Apostila Gerencial 2010 2 Eng FSMA

Apostila Gerencial 2010 2 Eng FSMA

(Parte 7 de 14)

Resp: PEF= 425 unidades e R$ 85.000,00

10. O Hotel Porta das Maravilhas possui 100 apartamentos, todos da categoria Standard Simples. Sua estrutura de custos, despesas e receita é a seguinte:

Preço da diária por apartamento líquido de tributos

R$ 150,00

Despesas variáveis por apartamento

10% (preço de locação)

Custo variável por apartamento por dia

R$ 90,00

Custos fixos anuais

R$ 480.000,00

Despesas fixas anuais

R$ 60.000,00

Pede-se calcular:

a) O ponto de equilíbrio contábil em número de diárias.

Resp:PEC= 12.000 diárias

b) O ponto de equilíbrio contábil em valor.

Resp: R$ 1.800.000,00

c) A capacidade teórica do hotel, em termos de número máximo de diárias por ano.

Resp: 36.500 diárias

d) O lucro operacional do hotel, considerando-se uma taxa de ocupação de 80%.

Resp: R$ 774.000,00

11. A empresa Toshimp, produtora de televisores, tem patrimônio líquido (PL) de R$12.000.000 e produz um único modelo, de um único tamanho.Esse produto é vendido, em média, por R$ 555,00 cada unidade, e sobre esse preço incidem impostos de 10%.

O custo de matéria-prima, material de embalagem, peças, partes e componentes é de R$ 299,50 por unidade; os custos fixos atingem R$ 1.600.000,00 por período; 20% desse valor correspondem à depreciação de máquinas e equipamentos da fábrica; e as despesas fixas de administração e vendas, R$400.000,00, também por período.

Pede-se calcular:

a) O ponto de equilíbrio contábil em unidades físicas e em valor monetário.

Resp: PEC= 10.000 unidades e R$ 5.550.000,00

b) O ponto de equilíbrio financeiro em unidades físicas e em valor monetário.

Resp: PEF= 8.400 unidades e R$ 4.662.000,00

c) O ponto de equilíbrio econômico, em unidades físicas e em valor monetário, considerando que o lucro mínimo desejado pelos acionistas é de 10% do PL.

Resp: PEE= 16.000 unidades e R$ 8.880.000,00

12. A Empresa Comp-ID presta serviços de consultoria e possui a seguinte estrutura de preço, custos e despesas:

Preço por hora de consultoria, líquido de tributos

R$ 250,00

Despesas variáveis

25% (dos honorários cobrados)

Custo variável por hora de consultoria

R$ 100,00

Custos fixos mensais

R$ 300.000,00

Despesas fixas mensais

R$ 50.000,00

Pede-se calcular:

a) O ponto de equilíbrio contábil em quantidade de horas.

Resp: PEC= 4.000 horas

b) O ponto de equilíbrio contábil em valor.

Resp: R$ 1.000.000,00

c) O ponto de equilíbrio contábil, em quantidade de horas, caso a empresa reduza seu preço de consultoria em 20%.

Resp: PEC= 7.000 horas

13. Com base na análise Custo x Volume x Lucro, considerando os gráficos

abaixo, marque (V) para as afirmativas verdadeiras e (F), para as falsas.

a) ( ) Ao analisar-se o ponto de equilíbrio da empresa A, pode-se afirmar que o custo variável unitário é $4,90.

b) ( ) O preço unitário de venda da empresa A é $8,10.

c) ( ) A margem de contribuição unitária da empresa A é $4,20.

d) ( ) s custos fixos totais da empresa A são $80.000.

e) ( ) O ponto de equilíbrio monetário da empresa A é 25.000 unidades.

f) ( ) Com relação à empresa B, pode-se afirmar que seus custos fixos totais são $240.000.

g) ( ) O custo variável unitário da empresa B é $4,00.

h) ( ) O preço de venda unitário da empresa B é $8,00.

i) ( ) A margem de contribuição unitária da empresa B é $4,00.

j) ( ) O ponto de equilíbrio físico da empresa B é 30.000 unidades.

14. A empresa XYZ produz um só produto e, ao elaborar o seu orçamento corporativo, projetou a seguinte estrutura de preço e custo.

Preço de venda por unidade

$200,00

Custos variáveis por unidade

$140,00

Custos fixos totais

$120.000,00

Os acionistas definiram que o lucro antes dos juros e do imposto de renda deverá ser de $ 240.000. Para atender tal premissa, qual deverá ser o volume de vendas em unidades?

15. A Cia. Monte Sião possui uma capacidade instalada para 200.000 unidades de produção do produto X. O preço de venda do produto é de R$ 5,00 a unidade, sendo o custo e as despesas variáveis unitárias de R$ 2,00. Sabendo-se que o custo e as despesas fixos montam a R$300.000,00 o ponto de equilíbrio contábil da empresa será, em reais, de:

a) 750.000,00

b) 600.000,00

c) 550.000,00

d) 500.000,00

e) 450.000,00

16. A empresa Y, produzindo e vendendo 50.000 unidades do produto X, apresentou os custos abaixo:

  • Custos fixos totais: R$ 1.100.000,00

  • Custos variáveis totais: R$ 5.000.000,00

  • Ponto de equilíbrio contábil: 20%

Com base nesses dados, o preço de venda do produto X, em reais é de:

a) 210,00

b) 200,00

c) 180,00

d) 175,00

e) 150,00

17. A Indústria Diamantina apresentou as informações relativas aos três produtos que fabrica, referentes ao mês de dezembro de 2005, com valores em reais:

Prod

MP

MOD

Custo indireto Variav.

Custo fixo indireto

Soma dos custos

Preço venda

Lucro unit.

Volume vendas

A

10,00

8,00

2,00

6,00

26,00

39,00

13,00

8.000

B

15,00

12,00

3,00

8,00

38,00

50,00

12,00

6.000

C

20,00

15,00

5,00

10,00

50,00

66,00

16,00

5.000

Sabendo-se que a tabela acima corresponde a valores unitários, com base exclusivamente nesses dados, pode-se afirmar que a margem de contribuição unitária dos produtos em reais, é:

Produto A

Produto B

Produto C

(A)

7,00

4,00

6,00

(B)

13,00

12,00

16,00

(C)

15,00

15,00

21,00

(D)

18,00

27,00

35,00

(E)

19,00

20,00

26,00

18. Os custos fixos de uma empresa equivalem a R$ 400.000,00 para uma produção mensal de 1.000 unidades, sendo que essa empresa tem capacidade de produção de 1.200 unidades. O custo variável é de R$ 300.000,00, e a Receita de Venda por produto, R$ 500,00. A quantidade de peças e o valor da receita para alcançar o ponto de equilíbrio, respectivamente, são:

a) 1.600 peças e R$ 800.000,00

b) 1.600 peças e R$ 1.000.000,00

c) 1.800 peças e R$ 900.000,00

d) 2.000 peças e R$ 800.000,00

e) 2.000 peças e R$ 1.000.000,00

(Parte 7 de 14)

Comentários