4 músculo cardíaco

4 músculo cardíaco

FISIOLOGIA HUMANA 2º PERÍODO

SISTEMA CARDIOVASCULAR

  • Consiste no sangue, no coração e nos vasos sangüíneos

  • Para que o sangue possa atingir as células corporais e trocar materiais com elas, ele deve ser constantemente propelido ao longo dos vasos

CORAÇÃO

  • Forma de cone,relativamente pequeno

  • Coração tem forma de cone, é relativamente pequeno

  • Fica apoiado sobre o diafragma , perto da linha média da cavidade torácica, no mediastino (massa de tecido que se estende do esterno até a coluna vertebral)

  • Extremidade pontuda é o ápice e a mais larga é a base

CORAÇÃO

  • Duas bombas separadas

  • Coração direito que bombeia o sangue através dos pulmões

  • Coração esquerdo que bombeia o sangue através dos órgãos periféricos

  • Cada um desses corações é uma bomba pulsátil de duas câmaras, compostas de um átrio e um ventrículo

CORAÇÃO-ESTRUTURA E FUNÇÃO

  • PERICÁRDIO-membrana que reveste e protege o coração

    • Fibroso- impede o estiramento excessivo do coração
    • Seroso- lubrifica o coração
  • CAMADAS DA PAREDE CARDÍACA- epicárdio, miocárdio e endocárdio

  • CÂMARAS CARDÍACAS- átrios e ventrículos

ÁTRIO DIREITO

  • Forma borda direita do coração

  • Recebe sangue de três veias: veia cava superior, veia cava inferior e seio coronário

  • Entre os átrios existe uma fina divisória-septo interatrial

  • O sangue passa do átrio direito para o ventrículo direito através de uma valva- tricúspide

VENTRÍCULO DIREITO

  • Forma a maior parte da superfície anterior do coração

  • No seu interior- fibras musculares cardíacas chamadas trabéculas carnosas

  • As cúspides da valva tricúspides estão conectadas- através das cordas tendíneas- que estão conectadas a trabéculas carnosas em forma de cone: músculos papilares

  • Ventrículo direito separado do esquerdo pelo septo interventricular

ÁTRIO ESQUERDO

  • Forma a maior parte da base do coração

  • Recebe sangue dos pulmões, por meio de quatro veias pulmonares

  • O sangue passa do átrio esquerdo para o ventrículo esquerdo através da valva bicúspide(mitral)

VENTRÍCULO ESQUERDO

  • Forma o ápice do coração

  • Tem trabéculas carnosas, cordas tendíneas

  • O sangue sai do ventrículo esquerdo passando pela valva aórtica, para maior artéria do corpo-aorta ascendente

  • Daí flui para artérias coronárias, arco da aorta, aorta descencente(aorta torácica e abdominal) e ramos que vão para todo o corpo

DIREÇÃO DO FLUXO SANGÜÍNEO

  • Dos pulmões para o átrio esquerdo, por meio da veia pulmonar

  • Do átrio esquerdo para o ventrículo esquerdo, pela valva mitral

  • Do ventrículo esquerdo para a aorta, pela valva aórtica

  • Da aorta para as artérias sistêmicas e para os tecidos sistêmicos

DIREÇÃO DO FLUXO SANGÜÍNEO

  • Dos tecidos para as veias sistêmicas e veia cava

  • Da veia cava(sangue venoso misto) para o átrio direito

  • Do átrio direito para o ventrículo direito pela valva tricúspide

  • Do ventrículo direito para a artéria pulmonar

  • Da artéria pulmonar para os pulmões, para oxigenação

MÚSCULO CARDÍACO

MÚSCULO CARDÍACO E SISTEMA CARDÍACO DE CONDUÇÃO

  • Célula miocárdica- sarcômero,

    • discos intercalados(coesão intercelular),
    • junções comunicantes (propagação elétrica)
    • mitocôndrias,
    • túbulos T(levam os potenciais de ação para o interior da célula,
    • retículo sarcoplasmático

MÚSCULO CARDÍACO E SISTEMA CARDÍACO DE CONDUÇÃO

  • 1% delas são células auto-rítmicas- auto-excitáveis, geram potenciais de ação espontâneos, que desencadeiam contrações cardíacas.

  • È uma atividade intrínseca, elétrica e rítmica. Coração continua batendo mesmo depois de retirado do corpo

  • Essas células funcionam como marca passo(definindo o ritmo do coração) e são o sistema de condução para propagar o PA para todo o músculo cardíaco

  • Nodo Sinoatrial(início), Nodo atrioventricular, feixe atrioventricular (HIS), ramos esquerdo e direito do feixe e miofibras de condução (PURKINJE)

Esquema do sistema condução intracardíaco

FISIOLOGIA DA CONTRAÇÃO CARDÍACA

  • O PA gerado pelo nodo SA se propaga pelo sistema de condução e se dispersa, para excitar as fibras musculares atriais e ventriculares que executam o trabalho, chamadas fibras contráteis. O PA ocorre na fibra contrátil

  • Etapas: PRepouso -90mV, elevadas ao limiar, abre canais de Na, voltagem dependentes. Isso faz com que a permeabilidade do sarcolema ao Na aumente e entra mais Na.

