Relatorio de estagio drogaria 1

Relatorio de estagio drogaria 1

(Parte 1 de 4)

UNIVERSIDADE GUARULHOS

CURSO DE FARMACIA E BIOQUIMICA

DAVIS MUNHOZ

RA: 2006111161

RELATÓRIO DE ESTÁGIO EM DROGARIA

Guarulhos

2009

UNIVERSIDADE GUARULHOS

CURSO DE FARMACIA E BIOQUIMICA

DAVIS MUNHOZ

RA: 2006111161

RELATÓRIO DE ESTÁGIO EM DROGARIA

Relatório de estagio Supervisionado

Apresentado ao curso de

Farmácia e Bioquímica da UNG

Realizado na drogaria Gui-Farma

Dia 14/10/09 até 24/11/09

Guarulhos

2009

DADOS PESSOAIS

Estagiário: Davis Munhoz

CPF:

RA:

Endereço:

Bairro:

Cidade/UF: Guarulhos-SP

Curso: Farmácia

Período letivo:

DADOS DA CONCEDENTE

GUI-FARMA DROGARIA LTDA ME

Endereço:

Bairro:

Cidade/UF:

CNPJ:

Farmacêutica:

RG:

SUMÁRIO

  1. INTRODUÇÃO ……………………………………………………………………………………………3

  2. OBJETIVO ………………………………………………………………………………………………….3

  3. CARACTERISTICAS DO CONCEDENTE …………………………………………………………23

3.1. Histórico ……………………………………………………………………………………………….….23

3.2. Organograma da Empresa …………………………………………………………………………23

3.3. Layout ………………………………………………………………………………………………………..23

3.4. Fluxograma de Trabalho …………………………………………………………………………..

3.5. Balcão de dispensação ……………………………………………………………………………….

3.6. Informatização …………………………………………………………………………………………..

3.7. Aplicação de Injetáveis ………………………………………………………………………………

3.8. Controle da Portaria 344/98 ………………………………………………………………………..

3.9. Controle da Água utilizada e limpeza …………………………………………………………..

  1. DESCRIÇOES DAS ATIVIDADADES …………………………………………………………………

  2. ROTEIRO DE INSPEÇÃO PARA DROGARIAS …………………………………………………..

  3. ESTUDO CRITICO …………………………………………………………………………………………..

  4. ANEXO DOS HORARIOS E DIAS DO ESTÁGIO …………………………………………………

  5. BIBLIOGRAFIA ……………………………………………………………………………………………….

  1. INTRODUÇÃO

O estágio supervisionado em farmácia, coordenado pela docente Professor Sergio Mengardo, da UNG – Universidade Guarulhos,foi realizado na Drogaria GUI-FARMA DROGARIA LTDA ME, no período de 14/09/2009 a 24/10/2009, cumprindo a carga horária prevista pela universidade de 170 hs.

No campo de estágio, a supervisora foi a farmacêutica Ana Clara de Lima, farmacêutica responsável da instituição concedente, que durante todo o período, instruiu, acompanhou e orientou as atividades exercidas pelo estagiário.

  1. OBJETIVO

O estágio supervisionado em farmácia, coordenado pela docente Professor Sergio Mengardo, da UNG – Universidade Guarulhos,foi realizado na Drogaria GUI-FARMA DROGARIA LTDA ME, no período de 14/09/2009 a 24/10/2009, cumprindo a carga horária prevista pela universidade de 170 hs.

No campo de estágio, a supervisora foi a farmacêutica Ana Clara de Lima, farmacêutica responsável da instituição concedente, que durante todo o período, instruiu, acompanhou e orientou as atividades exercidas pelo estagiário.

3 – CARACTERISTICAS DA EMPRESA CONCEDENTE

3.1 – HISTÓRICO.

3.2 - ORGANOGRAMA DA EMPRESA

3.3 – LAY OUT.

3.4 - FLUXOGRAMA DE TRABALHO

3.5 – BALCÃO DE DISPENSACÃO

O balcão de dispensação de medicamentos é o local onde estão os medicamentos tarjados organizados em ordem alfabética separados por apresentações e formas farmacêuticas para facilitar a visualização e identificação dos produtos, sendo que existe uma prateleira exclusiva para medicamentos genéricos, que também estão em ordem alfabética.

Para os medicamentos que necessários os cuidados de conservação sob refrigeração, eles ficam separados dos demais em uma geladeira e ela fica localizada atrás do balcão. Em outros casos, os medicamentos de controle especial e os medicamentos tarjados estão armazenados junto com os demais produtos, onde cabe somente o farmacêutico ter acesso para liberação destes produtos. Os itens são separados por setores na loja, sendo os setores de perfumaria, higiene pessoal e também as gôndolas.

3.6 – INFORMATIZAÇÃO

Para todas as atividades que são realizadas na drogaria, elas são informatizadas, todos os computadores em rede mantendo o sincronismo onde ocorre desde a consulta dos preços dos produtos, passando pelo controle de estoques até o fechamento diário e mensal, facilitando o controle interno nos períodos de inventário, ou balanço mensal.

Para cada produto que é comercializado pela loja, assim que ele passa pelo caixa, por meio da leitura do código de barras, automaticamente ocorre baixa do estoque do produto onde que no final do dia, se consegue gerar um relatório para verificar a quantidade dos produtos em estoque e se efetuar, através de relatórios das curvas, o pedido junto as distribuidoras de forma adequada e racional, obtendo um estoque ideal tanto para oferecer os produtos para os pacientes como visando a lucratividade da loja.

3.7 – APLICAÇÃO DE INJETÁVEIS.

(Parte 1 de 4)

Comentários