Tecendo tramas na aprendizagem: um estudo com crianças excluidas na escola

Tecendo tramas na aprendizagem: um estudo com crianças excluidas na escola

(Parte 1 de 7)

Vera Lúcia Teixeira da Silva

1 VERA LÚCIA TEIXEIRADA SILVA

Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade São Judas Tadeu, como requisito à obtenção do título de Mestre em Educação Física. Área de Concentração:Atividade Física Esporte e Saúde Linha de Pesquisa:Intervenções psicológicas e pedagógicas na Educação Física e no Esporte.

FICHA CATALOGRÁFICA:ELIZANGELA DE ALMEIDA RIBEIRO-CRB-8/6878

Silva, Vera Lúcia Teixeira da

Tecendo tramas na aprendizagem: um estudo sobre crianças excluídas na escola / Vera Lúcia Teixeira da Silva.-São Paulo, 2008. 150f.; 30 cm

Dissertação ( mestrado )

–Universidade São Judas Tadeu, São Paulo, 2008. Orientador: Vilma Lení Nista-Piccolo

1. Inteligência corporal cinestésica. 2. Inteligências múltiplas. 3. Dificuldade de aprendizagem. I. Título

3 COMISSÃO JULGADORA

Profa. Dra. Vilma Leni Nista-Piccolo Orientadora

4 Dedico esse trabalho:

A todas as crianças do Ensino Fundamental, em especial aquelas que são classificadas como possuidoras de Dificuldades de Aprendizagem.

Aos educadores, pais,alunos, diretores, coordenadores, supervisores, dirigentes de ensino, todos aqueles que acreditam na educação.

Ao meu esposo, Fortunato, que partiu... Mas continua presente em todo o meu caminhar.

Não sei o tempo, nem a dimensão que nos separa, massei que a cada segundo estou mais perto de você.Os nossos sonhos não acabaram...

Aos meus filhos Bruno, Felipe e Lucas.

ADeus, por estar presente em todos os dias da minha vida. “Eis que estarei contigo todos os dias, até a consumação dos séculos.Os que confiam no Senhor são como os montes de Sião, que não se abalam, mas permanecem firmes”.

Nesse momento, rememorando a realização desse estudo, muitas pessoas surgem no meu pensamento. Emocionada expresso à mistura de sentimentos de gratidão, amor, carinho e saudade a todos que participaram de mais esse percurso, que só foi possível pelo fato de vocês tornarem-se parte da minha história de vida.

À minha querida orientadora Profa.Dra. Vilma, por ter acreditado nos meus sonhos, pela compreensão e carinho, pelo muito que tem me ensinado, sendo um exemplo na minha vida.

A todos os professores e funcionários do Programa de Pós-Graduação da USJT. À profa. Dra. Tatiana, pela disponibilidade, pelos sábios e cuidadosos questionamentos que tanto me auxiliaram desde o inicio da construção desse trabalho.

À profa. Dra. Elaine, pelo apoio, pela riqueza de suas contribuições e pela sabedoria de seus ensinamentos.

À Raquel e Evando, pela amizade,e pela disponibilidade que demonstraram todas as vezes que os solicitei.

A todos os amigos do curso de Mestrado da USJT em especial ao Porfírio. A todoseducadoresque me ajudaram na construção desse trabalho, em especial aos professores: Francis, Luciana, Luciene, Odete, Rose, Tânia, Regiane,Marineide, Fátima,Silvana e Léia.

A todos os alunos, pais e educadores com quem tiver a oportunidade de conviver durante a minha carreira docente, e que me inspiraram na realização desse trabalho.

A todas as criançasque participaram deste projeto, emuito me ensinaram. Aos pais destas crianças, que acreditaram e tornaram o sonho real. À coordenadora pedagógica, pelo auxílio em todas as vezes que a solicitei. À psicóloga, pelo carinho e compromisso que dedicou na construção desse projeto. À direção da escola pela demonstração de confiança em todos os trabalhos que realizei nessa Unidade Escolar. È muito bom poder contar com vocês...

À minha mãe, Lindalva por ser um exemplo de força na minha vida, sempre me sustentando nos momentos difíceis.

Ao Sr. Sebastião, por ter me ajudado todas as vezes que o solicitei, pela confiança e pelo apoio que sempre demonstrou.

