Curso de Leitura Dinâmica, Técnica de Estudo, Concetração e Memorização

Curso de Leitura Dinâmica, Técnica de Estudo, Concetração e Memorização

(Parte 1 de 3)

Dinâmica e Memorização

No mundo competitivo em que vivemos hoje, a informação tornouse uma poderosa aliada para o melhor desempenho nos estudos, além da realização de bons negócios, para o sucesso pessoal e profissional. As pessoas hoje têm acesso a uma verdadeira bateria de informações e conhecimentos. Seja através de cursos, da televisão, da tela do computador, ou seja através de livros, jornais, revistas, etc. Principalmente no que se refere ao papel impresso, diariamente nos deparamos com uma imensa pilha de material que precisa ser lida, para que possamos colher as informações e assim buscar o aprimoramento escolar, profissional e pessoal. Nesse mundo da informação, estudar é a palavra de ordem, é o caminho necessário e essencial para alcançar seus objetivos e trilhando por esse caminho, descobrimos que a leitura tem uma importância fundamental no processo de aquisição de conhecimentos, mas na nossa movimentada rotina diária, como ler mais em menos tempo sem perder qualidade de leitura e realmente poder absorver e memorizar o que foi lido? É este o propósito deste curso de leitura dinâmica e memorização, ou seja, fornecer informações e técnicas essenciais para que você possa ler com mais agilidade e memorizar o conteúdo

Dinâmica e Memorização de sua leitura. Sem formulinhas mágicas. Treinar as habilidades e educar-se, aliadas a técnicas que possam ajudar seu desempenho são formas de poder melhorar e conquistar uma melhor aprendizagem. A palavra chave para o êxito de qualquer atividade é essa: Treinar e aprimorar-se. Se você seguir as instruções passo a passo e realmente se dedicar aos exercícios deste curso, com certeza poderá melhorar e muito seu aprendizado na leitura, ganhando em tempo e qualidade de informação, porque sabemos que nossa aprendizagem depende muito mais da maneira como lemos ou escrevemos do que da quantidade de material que estudamos. Todos temos a capacidade, a de desenvolver essas técnicas, porém precisamos nos esforçar para isso e não se esqueça. Uma técnica só pode ser absorvida se for bem treinada e para adquirir novas habilidades, basta você querer adquirir, assim é preciso acima de tudo dedicação.

Este curso se baseia em inúmeras técnicas de leitura dinâmica e memorização divididas em lições com explicações e exercícios. Assim que tiver assimilado uma lição, você poderá passar para as outras, sempre não esquecendo se exercitar para poder assim absorver a técnica. Para você desenvolver melhor as habilidades, os exercícios devem ser feitos por no mínimo uns 10 minutos diários e de início procure fazer apenas uma das lições por dia. As técnicas de leitura dinâmica também foram divididas em blocos para que você possa praticar melhor e se organizar com referência ao seu programa de estudos. Se realmente seguir as orientações e fizer os exercícios, com certeza poderá melhorar e muito o seu aprendizado, desenvolvendo técnicas novas e importantes.

Desde os séculos passados estudiosos vêm desenvolvendo técnicas de leitura dinâmica. Um dos primeiros a desenvolver e estudar essas técnicas foi o francês Lui Emily Javai, no final do século XIX. Seu

Dinâmica e Memorização método posteriormente seria aperfeiçoado pela professora norte americana Evelin Wood, já na década de 60, nos Estados Unidos. No Brasil, as técnicas de dinamizar a leitura começaram a ser estudadas em 1969. Ler dinamicamente é acelerar o processo de leitura. A partir de agora, vamos iniciar as lições para que você possa aprender o método, entre tanto, voltamos a enfatizar: siga corretamente as instruções, treine e habitui-se ao processo para que assim você possa desenvolver a habilidade.

LIÇÃO 1

Para melhorar seu processo de leitura e seu aprendizado, você deve decidir, “eu quero aprender mais”.

