Manual doInstrumento de Avaliação daAtenção Primária à Saúde

Manual doInstrumento de Avaliação daAtenção Primária à Saúde

(Parte 1 de 12)

Manual do

Instrumento de Avaliação da Atenção Primária à Saúde

Primary Care Assessment Tool PCATool-Brasil

Brasília – DF 2010

Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Atenção Básica

Série A. Normas e Manuais Técnicos

Manual do

Instrumento de Avaliação da Atenção Primária à Saúde

Primary Care Assessment Tool PCATool-Brasil

Brasília – DF 2010

© 2010 Ministério da Saúde. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial. A responsabilidade pelos direitos autorais de textos e imagens dessa obra é da área técnica. A coleção institucional do Ministério da Saúde pode ser acessada, na íntegra, na Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde: http://www.saude.gov.br/bvs

Série A. Normas e Manuais Técnicos Tiragem: 1ª edição – 2010 – 7.500 exemplares

FIchA cATAlOgRáFIcA

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção em Saúde. Departamento de Atenção Básica.

Manual do instrumento de avaliação da atenção primária à saúde: primary care assessment tool pcatool - Brasil / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção em Saúde, Departamento de Atenção Básica. – Brasília : Ministério da Saúde, 2010. 80 p. : il. – (Série A. Normas e Manuais Técnicos)

CDU 613.9-055

1. Atenção à Saúde. 2. Atenção básica. 3. Saúde da Família. I. Título. I. Série. Catalogação na fonte – Coordenação-Geral de Documentação e Informação – Editora MS – OS 2010/0084

Em espanhol: Manual del instrumento de evaluación de la Atención Primaria a la Salud: Primary Care Assessment Tool

Títulos para indexação: Em inglês: Primary Care Assessment Tool PCATool-Brasil PCATool-Brasil

Elaboração, distribuição e informações:

MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Atenção Básica Edifício Premium, SAF Sul, Quadra 2, Lotes 5/6, bloco I, subsolo CEP 70070-600, Brasília- DF Tels.: (61) 3306-8044/8090 Fax: (61) 3306-8028 Home Page: w.saude.gov.br/dab

Equipe Técnica:

Erno Harzheim Marcelo Rodrigues Gonçalves Mônica Maria Celestina de Oliveira Thiago Gomes da Trindade Milena Rodrigues Agostinho Lisiane Hauser

Coordenação editorial:

Antônio Sergio de Freitas Ferreira Renata Ribeiro Sampaio

Apoio financeiro:

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Ministério de Ciência e Tecnologia

Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Ministério da Educação

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (FAPERGS)

Escola de Saúde Pública do Rio Grande do Sul Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre

Departamento de Medicina Social da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Departamento de Saúde Coletiva da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre

Departamento de Enfermería Comunitaria, Medicina Preventiva y Salud Pública e Historia de la Ciencia da Universidad de Alicante, Espanha

Autores

Erno Harzheim Marcelo Rodrigues Gonçalves Mônica Maria Celestina de Oliveira Thiago Gomes da Trindade Milena Rodrigues Agostinho Lisiane Hauser

Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia, Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Normalização: Aline Santos Jacob

Diagramação: Artmix - studio de criação

Impresso no Brasil / Printed in Brazil

Agradecimentos

Aos Professores Airton T. Stein e Carlos Alvarez-Dardet, primeiros incentivadores deste trabalho.

À Profa. Barbara Starfield e sua equipe de trabalho, por disponibilizar o instrumento e, principalmente, apoiar todo o processo de validação.

Ao Prof. Bruce B. Duncan, por seu apoio irrestrito aos projetos do Grupo de Pesquisa em Atenção Primária à Saúde de Porto Alegre.

Ao Departamento de Medicina Social e ao Programa de Pós-Graduação em Epidemiologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Aos usuários e profissionais da rede de atenção primária à saúde de Porto Alegre.

A todos os integrantes do Grupo de Pesquisa em Atenção Primária à Saúde de Porto Alegre da UFRGS por suas contribuições à execução e publicação deste trabalho.

1 INTRODUÇÃO9
1.1 O Conceito de Atenção Primária à Saúde9
1.2 O PCATool-Brasil10
1.3 Avaliação da APS no contexto brasileiro1
1.4 Considerações Éticas1
2 PCATOOL – BRASIL VERSÃO CRIANÇA12
2.1 Descrição do Instrumento12
2.2 Instrumento PCATool-Brasil versão Criança13
2.3 Instruções para Elucidar Dúvidas Quanto ao Significado de Alguns Itens25
2.4 Cálculo dos Escores PCATool-Brasil versão Criança30
3 PCATOOL-BRASIL VERSÃO ADULTO3
3.1 Descrição do Instrumento3
3.2 Instrumento PCATool-Brasil Versão Adulto34
3.3 Instruções para Elucidar Dúvidas Quanto ao Significado de Alguns Itens49
3.4 Cálculo dos Escores PCATool-Brasil versão Adulto5
4 PCATOOL-BRASIL VERSÃO PROFISSIONAIS58
4.1 Descrição do Instrumento58
4.2 Instrumento PCATool versão Profissionais59
4.3 Instruções para Elucidar Dúvidas Quanto ao Significado de Alguns Itens69
4.4 Cálculo dos Escores PCATool-Brasil versão Profissionais72
5 ORIENTAÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DAS ENTREVISTAS75
5.1 Entrevistadores75
5.1.1 Orientações na Apresentação do Entrevistador75
5.1.2 Orientações Prévias à Saída para a Entrevista75
5.2 Instruções Gerais para Aplicação do PCATool-Brasil75
REFERÊNCIAS7
ANEXOS78
AnExO A – Modelo de Termo de Consentimento Livre Esclarecido – Usuários78
AnExO B – Modelo de Termo de Consentimento Livre Esclarecido – Profissionais79
AnExO C – Cartão Resposta80

ORGANIZAÇÃO DO MANUAL ...............................................................................................................7 Sumário

Manual do Instrumento de Avaliação da Atenção Primária à Saúde - Primary Care Assessment Tool - PCATool-Brasil ORGANIZAÇÃO DO MANUAL

Este manual consiste nas seguintes seções: • Organização do manual – destinada a orientar a utilização do manual.

• Conceito de Atenção Primária à Saúde – definição de Atenção Primária à Saúde utilizada neste manual.

• PCATool-Brasil – o instrumento, sua criação e validação no Brasil.

• Considerações éticas

(Parte 1 de 12)

Comentários