Apost. Química Experimental

Apost. Química Experimental

(Parte 1 de 13)

DISCIPLINA CQ139

Responsáveis pela disciplina:

Prof. Dr. Aldo José Gorgatti Zarbin Prof. Dr. Flávio Massao Matsumoto Profª Drª Maria Aparecida Biason Gomes Profª Drª Shirley Nakagaki

CURITIBA 1° SEMESTRE 2009

1. Cronograma das aulas práticas1
2. Apresentação (Ficha 1)2
3. Avaliação2
4. Instruções gerais3
5. Cuidados a serem observados no laboratório4
6. Anotação de dados em laboratório e no relatório5
7. Unidades SI5
8. Elaboração de fluxograma de experimento1
9. Projeto de Tema Livre12
10. Equipamentos básicos de laboratório de química13
1. Experimento 1: comportamento do cobre sólido imerso em solução de nitrato de prata21
12. Experimento 2: Preparo de soluções e reação de precipitação – aprendendo a elaborar um relatório24
13. Experimento 3: Reações entre íons em solução aquosa30
14. Experimento 4: preparo quantitativo de soluções e determinação de ácido acético em vinagre34
15. Experimento 5: O ciclo do cobre36
metálico38

Sumário 16. Experimento 6: investigação quantitativa da reação de produção de gás hidrogênio a partir do alumínio 17. Experimento 7: determinação da constante de Avogadro através da eletrólise .............................................41

CQ139 – 1

1 Cronograma das aulas práticas 1º Semestre de 2009

Conteúdo das aulas

Dias Sem. 02/303/305/31Semana do calouro – não haverá aula

Apresentação da disciplina, sistemática da aula, bibliografia adotada, avaliações, sistemas de notas, introdução à metodologia cientifica. Normas de trabalho e introdução à segurança em laboratório. Apresentação dos materiais de laboratório de química. Kit de materiais do Laboratório de Química Geral. Determinação de volumes de líquidos. Medidas e erros. Experimento 1: comportamento do cobre sólido imerso em solução de nitrato de prata (objetivos, introdução à metodologia científica)

16/317/319/33Experimento 1: comportamento do cobre sólido imerso em solução de nitrato de prata (continuação)

23/324/326/34Experimento 2: Preparo de soluções e reação de precipitação – aprendendo a elaborar um relatório

30/331/32/45Experimento 3: Reações entre íons em solução aquosa Primeira entrega dos artigos do tema livre

06/407/409/46Experimento 4: preparo quantitativo de soluções e determinação de ácido acético em vinagre

13/414/416/47PROVA P1 (7h30 – 9h30) Preparação do projeto tema livre (9h30 – 11h30)

20/421/423/4-Feriado de Tiradentes 21/4 – não haverá aula 27/428/430/48Experimento 5: o ciclo do cobre

04/4 05/5 07/5 9 Experimento 6: investigação quantitativa da reação de produção de gás hidrogênio a partir do alumínio metálico

1/512/514/510Semana de química – não haverá aula 18/519/521/511Experimento 7: determinação da constante de Avogadro através da eletrólise

25/526/528/512PROVA P2 (7h30 – 9h30) Início do projeto tema livre (9h30 – 11h30)

01/602/604/613Projeto Tema Livre 08/609/61/6-Feriado de Corpus Christi 1/6 – não haverá aula 15/616/618/614Projeto Tema Livre 2/623/625/615Apresentações do Projeto Tema Livre – última semana letiva 29/630/602/7-Semana de estudos – não haverá aula 06/707/709/7EXAME FINAL (dentro do período de 04 a 10 de julho)

CQ139 – 2

2 Apresentação (Ficha 1)

DISCIPLINA:CQ139 – Introdução à Química Geral Experimental NATUREZA: semetral CARGA HORÁRIA:TEÓRICA = 0; PRÁTICA = 60; TOTAL = 60CRÉDITOS: 02 PRÉ-REQUISITO:não tem CO-REQUISITO:não tem

EMENTA:Notação e simbologia em química. Relação entre quantidade de matéria e outras grandezas.

Noções de segurança e de descarte de resíduos. Técnicas, habilidades, equipamentos e organização necessária ao trabalho em laboratório, para atividades de docência, pesquisa e/ou resolução de problemas práticos. Elaboração e execução de projetos de experimentos didáticos de química.

3 Avaliação

A avaliação da disciplina será feita sobre o conjunto de atividades realizadas no decorrer do período letivo. Para cada atividade será atribuída uma nota em escala numérica no intervalo de 0 (zero) a 100 (cem). Serão atribuídas notas para as seguintes atividades:

●2 (duas) provas escritas sobre os experimentos (notas P1 e P2); ●relatórios sobre os experimentos executados (média no semestre MR);

●Projeto de Tema Livre (nota MPTL);

●comportamento e testes em aula (média no semestre MCT).

