Análise crítica pela Direção

Análise crítica pela Direção

(Parte 1 de 2)

Código: Data: Revisão: 0

Título:

Antonio Fernando Navarro ARQ. ELETR.: Nº CONTRATO: REG. CREA:

0 A PARA INFORMAÇÃO PARA UTILIZAÇÃO

DATA REV.0 REV.A REV.B REV.C REV.D REV.E REV.F REV.G REV.H DATA PROJETO EXECUÇÃO NAVARRO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO NAVARRO

As informações deste documento foram elaboradas pelo Eng. ANTONIO FERNANDO NAVARRO, para divulgação da metodologia

A presente manual não deverá ser empregado para fins comerciais e tão somente para a disseminação de conhecimento, livremente, citando-se o autor.

Código: Data: Revisão: 0

Título: ANÁLISE CRÍTICA PELA DIREÇÃO

Área

Emitente Área

Aprovação Antonio Fernando Navarro

1. OBJETIVO3
2. REFERÊNCIAS3
3. ABRANGÊNCIA3
4. TERMOS E DEFINIÇÕES3
5. RESPONSABILIDADES3
6. MÉTODO OPERACIONAL3
7. ANEXOS5

Código: Data: Revisão: 0

Título: ANÁLISE CRÍTICA PELA DIREÇÃO

Área

Emitente Área

Aprovação Antonio Fernando Navarro

1. OBJETIVO

Este procedimento tem a finalidade de estabelecer a sistemática de análise crítica pela direção da empresa na Gestão Corporativa da Qualidade em seus projetos e onras.

2. REFERÊNCIAS NBR ISO 9001:2000 - Sistemas de Gestão da Qualidade - Requisitos.

3. ABRANGÊNCIA

Este procedimento abrange todos os serviços executados pela empresa em todas as fases necessárias à implantação do Empreendimento.

4. TERMOS E DEFINIÇÕES ACPD - Análise Crítica Pela Direção ISO - International Organization for standardization

5. RESPONSABILIDADES

A Gerência de QSMS é responsável pela consolidação do relatório final para subsidiar a análise crítica pela direção da empresa, pela sua distribuição e pelo arquivamento dos relatórios com o parecer das Gerências envolvidas na análise.

O Gerente do Contrato é o responsável pela análise do relatório para subsidiar a análise crítica e por indicar o representante da direção, através de documento específico.

6. MÉTODO OPERACIONAL 6.1 Geral

O Conselho Diretor da empresa e o Gerente do Contrato analisam criticamente a política da qualidade quanto à manutenção e sua adequação.

A periodicidade da análise crítica é semestral, com o relatório sendo emitido e distribuído pela Gerência de QSMS.

Código: Data: Revisão: 0

Título: ANÁLISE CRÍTICA PELA DIREÇÃO

Área

Emitente Área

Aprovação Antonio Fernando Navarro

6.2 Coleta de dados

O Gerente de QSMS coleta dados referentes à implementação do Sistema de Gestão da Qualidade, tais como: ações corretivas, ações preventivas, auditorias internas e externas, não-conformidades, entre outros.

6.3 Elaboração do relatório para subsidiar a análise crítica

A Gerência de QSMS deve coletar, junto às gerências / órgãos envolvidos, todos os dados de entrada necessários a análise crítica e elaborar o relatório consolidado para subsidiar a análise crítica.

Este Relatório deve conter, como mínimo: a) Entradas para a análise crítica

- Resultado de auditorias internas e externas; - Realimentação do cliente;

- Desempenho de processos e conformidade dos produtos;

- Situação das ações preventivas e ações corretivas;

- Acompanhamento das ações oriundas de análises críticas anteriores pela direção;

- Mudanças que possam afetar o sistema de gestão da qualidade;

- Avaliações de performance;

- Recomendações para melhoria;

- Política da Qualidade.

b) Saídas da análise crítica

- Análise conclusiva da avaliação de performance da empresa em seus vários projetos, destacados, e suas notas explicativas;

- Análise conclusiva das avaliações de performance, principalmente quando houver ação corretiva; - Status da implementação do sistema da qualidade;

- Avaliação da adequação da política da qualidade;

(Parte 1 de 2)

Comentários