Alcançar bons resultados com os estudos e poder desfrutar de uma memória mais eficaz e ativa são habilidade que todos podemos desenvolver. Questão muito importante e fundamental para quem inicia qualquer aprendizado. Para e pense um pouco. É isso que realmente você deseja? Pense e mentalize sua resposta por cerca de uns 30 segundos. Estudar melhor e poder assimilar mais o material estudado é importante pra você? Temos certeza que sua resposta é positiva, pois atualmente sua vida está intimamente relacionada ao seu estudo e para conseguir atingir mais facilmente os seus objetivos pessoais e profissionais, estudar é uma arma poderosa.

Mentalize então sua resposta como objetivo pessoal a partir de agora e repita antes de iniciar qualquer leitura e antes de iniciar as próximas lições.

Dinâmica e Memorização

LIÇÃO 2

Para aprender mais é preciso ter interesse de leitura.

Para realizar bem uma determinada atividade de aprendizagem é preciso, acima de tudo, demonstrar incessante interesse pelo que se está lendo, pelo que se está estudando, pela matéria pela a qual se está trabalhando. Numa aula de matemática por exemplo, quando o assunto é equações, seu professor deve passar uma verdadeira bateria de exercícios, a fim de que você possa absorver automaticamente a matéria, porém se você não fizer esses exercícios, dificilmente conseguirá assimilar rapidamente e ter respostas rápidas ao exercícios. A sua força de vontade e o seu interesse, ditam as regras de uma bom aprendizado. Você precisa demonstrar interesse pelo que está fazendo. Lembre-se da primeira lição: “Querer é poder”. Se você quiser ter interesse, assim o terá.

Antes de iniciar a próxima lição, mentalize a seguinte frase por uns 30 segundos, repetindo o exercício antes iniciar qualquer leitura. “O ESTUDO É IMPORTANTE PARA MIM E EU QUERO APRENDER”.

LIÇÃO 3

Para gostar de estudar é preciso não estudar apenas por obrigação. Repita mentalmente a frase: “NÃO ESTUDO APENAS POR OBRIGAÇÃO”

Dinâmica e Memorização

Normalmente quando estudamos com o sentimento de obrigação a ser cumprida, pouco proveito tiramos das leitura e dos trabalhos que realizamos. Contar as página ou as linhas que faltam, de nada podem ajudar a assimilar a informação, pelo contrário, quando nos preocupamos mais em alcançar mais o fim do texto do que entendelo, estamos jogando contra a nossa memória, a qual tem um papel seletivo sobre as informações passadas. Se você não considera as informações importantes, como poderá guarda-las na lembrança?

Você deve apagar o sentimento de obrigação, trocando pela moeda da curiosidade. Mentalize e repita a frase: “NÃO ESTUDO POR OBRIGAÇÃO, TENHO INTERESSE EM ESTUDAR”

OBSERVAÇÃO: As próximas lições vão indicar procedimentos básicos para que você possa absorver melhor todo o material de estudo lido. Se quiser faça uma pausa e retome mentalmente e frase: “O ESTUDO É IMPORTANTE PARA MIM E EU QUERO APRENDER”.

Muitos ao planejar suas rotinas de atividade de estudos nas mais variadas situações, esquecem de detalhes fundamentais. Presta bastante atenção no que eu disse: “FUNDAMENTAIS” que acabam por prejudicar todo o processo de aprendizado. Vamos relaciona-lo agora na lição a seguir.

LIÇÃO 4

Para um melhor aprendizado, você deve: 1º Cuidar muito bem da sua saúde e ter uma alimentação balanceada. Não é preciso enfatizar que este é um detalhe

