Apostila AUTOCAD

Apostila AUTOCAD

(Parte 1 de 4)

Faculdades Metodistas Integradas Izabela Hendrix Curso de Arquitetura e Urbanismo - Disciplina de Informática Aplicada à Arquitetura

Faculdades Metodistas Integradas Izabela Hendrix Curso de Arquitetura e Urbanismo - Disciplina de Informática Aplicada à Arquitetura

Curso de Arquitetura e Urbanismo - Disciplina d Informática Aplicada à Arquitetura

Curso básico de

AutoCAD 2000 para Windows módulo 2D

Elaborado por:

Ezequiel Mendonça Rezende Novembro / 1999

Faculdades Metodistas Integradas Izabela Hendrix Curso de Arquitetura e Urbanismo - Disciplina de Informática Aplicada à Arquitetura

Curso AutoCAD 2000 para Windows 95 Módulo 2D

1. Apresentação:

O AutoCAD é um programa de CADD (Computer Aided Draft and Design - Desenho e

Projeto Auxiliado por Computador). A AutoDesk Inc. apresentou a Versão 1.0 do AutoCAD na COMDEX em Las Vegas em novembro de 1982. Por sua arquitetura aberta, torna-se um ambiente ideal para o desenvolvimento de aplicativos por terceiros, permitindo a utilização em praticamente qualquer área de desenho e projeto, tanto como engenharia, arquitetura, agrimensura, indústria, científico, design ou qualquer outra aplicação que necessite de desenho e projeto auxiliado por computador.

2. Equipamentos necessários:

Para utilizar o AutoCAD 2000, é recomendada a configuração mínima abaixo: ! Computador PC baseado em processador Pentium 133 MHz

! Sistema Operacional Windows 95, Windows 98 ou Windows NT

! 32 MB de memória RAM

! Placa de Vídeo de 800x600 com 64 mil cores e Monitor colorido

! Unidade de CD-ROM

! Dispositivo Apontador

3. Um pouco de história:

O QUE É CADD (Desenho e Projeto Auxiliado por Computador)? O desenho e projeto auxiliado por computador tiveram início com a indústria aeroespacial e automobilística, nos fins da década de 60. Até então, os projetos eram limitados a desenhos manuais, sujeitos a imprecisão humana. Com a evolução dos computadores, sistemas complexos de CADD eram desenvolvidos, mas limitados às grandes empresas. Com o advento dos computadores PCs, uma revolução teve início, basicamente pelo baixo custo dos equipamentos, e muitas opções de programas. Um destes programas é o AutoCAD, criado pela AutoDesk Inc., nos EUA. Inicialmente o programa era destinado a desenhos mecânico. Devido a sua arquitetura aberta, logo se tornou um padrão para desenvolvedores de sistemas, contando hoje com milhares de desenvolvedores por todo o mundo. Outros sistemas de CADD também se firmaram como padrão, como o Micro-Station e o MiniCAD.

Sistemas de CADD (projeto e desenho), CAM (Manufatura), CAE (Engenharia), GIS

(Geoprocessamento) específicos tem sido criados, destinados à mecânica, agrimensura, engenharia, arquitetura, topografia, estradas, modelagem, tais como o AutoCAD, AutoSurf, AutoArchitect, AutoBuilding, Cad Overlay, UniCAD, GisPlus, EMS e Hiteck.

4. Evolução das versões do AutoCad:

Desde o seu lançamento em 1982, o AutoCAD tem passado por diversas revisões e alterações, melhorando os recursos do programa, sendo: -Versão 1.0 R.1 (1/1982)

-Versão 1.2 R.2 (04/1983)

-Versão 1.3 R.3 (08/1983)

-Versão 1.4 R.4 (10/1983)

-Versão 2.0 R.5 (10/1984)

-Versão 2.1 R.6 (05/1985) -Versão 2.5 R.7 (07/1986)

-Versão 2.6 R.8 (04/1987)

-Release 9 (09/1987)

-Release 10 (07/1988)

-Release 1 (10/1990) -Release 12 (06/1992)

-Release 13 (1/1994)

-Release 14 (02/1997)

-R2000 (02/1999)

Faculdades Metodistas Integradas Izabela Hendrix Curso de Arquitetura e Urbanismo - Disciplina de Informática Aplicada à Arquitetura

5. Compatibilidade de arquivos:

Todas as novas versões do AutoCAD, são compatíveis com os arquivos de versões anteriores, mas não vice-versa. Isto é o AutoCAD 2000 lê os arquivos das versões anteriores, mas as anteriores não podem ler os arquivos do AutoCAD 2000. O AutoCAD 2000 lê e converte os arquivos da versão 12, 13 e 14 para a versão R2000 e pode exportar os arquivos com formato da versão 12, 13 e 14.

