Praticas de Parasitologia

Praticas de Parasitologia

(Parte 5 de 5)

Rhipicephalus: base do capitulo larga, curto e hexagonal, com ângulo projetando–se lateralmente. Machos apresentam 1 par de placas adanais. Fêmeas com ausência de placas adanais. Apresentam peritrema atrás da 4º pata. Presença de festões marginais. Rostro curto, palpos cônicos e peritrema em forma de virgula. Amblyomma: 2º segmento no palpo pelo menos duas vezes mais longa que larga, capitulo alongado.Sem placas adanais. Possui capítulo longo de base quadrada. Fêmea com escudo curto. Macho apresentam escudo recobrindo toda área dorsal. Presença de festões marginais Boophilus: 2 pares de placas adanais. Processo caudal (exclusivo), ausência de festões marginais, base do capitulo retangular/oval, rostro curto e palpos mais curtos que as quelíceras, estigmas circulares. Macho apresenta escudo longo e 2 pares de placas adanais .

SISTEMÁTICA: FILO: Arthropoda CLASSE: Insecta ORDEM: Acari SUBORDEM: Ixodides FAMÍLIA: Argasidae

Argasidae: ausência de escudo, capítulo ventral, peritrema entre 3º ou 4º par de patas.

SISTEMÁTICA: FILO: Arthropoda CLASSE: Insecta ORDEM: Acari SUBORDEM: Sarcoptiformes FAMÍLIA: Sarcoptidae GÊNERO: Sarcoptes

Sarcoptes: corpo globoso, pernas curtas, sem garras, cutícula marcada por estrias, presença de cerdas ou espinhos. Fêmea: cerdas longas (3º e 4º patas).

SISTEMÁTICA: FILO: Arthropoda CLASSE: Insecta ORDEM: Acari SUBORDEM: Sarcoptiformes FAMÍLIA: Pyroglyphidae GÊNERO: Dermatophagoides

RhipicephalusRhipicephalus
AmblyommaBoophilus

_ PARASITOLOGIA NA PRÁTICA Alexis Galeno Matos........................................................................................ 45

Boophilus Sarcoptis Ciclo do S. scabiei

_ PARASITOLOGIA NA PRÁTICA Alexis Galeno Matos........................................................................................ 46

Alexis Galeno Matos47

Moscas

SUBORDEM Muscomorpha: antena trisegmentada com terceiro segmento com estrutura cerdiforme => arista, olhos grandes, separados nas fêmeas e juntos nos machos.

SISTEMÁTICA: FILO: Arthropoda CLASSE: Insecta ORDEM: Diptera SUBORDEM: Cyclorrhapha FAMÍLIA: Muscidae GÊNERO:Musca

SISTEMÁTICA: FILO: Arthropoda CLASSE: Insecta ORDEM: Diptera SUBORDEM: Cyclorrhapha FAMÍLIA: Calliphoridae GÊNERO: Cochliomyia, Chrysomya, Lucilia

Família Calliphoridae Conchiliomya(varejeira): mede 8 m, cor verde, reflexos azul metálico, mesonoto com 3 faixas negras longitudinais, olhos de cor vermelha.

Chrysomya: mede 8mm, cor metálica, apresenta 2 faixas transversais escuras no mesonoto e 3 no dorso do abdome.

SISTEMÁTICA: FILO: Arthropoda CLASSE: Insecta ORDEM: Diptera SUBORDEM: Cyclorrhapha FAMÍLIA: Sarcophagidae GÊNERO: Sarcophaga

Família Sarcophagidae: 6 a 10 m, cor cinzenta, mesotórax com 3 faixas negras e abdome axadrezado.

SISTEMÁTICA: FILO: Arthropoda CLASSE: Insecta ORDEM: Diptera SUBORDEM: Cyclorrhapha FAMÍLIA: Oestridae GÊNERO: Dermatobia

SUBORDEM Brachycera: apresentam antenas com 3 segmentos, ultimo mais longo que os demais.

SISTEMÁTICA: FILO: Arthropoda CLASSE: Insecta ORDEM: Diptera SUBORDEM: Brachycera FAMÍLIA: Tabanidae GÊNERO: Tabanus, Chrysops, Fidena

Tabanidae (mutuca): cabeça mais larga que o tórax, semelhante a uma calota, olhos grandes, dicópticos(separados) nas fêmeas e holópticos (juntos) no macho, abdome mais largo que o tórax com sete segmentos, terceira nervura das asas bifurcadas. Em pouso asas ficam abertas e separadas.

Musca domestica Sarcophagidae

_ PARASITOLOGIA NA PRÁTICA Alexis Galeno Matos........................................................................................ 48

Tabanidae Chrysomya

Conchiliomya

_ PARASITOLOGIA NA PRÁTICA Alexis Galeno Matos........................................................................................ 49

Alexis Galeno Matos50

Neves, David Pereira – Parasitologia Humana – 10º edição – São Paulo: Editora Atheneu, 2000

Sites: w.dpd.cdc.gov/dpdx/HTML/image_Library.htm w.ufrgs.br/para-site/alfabe.htm w.telmeds.org/AVIM/Apara/

(Parte 5 de 5)

Comentários