Materiais Metálicos

Materiais Metálicos

(Parte 1 de 12)

Espírito Santo _

Departamento Regional do Espírito Santo 3

CPM - Programa de Certificação de Pessoal de Manutenção Mecânica

Materiais Metálicos e Não Metálicos

Espírito Santo _

4 Companhia Siderúrgica de Tubarão

Materiais Metálicos e Não Metálicos - Mecânica

© SENAI - ES, 1996

Trabalho realizado em parceria SENAI / CST (Companhia Siderúrgica de Tubarão)

Coordenação Geral

Supervisão

Elaboração Aprovação

Editoração

Luís Cláudio Magnago Andrade (SENAI) Marcos Drews Morgado Horta (CST)

Alberto Farias Gavini Filho (SENAI) Rosalvo Marcos Trazzi (CST)

Evandro Armini de Pauli (SENAI) Fernando Saulo Uliana (SENAI)

José Geraldo de Carvalho (CST) José Ramon Martinez Pontes (CST) Tarcilio Deorce da Rocha (CST) Wenceslau de Oliveira (CST)

Ricardo José da Silva (SENAI)

SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial DAE - Divisão de Assistência às Empresas Departamento Regional do Espírito Santo Av. Nossa Senhora da Penha, 2053 - Vitória - ES. CEP 29045-401 - Caixa Postal 683 Telefone: (027) 325-0255 Telefax: (027) 227-9017

CST - Companhia Siderúrgica de Tubarão AHD - Divisão de Desenvolvimento de Recursos Humanos AV. Brigadeiro Eduardo Gomes, s/n, Jardim Limoeiro - Serra - ES. CEP 29160-972 Telefone: (027) 348-1322 Telefax: (027) 348-1077

Espírito Santo _

Departamento Regional do Espírito Santo 5

Materiais Metálicos06
• Metais Ferrosos06
Ferro Fundido09
Aço10
• Metais não Ferrosos2
Cobre2
Latão24
Bronze27
Alumínio29
Materiais Não Metálicos32
• Madeira30
• Materiais Plásticos39
• Papelão Hidráulico42
• Borracha (elastômero)4

Sumário

Materiais Metálicos e não Metálicos - Avaliação................................................... 45

Espírito Santo _

6 Companhia Siderúrgica de Tubarão

Materiais Metálicos Metais Ferrosos

O ferro

O ferro não é encontrado puro na natureza. Encontra-se geralmente combinado com outros elementos formando rochas as quais dá-se o nome de MINÉRIO.

Minério de ferro

O minério de ferro é retirado do subsolo, porém muitas vezes é encontrado exposto formando verdadeiras montanhas. (Fig. 1)

O principais minérios de ferro são a Hematita e Magnetita.

Para retirar as impurezas, o minério é lavado, partido em pedaços menores e em seguida levados para a usina siderúrgica. (Fig. 2)

Obtenção do ferro gusa

Na usina, o minério é derretido num forno denominado ALTO FORNO.

No alto forno, já bastante aquecido, o minério é depositado em camadas sucessivas, intercaladas com carvão coque (combustível) e calcário (fundente). (Fig. 3)

Fig. 1 Fig. 2

Espírito Santo _

Departamento Regional do Espírito Santo 7

Estando o alto forno carregado, por meio de dispositivo especial injeta-se ar em seu interior.

O ar ajuda a queima do carvão coque, que ao atingir 1200ºC derrete o minério. (Fig.4)

O ferro ao derreter-se deposita-se no fundo do alto forno. A este ferro dá-se o nome de ferro-gusa ou simplesmente gusa.

As impurezas ou escórias por serem mais leves, flutuam sobre o ferro gusa derretido. (Fig. 5)

Fig. 3 Fig. 4

Espírito Santo _

8 Companhia Siderúrgica de Tubarão

Através de duas aberturas especiais, em alturas diferentes são retiradas, primeiro a escória e em seguida o ferro-gusa que é despejado em panelas chamadas CADINHOS. (Fig. 6)

O ferro-gusa derretido é levado no cadinho e despejado em formas denominadas lingoteiras.

Uma vez resfriado, o ferro-gusa é retirado da lingoteira recebendo o nome de LINGOTE DE FERRO GUSA. (Fig. 7)

Fig. 8

(Parte 1 de 12)

Comentários