6. Carregando o AutoCad:

Ligue o computador, e dentro do Windows 95, escolha no menu INICIAR a opção

PROGRAMAS e depois a opção AutoCAD 2000 e depois o ícone do programa (também está escrito AutoCAD 2000), e dê um click com o botão esquerdo do mouse, iniciando o programa (também se pode utilizar o atalho que está sobre a Área de Trabalho).

Aparecerá o quadro Start Up solicitando se você deseja utilizar uma ajuda para inicializar um rascunho (Scratch), ou começar por um protótipo (Template), novo desenho (Wizard), ou ainda abrir um desenho existente (Open).

7. Dentro do programa

AutoCad 2000

Quando já carregado, o AutoCAD 2000 apresenta a tela semelhante a representada ao lado.

Esta tela contém vários itens que merecem ser estudados individualmente.

A tela visível é chamada de tela gráfica, onde se visualiza várias informações. Um cursor em forma de duas linhas perpendiculares (x-hair) indica o ponto de inserção das entidades que serão desenhadas.

E várias outras partes do programa a seguir: ! Barra de Titulo:

Nesta barra aparece o nome do programa e o nome do desenho em edição. ! Barra de Menus Pull-down:

Nesta barra aparece o nome dos principais grupos de menus.

Faculdades Metodistas Integradas Izabela Hendrix Curso de Arquitetura e Urbanismo - Disciplina de Informática Aplicada à Arquitetura

! Barra de Menu de ícones padrão (Standard Toolbar):

Nesta barra encontra-se os ícones de comandos mais utilizados, sendo: New, Open, Save,

Print, Print Previw, Spelling, Cut to Clipboard, Copy to Clipboard , Paste from Clipboard, Match Properties, Undo, Redo, Launch Brownser, Oject Snap, UCS, Inquiry, Redraw, Aerial View, Named View, Pan Realtime, Zoom Realtime, Zoomt, Zoom Previous e Help.

! Barra de Menu de Propriedade de Objetos:

Esta barra permite visualizar e executar principais mudanças em entidades e ambiente de trabalho durante a edição, sendo: Make Object’s Layer Current, Layers, Layer Control, Color Control, Linetype, Linetype Control, Line Weight Control e Plot Style

! Menus em cascata:

Nos itens de menu que tiveram uma seta à direita, tem-se a opção de abrir em menus tipo cascata, bastando para isso acompanhar o mouse sobre o texto, e quando o item desejado estiver destacado, click com o botão esquerdo do mouse para executar o comando. Neste tipo de comandos não é necessário completar outros tipos de alternativas para a sua execução.

! Menu de quadro de diálogo:

Nos itens de menu que tiverem uma reticência à direita, tem-se a opção de abrir quadros de diálogos, bastando para isso acompanhar o mouse sobre o texto, e quando o item desejado estiver destacado, click com o botão esquerdo do mouse para chamar o quadro. Estes quadros devem ser preenchidos em sua grande variedade de opções para que a execução do comando seja realizada.

! menu de tela (screen menu)

Este é o maior e mais completo menu do AutoCAD. Ele permite uma compatibilidade de menus com as versões antigas do programa. Para deixa-lo visível vá à opção: Tools → Preferences → Display → Display window parameters

Tem-se ao topo deste menu a palavra AutoCAD. Quando se seleciona um item neste menu, pode-se abrir outro menu com itens relacionado ao anterior ou respostas possíveis ao comando acessado por este menu. Muitas vezes utilizndo o menu pulldown, o menu de tela também será acessado para o comando especificado. Este menu pode ser posicionado em qualquer canto da tela gráfica.