As duas provas escritas, já previstas no cronograma da disciplina, tratará dos experimentos realizados em aula. Permite-se a consulta do Caderno de Laboratório durante a realização das provas, porém está vedado o uso do Manual de Instruções, assim como de qualquer outro material de consulta.

Ao final do experimento, segundo critério do professor, poderá ser cobrado um relatório completo ou parcial a ser entregue na aula seguinte. Cada relatório será corrigido e terá uma nota atribuída. Ao final do período letivo será computada a média das notas de relatório (MR).

O Projeto de Tema Livre consiste em uma série de atividades, cuja avaliação está descrita em uma das seções do presente Manual.

Cada aula terá inicialmente uma nota de comportamento de valor 100 (cem). Esta nota será reduzida a 0 (zero) quando for constatada a falta de um dos MATERIAIS OBRIGATÓRIOS (guarda-pó, Caderno de Laboratório e o Manual de Instruções da Disciplina). Se houver ATRASO de até 15 minutos, será subtraído 25 pontos da nota; atraso maior será penalizado com 50 pontos. A FALTA DA TAREFA pré ou póslaboratório ocasionará perda de 25 pontos. Outros problemas poderão ocasionar diminuição na nota de comportamento segundo julgamento do professor. Cada aula poderá ter, a critério do professor, um teste prélaboratório (isto é, antes da execução do experimento), ou pós-laboratório (depois da execução). Os testes são individuais e, de modo similar às provas escritas, permitir-se-á consultar somente o Caderno de Laboratório. Ao final do período letivo será computada a média das notas de comportamento e dos testes

A Média Parcial da disciplina será calculada através da fórmula:

O critério de aprovação seguirá a Resolução 37/97 – CEPE (disponível na página web da Universidade: http://www.ufpr.br/soc/):

●aluno com freqüência menor que 75% (45 horas) será reprovado, qualquer que seja a média;

●aluno com Média Parcial igual ou superior a 70 (MP 70) será aprovado; ●aluno com Média Parcial inferior a 40 (MP<40) será reprovado;

CQ139 – 3

●aluno com Média Parcial igual ou superior a 40 e menor que 70 (40 MP<70) deverá prestar o Exame Final (nota PEF), a partir de que será calculada a média final MF = (MP + PEF)/2, e

•aluno que obtiver Média Final igual ou superior a 50 (MF 50) será aprovado; •aluno que obtiver Média Final inferior a 50 (MF<50) será reprovado.

4 Instruções gerais

4.1 Preparação para entrar no laboratório (fase pré-laboratório)

Desde o início da disciplina o aluno recebe o cronograma das aulas experimentais. A fase prélaboratório tem como objetivo familiarizar o aluno com o experimento a ser realizado. Leia com antecedência o roteiro da aula a ser realizada, procurando compreender os objetivos e os procedimentos a serem adotados, e dê especial atenção às advertências em relação à segurança.

No roteiro de cada experimento há a seção “Tarefas pré-laboratório”, que o guiará para se preparar para a aula. Estas tarefas consistem na preparação de tabelas, quadros, fluxogramas e outros itens que sejam necessários para melhor aproveitar a atividade prática. O cumprimento das tarefas pré-laboratório é OBRIGATÓRIO, E A SUA FALTA SERÁ PENALIZADA NA NOTA DE COMPORTAMENTO.

4.2 Instruções para as aulas de laboratório

O aluno deverá portar os seguintes materiais obrigatórios para freqüentar as aulas práticas: um guarda-pó, o Caderno de Laboratório e o roteiro do experimento a ser executada no dia. A falta de um ou mais itens será penalizada com nota zero de comportamento.

A pontualidade será exigida em todas as aulas prática, sendo tolerado um atraso de até 5 minutos para as turmas com início às 7h30; após este tempo haverá penalização na nota. Ao entrar no laboratório, abra o armário de sua bancada e confira todo o material contido nele; na falta de um material, ou ainda se este estiver sujo ou quebrado, comunique imediatamente o professor. No início da aula o professor dará orientações pertinentes ao experimento a ser realizado; é recomendado que se anote no Caderno de Laboratório estas orientações.

A critério do professor, poderá ser aplicada uma prova antes (teste pré-laboratório) ou depois da execução do experimento (teste pós-laboratório). Tais provas tem como objetivo verificar se o aluno preparou-se adequadamente antes de entrar no laboratório, ou ainda se este aproveitou adequadamente o experimento já realizado.

As aulas práticas serão desenvolvidos por equipes de dois integrantes, mas sendo os experimentos relativamente simples, poderão ser realizados individualmente. Não se recomenda o trabalho em equipe de três ou mais integrantes. Siga o roteiro do experimento, tomando todas as precauções para evitar acidentes, e tente aproveitar o máximo para desenvolver sua técnica e habilidade.

(Parte 1 de 13)

Comentários