(Parte 3 de 4)

SetorizaSetorizaççãoão(Trabalho de Campo)(Trabalho de Campo) ––Base CartogrBase Cartográáficafica

––Foto aFoto aéérea / Imagemrea / Imagem

––Câmera fotogrCâmera fotográáficafica

––Fichas de campo:Fichas de campo: Por setor Por setor

SETOR 2 (R2) SETOR 1 (R4)

MARGENS DE CMARGENS DE CÓÓRREGORREGO Tipo de canal (natural/sinuoso/retificado)Tipo de canal (natural/sinuoso/retificado) Distância da margemDistância da margem Altura do talude marginalAltura do talude marginal Altura de cheiasAltura de cheias Trincas na superfTrincas na superfíície do terrenocie do terreno

VEGETAVEGETAÇÇÃO NO TALUDEÃO NO TALUDE PresenPresençça de a de áárvores rvores VegetaVegetaçção rasteiraão rasteira ÁÁrea desmatadarea desmatada ÁÁrea de cultivorea de cultivo

ÁÁGUAGUA ConcentraConcentraçção de ão de áágua de chuva em gua de chuva em superfsuperfííciecie LanLanççamento de amento de áágua servida em superfgua servida em superfííciecie PresenPresençça de fossas/rede de esgoto/rede de a de fossas/rede de esgoto/rede de ááguagua SurgênciasSurgências d’á’águagua VazamentosVazamentos

EVIDÊNCIAS DE MOVIMENTAEVIDÊNCIAS DE MOVIMENTAÇÇÃOÃO Trincas moradia/aterroTrincas moradia/aterro InclinaInclinaçção de ão de áárvores/postes/murosrvores/postes/muros Degraus de abatimentoDegraus de abatimento Cicatrizes de escorregamentosCicatrizes de escorregamentos FeiFeiçções erosivasões erosivas Muros/paredes Muros/paredes ““embarrigadosembarrigados””

CARACTERIZACARACTERIZAÇÇÃO DO LOCALÃO DO LOCAL Talude natural/ corteTalude natural/ corte Altura do talude Altura do talude Aterro compactado/lanAterro compactado/lanççadoado Distância da moradiaDistância da moradia DeclividadeDeclividade Estruturas em solo/rocha desfavorEstruturas em solo/rocha desfavorááveis veis PresenPresençça de blocos de rocha/a de blocos de rocha/matacõesmatacões/ / paredões rochososparedões rochosos PresenPresençça de lixo/entulhoa de lixo/entulho Aterro em anfiteatroAterro em anfiteatro OcupaOcupaçção de cabeceira de drenagemão de cabeceira de drenagem

CHECKLIST 1

CHECKLIST 2

Nesses casos, caracterizar a Nesses casos, caracterizar a áárea rea quanto a densidade de ocupaquanto a densidade de ocupaçção e ão e quanto a implantaquanto a implantaçção de infraão de infra-- estrutura bestrutura báásicasica

ÁÁrea mistarea mista

ÁÁreas de expansão, perifreas de expansão, perifééricas e ricas e distantes de ndistantes de núúcleo urbanizado. Baixa cleo urbanizado. Baixa densidade de ocupadensidade de ocupaçção (atão (atéé30%). 30%). Desprovidas de infraDesprovidas de infra--estrutura bestrutura báásicasica

ÁÁrea parceladarea parcelada

ÁÁreas em processo de ocupareas em processo de ocupaçção, ão, adjacentes a adjacentes a ááreas de ocupareas de ocupaçção ão consolidada. Densidade da ocupaconsolidada. Densidade da ocupaçção ão variando de 30% a 90%. Razovariando de 30% a 90%. Razoáável infravel infra-- estrutura bestrutura báásica.sica.

ÁÁrea parcialmente consolidadarea parcialmente consolidada

ÁÁreas densamente ocupadas, com infrareas densamente ocupadas, com infra-- estrutura bestrutura báásica.sica. ÁÁrea consolidadarea consolidada

1.As remoções devem ser evitadas ao máximo, devido aos problemas de relocação.

