Imunologia e Exercicio 01

Imunologia e Exercicio 01

(Parte 6 de 6)

Exercício Intenso -↑ durante e após Exercício Moderado -↑ durante, ↔ após (30min)

Exercício Crônico

Exercício Intenso -↔ Exercício Moderado -↑

“ Modelos animais relatam menos tumores, em função desta atividade”

MacNeil e Hoffman-Goetz. Journal Applied Physiology; 1993

Sistema Imune Inato células:

Mastócitos

-Células conjuntivas

-Libera histamina e heparina

(mediadores da inflamação) -Fatores quimiotáticos dos neutrófilos

Prof°ORNELLAS, 2009

Sistema Imune e Exercício

Estudo (Flynn et al 1999)

Protocolo (treino de força)

Mulheres Idosas, Sedentárias, 10 semanas, 3 x semana, 8 exercícios, 3 séries, 8 rep., intensidade 70% (1RM). Com progressão de intensidade durante o protocolo.

Resultado

Células NK, TCD4, TCD8 e B sem alteração na contagem basal. Prof°ORNELLAS, 2009

Sistema Imune e Exercício

Estudo (Bermon et al 2001)

Protocolo (treino de força)

Ambos Sexos, Idosos, Sedentárias e Pouco

Ativos, 8 semanas, 3 x semana, 3 exercícios,

3 séries, 8 rep., intensidade 80% (1RM). Com progressão de intensidade durante o protocolo.

Resultado

Células NK sem alteração contagem basal Prof°ORNELLAS, 2009

Sistema Imune

Pós - Exercício Pós-Exercício 1-5h

Resposta Crônica

Natural Killer ↑↓=ou ↑

Prof°ORNELLAS, 2009GUIDELINES -ACSM

Sistema Imune

Pós - Exercício Pós-Exercício 1-5h

Resposta Crônica

Natural Killer ↑↓=ou ↑

Prof°ORNELLAS, 2009GUIDELINES -ACSM

Sistema Imune Inato opsonização:

Interferência de substâncias

(opsoninas) que favorecem o contato entre o neutrófilo e a partícula

Facilita a adesão

Facilita a fagocitose Importantes opsoninas –IgG e C3

Prof°ORNELLAS, 2009

(Parte 6 de 6)

Comentários