! Linha de comando

Faculdades Metodistas Integradas Izabela Hendrix Curso de Arquitetura e Urbanismo - Disciplina de Informática Aplicada à Arquitetura

Onde são visualizados e editados os comandos chama-se tela gráfica. Uma área de Prompt na parte inferior do programa permite a visualização da digitação dos comandos e as respostas aos comandos feitos pelo AutoCAD. Para alternar entre a tela gráfica e a tela de texto pressione a tecla F2.

! barra de status

Abaixo da linha de comando, encontra-se a barra de status, onde se visualiza as coordenadas, snap mode, grid display, ortho mode, polar tracking, object snap, object osnap tracking, show/hide lineweight e model/paperspace

8. Teclas de funções no AutoCad:

Algumas teclas de funções têm uso específico no AutoCAD, sendo:

F1 No Windows esta tecla é de Ajuda (help). F2 Alterna-se entre a tela gráfica e tela de texto. F3 Pemite o acesso ao quadro de diálogo Osnap Settings. F4 Permite o acesso do cursor ao menu pull-down e sobre a área de digitalização quando se utiliza uma mesa digitalizadora.

F5 Alterna entre os planos isométricos. F6 Liga e desliga o contador de coordenadas, tendo ainda três posições: -coordenadas absolutas, onde são mostrados apenas as coordenadas X e Y do cursor.

-coordenadas relativas, onde são mostrados as coordenadas polares do cursor em relação a último ponto marcado na tela, isto é, indica a partir deste ponto, uma distância e um ângulo até o cursor. -desligado, último ponto do cursor na tela F7 Liga e desliga o GRID, que são pontos visíveis na tela, utilizados apenas para a referência no desenho.

F8 Liga e desliga o ORTHO, que permite somente o desenho de linhas ortogonais ao cursor

X-hair.

F9 Liga e desliga o SNAP, que funciona como um tipo de imã - não permite manter o cursor fora do snap.

F10 Liga e desliga a opção de POLAR, que permite que sejam desenhadas linhas dentro de outros eixos, além do ortogonal.

F11 Liga e desliga o OBJECT SNAP TRACKING, que permite uma busca acelerada do objeto snap.

9. Conceitos sobre a área gráfica:

Para entender melhor o ambiente de desenho do AutoCAD, deve-se entender alguns conceitos básicos utilizados no programa (e praticamente em todos os tipos de programas de CAD). ! GRID: São pontos visíveis na tela, utilizados apenas para a referência no desenho. Os grids podem ser alterados de aspecto, podendo ter valores de espaçamentos diferentes, tanto no X, como no Y. Liga e desliga com a tecla F7 ou pela Barra de Status.

Faculdades Metodistas Integradas Izabela Hendrix Curso de Arquitetura e Urbanismo - Disciplina de Informática Aplicada à Arquitetura

! SNAP: É uma espécie de malha, que não permite que o cursor ande fora dela. Funciona como um tipo de imã, prendendo o cursor à esta malha. É muito útil para um desenho com precisão e velocidade. Liga e desliga com a tecla F9 ou pela Barra de Status.

! UNIDADE DE TRABALHO: No AutoCAD a unidade de trabalho é admensional, isto é, definida pelo usuário, não existe unidade fixa, pode ser, centímetros, metros, polegadas, milhas, ano-luz, etc. Ajusta-se com a opção de menu Format→ units.

! LIMITE DO DESENHO: Devido ao fato de não ter uma unidade de trabalho fixa, o limite do desenho, também não é fixo, portanto é praticamente infinito. Ajusta-se com a opção de menu Format→drawing limits.

! ZOOM: A tela gráfica é apenas uma pequena janela que se movimenta sobre o desenho.

Pode-se coloca-la sobre qualquer parte dele, com qualquer incremento de visualização. Pode-se desenhar com precisão um prédio com uma cidade ou estado em torno dele, ou mesmo desenhar uma bactéria na cozinha deste mesmo prédio.

Menu File:

10. Introdução ao editor gráfico:

New É apresentado o quadro Create New Drawing. Inicia um novo desenho a partir de um desenho template já configurado (normalmente é o desenho acad.dwt), ou permite a escolha de outro desenho template, onde já está definido o tipo de letras, layers, blocos, tipos de linhas, dimensionamento, etc.. Outra opção, é começar pelo Wizard, que lhe permite configurar alguns parâmetros do desenho e no final é inserido um formato vazio.

