A Pauta Jornalística

A Pauta Jornalística

A Pauta Jornalística

  • Vlaudimir Salvador

A Pauta Jornalística

  • Não é o produto final, mas o começo de tudo

  • Não usa parágrafos

  • Linguagem informal/coloquial

  • Mínimo de 20 linhas

  • A pressa das redações atrapalha a produção de pautas jornalísticas

  • Não existe um esquema determinado de cumprimento de pauta

As partes de uma pauta

  • 1. Resumo do Fato;

  • 2. Direcionamento (perguntas/hipóteses)

  • 3. Relação das Fontes (nomes, endereços, telefones, e-mails)

  • 4. Principais Fontes: Pesquisa de Campo (Entrevistas) e Pesquisa Documental

Tipos de Pauta

  • Pauta completa (Contém todos os dados possíveis do fato)

  • Pauta resumo (Contém tópicos informativos)

  • Em ambos os casos deve-se ter endereço, telefone, e-mail e outros dados gerais

O Pauteiro

  • É o responsável pelas pautas a serem desenvolvidas pelos repórteres

  • Deve ser treinado para ler tudo o que cai em suas mãos, procurando um “gancho” para boas pautas, gerando assim, boas matérias

  • Deve estar atento ao que está virando notícia na concorrência

Atribuições do Pauteiro

  • Estar antenado com as ocorrências do dia

  • Ler os jornais, ouvir outras rádios e ficar ligado ao que se passa nos noticiários da TV

  • Propor entrevistas com pessoas públicas (autoridades, atletas, celebridades, etc.)

  • Idealizar matérias polêmicas para ouvir ambas as partes interessadas

  • Ver a repercussão dos fatos no Brasil e no Mundo no contexto local

Exemplo de Pauta I

  • Pauta-Resumo: Repórter: ................................................................. Assunto: Sindicato/Professores Vamos ouvir o Sindicato dos Professores: a entidade vai cumprir a determinação judicial de voltar às aulas após o decreto de ilegalidade da greve? Como está o andamento das negociações? A Secretaria de Educação continua determinada a punir os grevistas? Vamos ouvir a Secretaria de Educação: Em que andamento estão as negociações com o sindicato? Ainda há a intenção de punir os grevistas mesmo com o retorno às aulas? E se o sindicato não cumprir a sentença jurídica? O Sindicato dos Professores fica na Rua Santa Fernanda, 154, no Centro da Cidade A Secretaria de Educação fica no Edifício Professor Zoroastro, no bairro de Santo André.

Exemplo de Pauta 2

  • Pauta Completa: Repórter:.............................................................. Assunto: Hospital/Fechamento Ontem, no programa do Carlos Tamandaré, foi feita uma denúncia de que a Unidade de Pediatria Santos Cosme e Damião iria encerrar suas atividades por causa de problemas financeiros, embora a unidade seja um hospital do governo e que, a partir da próxima semana, todos os internamentos seriam efetuados nas Unidades Pediátricas dos principais hospitais públicos da cidade. A notícia, claro, causou a maior confusão, principalmente na população carente da cidade, que responde por 90% da clientela do hospital. O mais estranho, até agora, é que a Secretaria de Saúde não se pronunciou a respeito. Por esse motivo, vamos procurar ouvir não apenas a Secretária de Saúde, a médica Drª Graça Lemos, bem como o diretor do hospital, o médico pediatra Cecílio Regino. Afinal de contas, a informação procede ou não? - Se procede, vamos apurar as verdadeiras causas que levarão ao Governo a adoção de tais medidas; - Vá ao Hospital Santos Cosme e Damião, no bairro da Comunidade, que fica por trás do Hospital Universitário para ouvir médicos, enfermeiros e familiares de pacientes ali internados ou atendidos. Faça um levantamento completo sobre a situação da unidade: condições de funcionamento, instalações, equipamento, corpo médico, higienização (será que a gente consegue descobrir algum caso de infecção hospitalar?) - Levante junto à Secretaria de Saúde quantas unidades pediátricas tem em toda a cidade e em todo o Estado e quantas crianças estão internadas atualmente, bem como o atendimento diário no ambulatório. - Para que o repórter se situe melhor, o Hospital Pediátrico Santos Cosme e Damião existe desde 1825 e era ligado à Santa Casa e em 1970 foi incorporado ao então Instituto Nacional de Assistência Médica e Previdência Social – INAMPS (Hoje desmembrado em SUS e INSS) e sempre prestou grandes serviços à população carente da Região Metropolitana. Agora a história é com você. Vamos conferir tudo isso? Explore o assunto por vários ângulos, ok?

Exemplo de Pauta III

  • Pauta-Resumo: Repórter: ................................................................. Assunto: Ratazana/Fuga Vamos manter nossa vigilância e por telefone, saber como anda o inquérito na SDS que apura a fuga do ex-agente Ratazana, da Barreto Campelo. Vai haver a reconstituição da fuga? E o encarregado da subestação da Celpe em Itapissuma continua preso? E o que a polícia está fazendo pra recapturar o Ratazana?

Passos da Apuração Jornalística

  • Fase 1: Elaboração da Pauta Pista Inicial + Sondagem Inicial + Preparação da Pauta

  • Fase 2: Pré-Produção Análise das Fontes + Seqüência de Abordagem

  • Fase 3: Produção Confronto de Informações + Checagem

Fase 1 - Elaboração

  • Trata-se da sondagem inicial, da apuração preliminar, da exploração das fontes, documentos e publicações sobre o assunto, numa pesquisa prévia da formulação da pauta. É uma fase de informações para sustentar uma investigação, para testar a credibilidade das fontes. Enfim, ajuda a estabelecer a viabilidade da pauta (é possível de ser apurada ou não?), bem como a sua justificativa.

Fase 2 – Pré-Produção

  • Durante o processo de avaliação estratégica das fontes, não pode sair do horizonte a obviedade de que as fontes defendem seus interesses acima de tudo. Os jornalistas, algumas vezes, usam de determinados critérios para avaliar as fontes, a fim de que se evitem dúvidas e “furos”

Fase 3 – A Produção

  • Trata-se do contato com as fontes. É a oportunidade de defesa daquele que foi citado na notícia e a chance do repórter detectar erros de avaliação da pauta, que podem ser corrigidos à luz de novos fatos. Cada apuração abre novas lacunas de informação, que carece de maior investigação. É necessária uma visão geral para saber o que é preciso levantar para ir em frente

Quando o repórter fica refém da fonte

  • Pende para um lado da informação;

  • “Engole” as versões sem questionar;

  • Não esgota a capacidade de informação do entrevistado;

  • Aceita opiniões de apelo fácil e pouco fundamento;

  • Atribui atitudes de uma fonte se baseando no depoimento da outra;

  • Aceita informações de crédito duvidoso e dificilmente verificável;

Escuta e serás sábio. O princípio da Sabedoria é o silêncio

  • Pitágoras

Comentários