Ao meu esposo Fortunato, pelo apoio, pela dedicação e pelo companheirismo que me dedicou não somente durante aconstrução desse trabalho, mas durante todo o tempo que estivemos juntos.Durante a realização desse trabalho, nossas vidas tomaram diferentes direções, até agora não entendi...Mastenho certeza que onosso amor sobrepuja a distância e a dimensão que nossepara...

Aos meus filhos Bruno, Felipe e Lucas, pela compreensão, pela solidariedadee principalmente pelo amorquesempre me dedicaramnão somentenesse caminhar, mas durante todo o percurso da minha vida.

Sou grata a todos, pelas lutas que travamosjuntos, não foi fácil, mas conseguimos realizaresse trabalho, que na realidade não é meu, mas de todos nós.

Até tenho forças para prosseguir...

Ainda que eu fale a língua dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o bronze que soa oucomo o címbalo que retine. Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor nada serei. O amor é paciente, benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece,não se conduz inconveniente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; o amor jamais acaba; mas havendo profecias, desaparecerão; havendo línguas cessarão; havendo ciência passará. Agora, pois permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é oAMOR.

I CORINTINTÍOS, 13.

INTRODUÇÃO1
1- APRENDIZAGEM15
1.2 Dificuldades de Aprendizagem21
1.3 Fracasso Escolar25
2- INTELIGÊNCIA35
2.1 Inteligências Múltiplas43
2.2 A Teoria das Inteligências Múltiplas na aprendizagem49
3- A PESQUISA54
3.1 Paradigma Indiciário5
3.1.2 Procedimentos para realização do projeto57
3.1.3 Revelando Indícios62
3.1.4 As Intervenções Pedagógicas104
CONSIDERAÇÕES FINAIS123
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS126

Além do Brasil, em diversos países, o fracasso escolar tem se constituído em um dos maiores desafios educacionais. É comum crianças fracassarem diante das exigências impostas pela escola, e serem classificadas como portadoras de Dificuldades de Aprendizagem ( DA )

. Na literatura disponível, o tema é abordado em diferentes áreas, o que torna este problema um emaranhado de argumentos contraditórios. Ao considerar que a aprendizagem sofre a influência de inúmeras variáveis, constituindo-se não só em uma característica inata do ser humano, torna-se ainda mais complexo o campo de investigação das DA. Contrapondo-se a suposições que limitam a inteligência humana a situações de fracasso ou êxito, Gardner ( 2000 ) propõe a Teoria das

Inteligências Múltiplas, a qual reconhece a pluralidade do intelecto das crianças, principalmente daquelas que apresentam DA no contexto escolar.O presente estudo tem como objetivo investigar a possibilidade de ampliar a aquisição, manifestação e expressão do conhecimento, por parte das crianças classificadas como portadoras de DA no contexto escolar, utilizando a Inteligência Corporal Cinestésica como rota de acesso no processo de ensino aprendizagem. A amostra é delimitada nesse estudopor um grupo de treze alunos que estão na quarta série do ensino fundamental de umaEscola Estadual da rede pública de ensino do Estado de São Paulo, os quais foram declarados pela equipe docente e administrativa da escola, como portadores de DA. Partindo das análises bibliográficas sobre aprendizagem, DA e Inteligência, foram realizadas propostas pedagógicas de ensino, por meio de situações problemas, com ênfase no trabalho motor, visando estimular as Múltiplas Inteligências das crianças. As atividades foram desenvolvidas pela professora de Educação Física e pesquisadora, constando de três aulas semanais, de aproximadamente sessenta minutos, fora do período de aula das crianças, nas dependências na Unidade Escolar, totalizando quarenta e uma aulas.Por meio dos dados levantados em entrevistas, e observações buscou-se levantar indícios depossíveis facilitações na aquisição, expressão e manifestação do conhecimento por parte desses alunos. Ao revelar os indícios a indisciplina, a motivação, o medo de errar, a falta de expressividade, o conformismo dos pais, a hiperatividade, a carência afetiva, a falta de envolvimento da família e a falta de interação entre professor-aluno surgiram como sinais que favorecem a DA. Quanto às atitudes pedagógicas e administrativas dos sujeitos frente às DA são apontadas às questões referentes ao conteúdo programático, a falta de apoio da escola e o encaminhamento dos alunos com DA para psicólogos. Após o período das Intervenções Pedagógicastornou-se possível perceber que a motivação, a indisciplina, a interação professor-aluno, a auto-estima e a expressividade melhoraram consideravelmente. Além disso, o compromisso, a criatividade e a assiduidade surgiram como indícios que influenciam na aprendizagem, construídos no percurso da realização das Intervenções Pedagógicas.