Open Abre um desenho já existente.

Save Salva a edição corrente. Se não foi dado um nome ao desenho, o AutoCAD lhe pedirá um nome.

Save As Salva um desenho sem nome em um arquivo ou renomeia o desenho corrente (também permite gravar o seu desenho como template .dwt).

Export Permite exportar arquivos para outros programas CAD. O formato de arquivo mais comum em CAD é o DXF (Arquivo de Intercâmbio de Desenho), por exemplo, pode-se exportar os seus desenhos em arquivos no formato DXF para serem utilizados por um programa de cálculo de estrutura ou um programa artístico vetorial como o Corel Draw.

Print Setup Abre o quadro de configuração Preferences na opção Pinter. Print Preview Mostra como o desenho será visto quando impresso ou plotado.

Print (ou plot) Envia o desenho para que seja impresso em uma impressora gráfica, plotter, ou que seja gravado em um arquivo de plotagem para ser levado a um bureal de serviço. Também permite gerar arquivos em formato .dwf para utilização em páginas de Internet. A opção de impressão será detalhada mais adiante.

Drawing Utilities →→→→ Audit / Recover Verifica ou Recupera um arquivo de desenho danificado. Normalmente um erro no desenho do AutoCAD pode ocorrer durante a leitura ou escrita no disco Winchester ou diskette.

Drawing Utilities →→→→ Purge Permite eliminar do desenho, elementos de blocos, tipos de linhas, layers, estilo de dimensionamento, de letras que não estão sendo mais utilizados pelo desenho.

Send Envia o desenho corrente para o correio eletrônico (e-mail). Exit Permite sair do AutoCAD. Se a edição ainda não foi salva, o programa lhe perguntará se ela deverá ser salva.

Faculdades Metodistas Integradas Izabela Hendrix Curso de Arquitetura e Urbanismo - Disciplina de Informática Aplicada à Arquitetura

Menu Edit:

Localiza-se neste menu os recursos de edição do Windows, como desfazer (undo), refazer (redo), recortar (cut), copiar (copy) e colar (paste). O comando Copy que permite a inserção de objetos da área de transferência do Windows, ou outros tipos de formatos de dados. O comando Copy Link e Paste Special permite utilizar a tecnologia OLE (object linking and embedding) do Windows, inserindo partes de arquivos de outros programas. O comando Clear, é o comando eraser do AutoCAD. OLE Links permite atualizar, modificar e cancelar links OLE existente. Find permite encontrar um texto no desenho e se necessário subistituí-lo por outro.

Menu e Toolbar draw:

Line Desenha linhas simples. Desenha uma linha de um ponto a outro, e aguarda mais um outro ponto para continuar desenhado linhas. Finaliza-se o comando com Enter ou ESC. Para desenhar linhas com medidas exatas, utilize o Snap ligado ou entre com os dados através de algum processo de entrada de dados. (Entrada de dados: veja mais adiante).

Ray Desenha uma linha com início e sem fim. Permite criar linhas de construção para o auxilio do desenho.

Construction Line (xline) É uma linha infinita. Permite criar linhas de construção para o auxilio do desenho.

Multiline Desenha linas multiplas e paralelas, com grandes recusos de edição. 3D Polylines Desenha polilinhas no espaço 3D.

Polyline Desenha linhas contíguas. Também permite o desenho de arcos dentro do mesmo comando. É muito utilizado também para achar uma área, bastando desenhar um polígono e pedir a sua área com o comando Area.

Poligon Desenha poligonos, que são polilinhas fechadas, definidas pelo lado, inscrito em um círculo ou circunscrito por um círculo.

P2
raio do poligono
P1

poligono inscrito

altura do centro
P1 do poligono

P2 poligono circuscrito

P1

P2 Poligono definido pelo lado lado do poligono

Retangle Desenha um retângulo. Pede apenas dois pontos em diagonal na tela.

Circle Desenha círculos pelo centro e raio; centro e diâmetro; 2 pontos; 3 pontos; duas tangente e raio e três tangentes.

Donut Desenha circulos com espessuras de linha. (que são na realidade duas polylines).

(Parte 1 de 4)

Comentários