Dinâmica e Memorização importante não só para a reposição das energias diárias, como para todas as suas atividades em geral. Visão e audição deficiente e não cuidadas e narinas obstruídas, por exemplo, servem apenas para desmotivar uma leitura. 2º Procurar dormir o suficiente para não dormir sobre os livros. Sair na Sexta-feira à noite, voltar às 5 da manhã e acordar às 7 para ler e estudar por umas 12 horas, é um conto da carochinha. Se o seu estado físico mental não permitir, você não conseguira absorver a matéria. Parece obvia, não? Sim, mas será que você já não fez isso? 3º Preparar um ambiente de estudo adequado. O seu espaço para estudo deve bem organizado, com tudo a mão para evitar distração. Na verdade memória fraca e distração andam de mãos dadas, alem disso, adote postura de estudo, com cadeira e mesas adequadas à sua altura, de modo a cansar menos . O ambiente também deve ser bem iluminado, bem arejado e livre de ruídos, não se esqueça, considere som alto, televisão como ruídos, pois estes são grandes tiradores de concentração. Deixe o futebol e a novela pra depois 4º Organizar-se. Lugar certo, na hora certa, no ambiente certo e com o material certo. Se você levanta toda hora para pegar o dicionário, buscar mais um livro, pegar outra apostila, achar o lápis, a borracha e a caneta, sua devagar por outro afazeres e como mente você tem que retomar o que estava lendo, na maioria das vezes sem o interesse anterior. Pois você julgar que já leu. 5º Criar o hábito de estudar. Você, estudante, melhor que ninguém, sabe que estudar é um hábito que precisa ser criado. Como qualquer outra habilidade, de inicio o habito de ler e estudar precisa ser até forçado, até que se adquira gosto e se torne automática e comum à tarefa. Assuma este compromisso e policie-se.

Vamos tomar as condições mínimas para um aprendizado e uma leitura mais eficiente, mentalizando todos os itens. 1º Cuidar muito bem da sua saúde e ter uma alimentação muito bem balanceada

Dinâmica e Memorização

2º Procurar dormir o suficiente para não dormir sobre os livros 3º Preparar um ambiente de estudo adequado 4º Organizar-se 5º Criar o hábito de estudar

LIÇÃO 5

Reorganize a sua rotina diária.

Você deve perguntar agora. “Quanto tempo devo estudar? Quando devo estudar tal matéria?”. Principalmente no que toca sua atividade principal, estudar, é fundamental saber distribuir o tempo disponível para que o rendimento possa crescer gradativamente. Bem, se você não quiser criar um stress mental ou algo como um curto circuito no seu cérebro, algumas dicas são:

A)Seja um leão agressivo na hora de decidir por estudar, mas estude de acordo com o seu ritmo e nada de ficar sonhando, ficar pra depois ou só mais uns minutinhos e eu começo

B)Faça um controle do seu tempo. A maioria dos professores de cursinhos, por exemplo, orientam os seus alunos para que o estudo seja distribuído com intervalos para melhorar assimilação daquilo que se está estudando. Assim como nas próprias aulas que normalmente são divididas em períodos de 50 minutos ou de 1 hora, deixam um espaço de cerca de 10 ou 15 minutos a cada período. Divida também seu tempo de estudo também por grau de dificuldade deixando maior espaço para as matérias que você considera mais complicadas. Estude realmente para saber. Ao estabelecer seu plano de estudos, passe a estudar nos horários certos, policie-se para não deixar nada pra depois.

Dinâmica e Memorização

Vamos montar juntos um plano de estudos. 1-Faça você mesmo uma tabela com seus horários da semana.

Horário que você acorda, tempo para almoço, o tempo para fazer as matérias escolares, etc. Sempre de acordo com as atividades da semana. Por exemplo: “Segunda-feira levando às 6, vou à escola as 7 e faço o curso de inglês das 4 às 6 da tarde”. 2-Relacione então de acordo com os dias da semana, os possíveis horários para estudo. Por exemplo: “Na Segunda e na Terça começando a 5 da tarde até às 7 da noite. E na Quarta e na Quinta das 3 da tarde até às 5” e assim até o final de semana. 3-Distribua os horários com as matérias referentes a cada dia.

Pode ser Biologia e Matemática na Segunda, Física e Química na Terça, etc. Procure estudar as matérias um dia antes das aulas, para poder melhor assimilar a matéria, junto com a explicação do professor. 4-Este é o item mais importante. Siga rigorosamente a partir de agora o seu programa de estudos. Lembre-se novamente. É PRECISO SE DEDICAR PARA ATINGIR SEUS OBJETIVOS. Somente inicie as próximas lições após montar seu plano de estudos.

