Química analítica quantitativa

Química analítica quantitativa

(Parte 5 de 9)

Ácido Lático ===> H3CCHOHCOOH e Ácido Acético ===> H3CCOOH

Aluno (a):
Aluno (a):
Aluno (a):
Aluno (a):
Aula do diade ............................. de 2007.

A) Resultados:

Marca do leite analisado=
Alíquota titulada =
Soda Dornic gasto=V1=............ mL, V2 =............ mL e V3 =............ mL
Vmédio =mL.
Acidez do Leite =OD ......................... % m/v em ácido lático.

Acidez do leite:

Marca do vinagre analisado =
Volume da amostra=mL.
Volume da solução estoque =mL
Alíquota titulada=mL.
Solução de NaOH:mol L-1 e Fc =...................
Volume de NaOH gasto =V1=............... mL, V2=............... mL e V3 =............... mL
Vmédio=mL.
Acidez do Vinagre =% m/v em ácido acético.

Acidez do vinagre:

B) Questões: 01) O que é determinar índice de acidez e qual a sua importância? 02) Explique o significado das expressões: soda Dornic e grau Dornic.

Atenção: apresente os cálculos

Prática no 04: Análise de soda cáustica comercial

Objetivo:

Determinação da percentagem de NaOH e de Na2CO3 em soda cáustica comercial.

Introdução: A soda cáustica apresenta como substância principal o NaOH, porém sempre contém impurezas de Na2CO3 devido a absorção de umidade e de CO2. Daí a necessidade de determinar o teor de NaOH na presença de Na2CO3. Para análise de uma mistura de carbonato e hidróxido, o método mais empregado consiste na determinação do álcali total (carbonato + hidróxido) por titulação com ácido padrão, usando-se alaranjado de metila ou azul de bromofenol como indicador. Numa segunda porção da solução amostra o carbonato é precipitado com ligeiro excesso de solução de cloreto de bário e, sem filtração, a solução é titulada com ácido padrão usando-se como indicador fenolftaleína ou azul de timol. A última titulação dá o conteúdo de hidróxido e, por diferença deste da primeira titulação, obtém-se o volume de ácido consumido pelo carbonato.

Material e reagentes: - Béquer de 50 mL.

- Balão volumétrico de 500,0 mL.

- Pipeta volumétrica de 25,0 mL.

- erlenmeyer de 250 mL.

- Soda cáustica comercial.

- Solução de alaranjado de metila 1 % e solução de fenolftaleína 1 %.

- Solução padronizada de HCl 0,100 mol L-1 e solução de BaCl2 1%.

Procedimento: 01- Pesar 1,0 g da amostra, com precisão de 0,1 mg, e transferir para balão volumétrico de 100,0 mL. Completar o volume com água e homogeneizar. Esta é a solução estoque. 02- Pipetar uma alíquota de 10,0 mL da solução estoque para um erlenmeyer de 250 mL, juntar 2 gotas de indicador alaranjado de metila 1% e titular com solução padrão de HCl 0,1 mol L-1 até obter a coloração alaranjada. 03- Pipetar uma outra alíquota de 10,0 mL da solução estoque para um erlenmeyer limpo de 250 mL e aquecer a ± 70oC.

% até precipitação total de BaCO3. Deixar esfriar

04- Adicionar à solução ainda quente, devagar e agitando, uma solução de BaCl2 1 05-Juntar 2 gotas de solução fenolftaleína 1 %, agitar e titular com solução padrão de HCl 0,100 molL-1 até obter descoloração da solução.

Aluno (a):
Aluno (a):
Aluno (a):
Aluno (a):
Aula do diade ........................... de 2007.
Massa de soda cáusticag
Volume da solução estoque=mL
Volume da alíquota titulada =mL
Solução de HCl:mol L-1 e Fc =....................

A) Resultados: Indicador Alaranjado de Metila:

V1 =mL, V2 =............. mL e V3 =............. mL==> Vmédio =.............. mL
V1 =mL, V2 =............. mL e V3 =............. mL==> Vmédio =.............. mL
Soda Cáustica: NaOH% (m/m)
Na2CO3% (m/m)

Indicador fenolftaleína:

B) Questões: 01) O que significa a expressão "determinação do álcali total"?

