1

Química Experimetal 1

(Parte 4 de 14)

* o operador não deve se apoiar na mesa em que a balança está colocada,

* conserve a balança sempre limpa, retirando qualquer respingo, partículas ou poeira de seus pratos com uma escova especial;

* execute todas as operações com movimentos suaves e cuidadosos;

* ao terminar seu trabalho, remova todos os objetos da balança. Mantenha-a coberta ou fechada. No caso de balanças eletrônicas, tenha a certeza de que ela esteja desligada.

GESBRETCHT, E. et al. Experimentos de Química, técnicas e conceitos básicos. Editora moderna Ltda.: São Paulo, 1979.

MITCHELL, R. S. A laboratory skills test: Determining students' ability to transfer specific volumes of liquid. Journal of Chemical Education, 1991,

SKOOG, D. A, et al, Fundamentos de Química Analítica, Editora Pioneira Thomson Learning: São Paulo, 2006.

1.3. MATERIAL DE LABORATÓRIO 1.3.1. Principais materiais

O Laboratório Químico é um lugar especialmente planejado para que seus usuários executem um trabalho eficiente, contendo: bancada ampla e resistente ao ataque de substâncias químicas, boa iluminação, fontes acessíveis de água, gás, eletricidade, área especial para manipulação de gases tóxicos, etc. Além de toda essa estrutura citada, deve-se relevar também, a importância dos recipientes e equipamentos. Estes possuem funções importantes e específicas de acordo com a Tabela 4.

Tabela 1.4. Principais vidrarias e aparatos utilizados nos laboratórios. Ilustração Função

Tubo de Ensaio

Tubos fechados em uma das extremidades, utilizados para conter pequenas quantidades de material sólido ou líquido na realização de testes e reações químicas. A transparência permite a perfeita observação dos fenômenos que ocorrem. Podem ser aquecido cuidadosamente com movimentos circulares e diretamente sob a chama do BICO DE BUNSEN.

Universidade Federal de Sergipe

Centro de Ciências Exatas e Tecnologia Departamento de Química

Béquer

É de uso geral em laboratório. Serve para fazer reações entre soluções, dissolver substâncias sólidas e efetuar reações de precipitação. Feitos de vidro Pyrex, resistem bem ao aquecimento, quando feito sobre a TELA DE AMIANTO, ao resfriamento e ataque por drogas químicas. São recipientes de fácil limpeza.

Funil de haste longa

Apresenta duas aplicações importantes: na transferência de líquidos para frascos de boca estreita ou em filtração, para suportar o papel poroso (papel de filtro) destinado a reter as partículas grosseiras, em suspensão na mistura sólido-líquido a ser separada.

Kitassato Usado para filtração à pressão reduzida. É utilizado

em conjunto com o funil de Buchner para filtrações à vácuo.

Funil de separação Utilizado na separação de líquidos não miscíveis e na extração líquido/líquido.

Funil de

Buchner Utilizado em filtrações a vácuo. Pode ser usado com

a função de FILTRO em conjunto com o KITASSATO.

Vidro de relógio

Peça de Vidro de forma côncava é usada em análises e evaporações. Não pode ser diretamente aquecida.

Condensador

Tem como finalidade condensar vapores gerados pelo aquecimento de líquidos.

Erlenmeyer Utilizado em titulações, aquecimento de líquidos e

para dissolver substâncias e proceder às reações entre soluções.

Universidade Federal de Sergipe

Centro de Ciências Exatas e Tecnologia Departamento de Química

Dessecador

tal, ocompartimento inferior é carregado com

É um recipiente grande provido de tampa bem ajustada, destinado a manter atmosfera anidra. Para agente dessecante, como CaCl2 anidro ou sílica-gel. Usado para secagem e proteção contra umidade de

secagem, etc

materiais higroscópicos; cadinhos quando aquecidos podem ser resfriados em seu interior, para posterior

Balão volumétrico

Possui volume definido e é utilizado para o preparo de soluções em laboratório. Não se deve armazenar solução em balão volumétrico.

Balão de fundo chato

o TRIPÉ com TELA DE AMIANTO

Utilizado como recipiente para conter líquidos ou soluções, ou mesmo, fazer reações com desprendimento de gases. Pode ser aquecido sobre

Balão de fundo redondo

Utilizado principalmente em sistemas de refluxo e evaporação a vácuo, acoplado a ROTAEVAPORADOR.

Cadinho Geralmente de porcelana é usado para aquecer

substâncias a seco e com grande intensidade, por isto pode ser levado diretamente ao bico de bunsen ou em fornos (mufla) a altas temperaturas.

Almofariz com pistilo

Usado na trituração e pulverização de sólidos.

Suporte Universal

Utilizado em operações como: filtração, suporte para condensador, bureta, sistemas de destilação etc. Serve também para sustentar peças em geral.

Bico de

Bunsen É a fonte de aquecimento mais utilizada em

laboratório.

(Parte 4 de 14)

Comentários