2.Poderão ser definitivas (para implantação de uma obra, por exemplo) ou temporárias (para reconstrução no local).

3.Priorizar eventuais relocacõesdentro da própria área ocupada, em local seguro.

ROTEIRO ROTEIRO METODOLMETODOLÓÓGICOGICO ((MCidadesMCidades))

Ficha adaptada Ficha adaptada para aplicapara aplicaçção na ão na RMRM--RecifeRecife

ROTEIRO ROTEIRO METODOLMETODOLÓÓGICOGICO ((MCidadesMCidades))

Ficha adaptada Ficha adaptada para aplicapara aplicaçção na ão na RMRM--RecifeRecife

FICHA 1 – SÍNTESE DA LOCALIDADE

Localidade/código: Bairro: Município: MicroRegião: Técnico responsável: Líder comunitário/ OP:

( ) – espontânea (informal) ( ) – consolidada ( ) – alvenaria

Modo de Ocupação Estágio da Ocupação Padrão das Edificações ( ) – planejada (formal) ( ) – inconsolidada ( ) – taipa ( ) – parcialmente planejada ( ) – parcialmente consolidada ( ) – madeira ( )outros materiais

Relevo Hidrografia Vegetação no taludes ( ) – tabuleiros e vertentes ( ) – rede fluvial esparsa ( ) – vegetação rasteira natural ( ) – morros ( ) – rede fluvial densa ( ) – gramínea ( ) – colinas ( ) – alta concentração de águas ( ) – capim ( ) – anfiteatro (microbacia aberta) ( ) – nível freático alto (cacimbas) ( ) – arbustos ( ) – planície emersa ( ) – ( ) – árvores de grande porte ( ) – planície alagável ( ) – ( ) – bananeiras

(FICHA 1 (FICHA 1 ––SSÍÍNTESE DA LOCALIDADE)NTESE DA LOCALIDADE) UFPE

Detalhamento da Ficha adaptada para Detalhamento da Ficha adaptada para aplicaaplicaçção na ão na RMRM--RecifeRecife

Detalhamento da Ficha adaptada para Detalhamento da Ficha adaptada para aplicaaplicaçção na ão na RMRM--RecifeRecife

Tipo de Solo (Litologia) Texturas e Estruturas dos Solos Estabilidade dos Maciços

( ) – Fm Barreiras (fácies arenosa) ( ) – alta permeabilidade ( ) – maciço estável ( ) – Fm Barreiras (fácies argilosa) ( ) – baixa permeabilidade ( ) – evidências de deslizamento ( ) – Fm. Cabo ( ) – estratificação horizontal ( ) – evidências de erosão ( ) – Solo residual (emb. cristalino) ( ) – falhas/fraturas/xistosidade ( ) – evidências de solapamento ( ) – Solo orgânico (mangues) ( ) – crosta / blocos lateríticos ( ) – sem evidências de processos ( ) – Solo arenoso (aluvião) ( ) – matacões de rocha ( ) –

Setor: Grau de

Risco:

Nº de casas do

Setor

Nº de casas Ameaçadas*

Nº de casas p/ Remoção*

Nº de casas Destruídas

Nº de casas Removidas

* - indicadas para cadastro e monitoramento OBSERVAÇÕES

(FICHA 1 (FICHA 1 ––SSÍÍNTESE DA LOCALIDADE)NTESE DA LOCALIDADE) UFPE

Detalhamento da Ficha adaptada para Detalhamento da Ficha adaptada para aplicaaplicaçção na ão na RMRM--RecifeRecife

(FICHA 2 (FICHA 2 ––SETOR DE RISCO)SETOR DE RISCO)

FICHA 2 – SETOR DE RISCO (avaliação de risco)

Localidade: SETOR:

Técnico responsável: Data:/ /

Município: Bairro: MR: RISCO:

(Parte 3 de 4)

Comentários