02) Como você explica a presença de Na2CO3 na soda cáustica? Dê também a equação de reação da formação deste carbonato.

03) Escreva a equação de reação de precipitação que é provocada durante a execução do método de análise. Qual é a finalidade desta precipitação ?

Atenção: apresente os cálculos

Prática no 05: Determinação do teor de hidróxido de magnésio no leite de magnésia

Objetivo: Determinar o teor de Mg(OH)2 no leite de magnésia.

Introdução:

O leite de magnésia é uma suspensão branca e opaca de hidróxido de magnésio, com uma especificação média estabelecida de 7% m/m. A titulação direta de uma alíquota da amostra de leite de magnésia é difícil de ser realizada, pois as partículas de hidróxido de magnésio em suspensão podem causar erros ao aderirem às paredes do frasco erlenmeyer, ficando fora do contato do titulante. Outro problema que pode surgir em conseguência de a amostra ser opaca, é a difícil percepção de uma mudança precisa da cor do indicador no ponto final da titulação.

Para controlar tais problemas, adiciona-se um volume definido em excesso de uma solução padrão de ácido clorídrico. Excesso este que proporcione concentração suficiente para dissolver e neutralizar todas as partículas suspensas de hidróxido de magnésio e resultar em uma solução transparente. Em seguida, o ácido clorídrico em excesso é titulado com uma solução padrão de hidróxido de sódio.

H+ (que não reagiu) + OH-(titulante) H2O

Material e reagentes: - erlenmeyer de 125 mL

- leite de magnésia

- pipeta de 50,0 mL

- solução alcoólica de fenolftaleína 1%

- solução padrão de NaOH 0,1 mol/L

Procedimento: 01- Pesar diretamente em um erlenmeyer de 125 mL 1,0g de leite de magnésia contido em um frasco previamente homogeneizado (anotar a massa). 02- Pipetar 50,0 mL de solução de HCl 0,1 mol/L padronizado e acrescentar ao frasco do erlenmeyer. 03- Adicionar 2 gotas de solução alcoólica de fenolftaleína, 1%. 04- Titular com solução padronizada de NaOH 0,1 mol/L até o aparecimento de coloração levemente rósea permanente.

Aluno (a):
Aluno (a):
Aluno (a):
Aluno (a):
Aula do diade .............................. de 2007.
Marca do leite de magnésia analisado:

A) Resultados: Massas de leite de magnésia pesada:

m1 =g
m2 =g
m3 =g
Volume:
Concentração:
Fc =

Solução de HCl adicionado:

Concentração:
Fc =

Solução titulante: Volume de solução titulante gasto, respectivamente às massas:

V1 =mL, V2 =............. mL e V3 =............. mL==> Vmédio =.............. mL
Teor de Mg(OH)2 no leite de magnésia:% m/m

B) Questões: 01) Qual a importância em determinar o índice de acidez de um produto oferecido ao consumidor?

02) Explique a diferença entre solução e suspensão. Atenção: apresente os cálculos

Prática no 06: Determinação do teor de H3PO4 no ácido fosfórico comercial

Objetivos:

Determinar a pureza de ácido fosfórico comercial em função da escolha do indicador e do H+ titulado.

Introdução:

Os ácidos polipróticos contêm mais de um átomo de hidrogênio substituível por molécula. Quando se titula um ácido poliprótico (ex: ácido oxálico) surgem as seguintes perguntas: -Será possível titular apenas um, ou os dois átomos de hidrogênio substituíveis?

-No caso de ser possível titular ambos os átomos de hidrogênio substituíveis por molécula, será possível titulá-los separadamente?

-Em cada caso, que indicador deverá ser empregado? Estas perguntas podem ser respondidas mediante observação das curvas de titulação destes ácidos. De modo geral, para que se possa titular o primeiro hidrogênio ionizável separadamente do segundo, a relação Ka1/Ka2 deve situar-se, pelo menos, ao redor de 104.

O ácido fosfórico é um ácido poliprótico que possui três etapas de dissociação,

(Parte 5 de 9)

Comentários