biofisica da respiração

biofisica da respiração

(Parte 1 de 3)

Elisângela Rosa Cordeiro Disciplina de Biofísica-ICBIM

Função primária do sistema respiratório

•Atender às necessidades metabólicas de O2 e CO2 Sistema respiratórioSistema muscular

Sistema circulatório

Capilar pulmonar e alvéolos

Coração, veias e artérias

Capilar muscular e fibras musculares

Ventilação pulmonar éa troca de ar entre a atmosfera e os pulmões. O ar move-se para dentro e para fora dos pulmões, ele viaja de regiões de alta pressão de ar para as de baixa pressão.

Ventilação pulmonar éa troca de ar entre a atmosfera e os pulmões. O ar move-se para dentro e para fora dos pulmões, ele viaja de regiões de alta pressão de ar para as de baixa pressão.

Teoria geral dos gasesTeoria geral dos gases

Lei de Boyle:

Descreve a relação inversa entre volume e pressão de uma gás perfeito a temperatura constante.

Lei de Boyle:

Descreve a relação inversa entre volume e pressão de uma gás perfeito a temperatura constante.

RELAÇÃO ENTRE PRESSÃO x VOLUME –LEI DE BOYLE

A pressão écausada pelo choque das moléculas de gás nas paredes do recipiente. A pressão relaciona-se ao volume do recipiente.

RELAÇÃO ENTRE PRESSÃO x VOLUME –LEI DE BOYLERELAÇÃO ENTRE PRESSÃO x VOLUME –LEI DE BOYLE

Aplicação da Lei de BoyleAplicação da Lei de Boyle Movimento

Respiratório

-Músculos

- Diafragma Intercostais

-C ostelas

INSPIRAÇÃO Não Forçada

EXPIRAÇÃO Não Forçada

Compliância éo grau de expansão que os pulmões experimentam para cada unidade de aumento de pressão transpulmonar.

Compliância descreve a distensibilidade pulmonar, ou seja, éa facilidade com que um objeto pode ser deformado.

Ser humano adulto e normal: 200 ml/cmH2O, isto é: cada vez que a pressão transpulmonar aumenta em 1cmH2O, a expansão pulmonar éde 200ml.

Tensão Superficial

P =2T r

“Lei de Laplace”

Tensão Superficial

P =2T r

“Lei de Laplace” constante

Tensão Superficial

P =2T r

“Lei de Laplace” constante

Tensão Superficial

P=2T r

“Lei de Laplace” constante

Surfactante

P= 2T r

sem Surfactantecom Surfactante

Surfactante

P =2T r

Volumes e Capacidades Pulmonares

Capacidade Residual Funcional

Volumes e Capacidades Pulmonares

EspirEspiróógrafografo: aparelho que registra volumes expirados e inspirados

•Diluição de He

–Volume e concentração conhecidos

–C 1V1 = C 2 (V1 +V2) –Isolando V2

–V2 =V1(C1 -C2)/ C2

(Parte 1 de 3)

Comentários