  • Isso produz rápida despolarização. Dentre de poucos ms, os canais de Na se inativam e permeabilidade ao Na diminui

  • Na fase de platô, que depende da abertura lenta dos canais de Ca, vai haver aumento de Ca citosol, tanto de fora quanto do retículo. Ao mesmo tempo os canais de K estão fechados.O Ca vai promover a contração

  • Na repolarização, os canais de K (vd) se abrem aumentando a saída dele da célula, ao mesmo tempo os canais de Ca estão se fechando

ELETROFISIOLOGIA CARDÍACA

  • ECG- registro das variações elétricas. É o registro composto dos potenciais de ação produzidos pelas fibras musculares cardíacas, durante cada batimento

  • Instrumento é o eletrocardiógrafo- amplifica a atividade elétrica do coração. Onda acompanha cada batimento. Intervalo tempo entre as ondas

ELETROFISIOLOGIA CARDÍACA

  • Onda P- representa a despolarização atrial e a Onda T representa a repolarização ventricular

  • Intervalo PQ- tempo que impulso leva para passar pelos átrios , pelo nodo átrio ventricular e fibras do sistema de condução. Doenças das artérias coronárias e na febre reumática ele está aumentado

ELETROFISIOLOGIA CARDÍACA

  • Intervalo QRS- representa a despolarização dos ventrículos

  • Segmento ST- representa o período no qual as fibras contráteis ventriculares permanecem despolarizadas, durante a fase de platô. No infarto agudo do miocárdio ele está elevado

  • Arritmia ou disritmia=defeito no sistema de condução do coração, há um bloqueio ou lentidão na propagação dos potenciais de ação

CICLO CARDÍACO

  • Todos os eventos associados a um batimento cardíaco

  • Átrios e ventrículos se contraem(sístole) e relaxam(diástole), alternadamente

  • Repouso- freqüência cardíaca é de 75bat/min, dura 0,8s ou 800ms

  • Fases: sístole atrial(enchimento do ventrículo); contração ventricular isovolumétrico(1ªbulha);ejeção ventricular;relaxamento ventricular isovolumétrico(valva aórtica fecha- 2ª bulha); enchimento ventricular pelos átrios.

BULHAS CARDÍACAS

  • Auscultação- ato de ouvir sons produzidos no interior do corpo, em geral através do estetoscópio

  • O som do batimento cardíaco se origina, primariamente da turbulência do sangue causada pelo fechamento das valvas cardíacas

  • Durante o ciclo 4 bulhas são produzidas, mas apenas a 1ª e a 2ª são ouvidas.

  • 1ª bulha-TUM e a 2ª bulha-TAC

DÉBITO CARDÍACO

  • Volume de sangue ejetado pelo ventrículo esquerdo (ou pelo direito) para a aorta (ou para o pulmão) a cada minuto

  • È igual ao débito sistólico(volume de sangue ejetado pelo ventrículo em cada contração), multiplicado pela freqüência cardíaca(n° de bat/min)

    • Lei de Frank Starling- quanto mais o coração for cheio, durante a diástole, maior será a força de contração. Quanto maior for volume diastólico final , mais forte será a contração seguinte.Mantém o volume de sangue.
  • PRÉ-CARGA: grau de estiramento do coração antes que ele se contraia

  • PÓS-CARGA: a pressão que deve ser excedida antes que as valvas possam se abrir

DÉBITO CARDÍACO

  • Contratilidade= força de contração. Substâncias que aumentam a contratilidade são chamadas de agentes inotrópicos positivos e as que diminuem a contratilidade são chamadas de agentes inotrópicos negativos.

  • Os AIP- Estimulação simpática do SNA, epinefrina e norepinefrina, aumento de concentração de Ca e o medicamento digital

  • Os AIN- inibição da divisão simpática do SNA, anóxia, alguns anestésicos, aumento de K, bloqueadores dos canais de Ca

REVISANDO!

  • CICLO CARDÍACO

  • 1. Anatomia do coração

  • Câmaras Cardíacas – átrios e ventrículos

  • Válvulas cardíacas

  • - Aórtica - Pulmonar - Mitral - Tricúspide

Fase de enchimento rápido

  • Fase de enchimento rápido

  • - durante a sístole ventricular grande quantidade de sangue se acumula nos átrios por causa do fechamento das válvulas AV

  • - Término da Sístole ventricular  queda da pressão ventricular  o aumento da pressão nos átrios força a abertura das válvulas AV , fazendo o sangue fluir rapidamente para os ventrículos.

  • - Corresponde ao primeiro terço da diástole.

REGULAÇÃO AUTONÔMICA DA FREQÜÊNCIA CARDÍACA

  • Proprioceptores- monitoram a posição dos membros e dos músculos, enviam freqüência aumentada de impulsos nervosos para o centro cardiovascular, no início da atividade física

  • Quimioceptores- monitoram as variações químicas do sangue. Ex: falta de O2, excesso de CO2 e excesso de íons H+(estimulam simpático=vasoconstricão e aumento de PA),

  • Baroceptores- monitoram a pressão arterial, nas principais veias e artérias.

  • Sexo, idade, estado físico, temperatura corporal(SA).

INSUFICIÊNCIA CARDÍACA CONGESTIVA - ICC

  • Coração é uma bomba que falha

  • Bomba menos eficiente, mais sangue permanece nos ventrículos e o volume diastólico final aumenta

  • Se o ventrículo esquerdo começa a falhar primeiro, ele não poderá bombear todo o sangue que recebe, daí o sangue fica retido nos pulmões- edema pulmonar

  • Se o ventrículo direito começar a falhar primeiro, o sangue fica retido nos vasos sistêmicos . Nesse caso o edema periférico resultante é usualmente,mais notado nos pés e tornozelos

Comentários