Palavras-chave: Inteligência Corporal Cinestésica, Inteligências Múltiplas, Dificuldade de Aprendizagem.

Apart from Brazil, in several countries, and school failure has been made in one of the biggest educational challenges. It is common children floundered in the face of demands imposed by the school, and are classified as carriers of Learning Difficulties ( DA )

. In literature available, the issue is addressed in different areas, which makes this problem a tangle of contradictory arguments. In considering that learning suffers the influence of many variables, is not only in an innate characteristic of human beings, it becomes even more complex field of investigation by the DA. Contradicting assumptions that limit the situations of human intelligence failure or success, proposes the Theoryof MultipleIntelligencesTheorywhichrecognizes the plurality of the intellect of children, particularly those that present the context of school. This study aims to investigate the possibility of expanding the acquisition, demonstration and expression of knowledge on the part of children classified as carriers of DA in the school, using the Intelligence Body Cinestésica the route of access in the process of teaching learning. The sample is limited in that study by a group of 13 students who are in fourth grade of elementary school, network of public education at the city of Sao Paulo, which were declared by the team's administrative and teaching school, as bearers of DA. Based on the analysis bibliographic learning, and of intelligence, educational proposals were made for education, through situations problems, with emphasis on working engine, to stimulate the Multiple Intelligenceof children. The activities were developed by teacher of Physical Education and researcher, of thethree classes per week, approximately sixty minutes, outside the period of tuition for children in dependency on Unit School, totaling forty-one lessons. Through the data collected in interviews, comments and sought to raise evidence of possible facilitations in the acquisition, expression and demonstration of knowledge on the part of those students. It revealed the evidence to indiscipline, motivation, fear of making mistakes, lack of expressiveness, the conformism of their parents, hyperactivity, lack affective, the of involvement of the family and lack of interaction between teacher-student as signs emerged that promote the DA. As regards attitudes of teaching and administrative subject to the front of the questions are raised concerning the content of programmer, the lack of support from school and delivery of students with DA for psychologists. After the period of Pedagogical intervention it became possible to understand that motivation, indiscipline, the teacher-student interaction, self-esteem and expressiveness improved considerably. Moreover, the commitment, creativity and diligence as evidence emerged that influence in learning, built in the course of implementing the Pedagogical intervention.

Keywords: Intelligence Body Cinestésica,MultipleIntelligences,Difficulty of Learning.

1 INTRODUÇÃO

Esse trabalho de mestrado começa de uma forma diferenciada, pois não se trata de dois anos de estudo, mas se constitui em minha trajetória acadêmica. Os sonhos, que me moveram a realizar essa pesquisa,resultam da busca de transformações e do entrelaçar de ideais que se formaram na construção e reconstrução da minha história, com outras tantas histórias de vida.

Desde 1988, quando ingressei como professora de Educação Física na rede pública do

Estado deSão Paulo, deparei-me com diversos desafios pedagógicos.A própria carreira docente está impregnada de questionamentos, inquietações, emoções, angústias, fracassos e conquistas, poisasaçõespedagógicas, não se limitam à instrução, mas à formação e desenvolvimento do indivíduo, como um ser uno, complexo e completo.

Sempre lecionei em classes diversas, desde a primeira série do ensino fundamental, até o terceiro ano do ensino médio. Durante a minhapráticadocente, tive a oportunidade de acompanhar de forma direta ou indireta a carreira escolar de muitos alunos.

Após trabalhar em várias escolas na cidade de São Paulo, Mogi das Cruzes e

Caraguatatuba, no ano de 2001, ingressei como professora de Educação Física efetiva numa Escola Estadual,situada em Itaquaquecetuba, uma cidade da Grande São Paulo, considerada como uma das mais violentas do Estado de São Paulo.

Esta Unidade Escolar foi fundada em 1981, e atualmente, segundo os dados da

Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, é a segunda maior escolado Estado de São Paulo. No ano de 2005, eram 2.719 alunos matriculados, dos quais 75.56% foram promovidos, 4.5% evadidos e 19.89% retidos. Segundo o próprio levantamento da secretaria dessa escola, realizado em 26/04/2006, constavam 2.804 alunos matriculados no Ensino Fundamental e Médio, nos períodos matutino, vespertino e noturno.

(Parte 1 de 7)

Comentários