LIÇÃO 6

Para uma melhor compreensão no seu aprendizado, você precisa ver e ouvir cada detalhe, não tirando a atenção do que está lendo, procurando compreender linha a linha, parágrafo por parágrafo as explicações do autor, aprenda a ter uma leitura crítica

Vamos a uma pequena brincadeira. Um texto que você não poderá levar muito tempo para responder. Vamos imaginar que um avião

Dinâmica e Memorização decolou do aeroporto de São Paulo às 16:0 hs com 330 passageiros. Fez uma breve escala no Rio de Janeiro, onde embarcaram mais 40 passageiros e desceram 20. De repente uma mulher grávida passa mau e desce juntamente com todo a sua família, o marido, mais 2 filhos e quatro tios. O avião segue então viagem. Só que seria a última, pois depois de uma pane, ele cai repentinamente na fronteira do Brasil com o Equador, matando os passageiros. Pergunta: Quantos passageiros morreram? Alguns segundos para você pensar. 10 segundos Vamos repetir toda a questão. Vamos a uma pequena brincadeira. Um texto que você não poderá levar muito tempo para responder. Vamos imaginar que um avião decolou do aeroporto de São Paulo às 16:0 hs com 330 passageiros. Fez uma breve escala no Rio de Janeiro, onde embarcaram mais 40 passageiros e desceram 20. De repente uma mulher grávida passa mau e desce juntamente com todo a sua família, o marido, mais 2 filhos e 4 tios. O avião segue então viagem. Só que seria a última, pois depois de uma pane, ele cai repentinamente na fronteira do Brasil com o Equador, matando os passageiros. Pergunta: Quantos passageiros morreram? Já sabe a resposta? Bem não há resposta. Se você prestou bastante atenção, ira verificar que há um erro que anula toda a questão. Qual? Vamos avaliar seus conhecimentos de geografia. O Brasil faz fronteira com o Equador? Poucas pessoas conseguem descobrir de imediato este erro. Se você conseguiu, parabéns!!! Esta brincadeira é só pra lhe mostrar como é importante saber ouvir e realmente prestar muita atenção no que se está ouvindo. O mesmo processo se dá com a leitura. Para se fazer então uma leitura crítica é preciso: Ter extrema atenção e tentar interagir no processo, procurando entender de imediato as mensagens. Observe por inteiro o texto. Observando atentamente gráficos, tabelas e exemplos. Aprenda a enxergar o que está além. Assim se num gráfico econômico, por exemplo, há indicadores de saúde e crescimento de economia comparando o Brasil com os eua e o Canadá, saiba que não é só uma comparação, é uma comparação

Dinâmica e Memorização de um país subdesenvolvido com países desenvolvidos de primeiro mundo, além disso, normalmente os gráficos são feitos numa escala que levam em conta diversos anos. Procure relacionar, por exemplo, estes anos, com os coincidíssemos planos econômicos brasileiros, ou seja, procure muito mais do que está exposto aparentemente.

Procure artigos de jornais ou revistas de mais ou menos meia página, leia estes texto e procure identificar quais os recursos que o autor usou. Opiniões, gráficos, entrevistas. Fazendo este exercício, você começará a identificar melhor as mensagens do texto.

LIÇÃO 7

Leia com uma finalidade, procurando deixar bem claro na sua mente o porquê de estar buscando mais informações.

Vamos agora a uma pequena questão que você deve responder conscientemente, sem se deixar levar por tudo o que já dissemos aqui. Por que você está lendo ou estudando? Vamos também dar algumas alternativa de resposta, como se fosse uma questão de múltipla escolha. a)para adquirir mais informações b)porque precisa aprender mais para adquirir melhores notas c)quer ascender social e culturalmente d)todas as anteriores

(Parte 1 de 3)

Comentários