Apostla de Algoritmos

Apostla de Algoritmos

(Parte 1 de 9)

Algoritmos

Enviado por: Jedean Carlos Bendlin

Apostila de Lógica de Programação

PLANO DE ENSINO 1º SEMESTRE

EMENTA Introdução a Algoritmos, Português Estruturado, Variáveis e Operadores

Matemáticos e Lógicos, Estrutura de um programa de computador, Procedimentos e Funções, Tipos de dados.

OBJETIVO GERAL Instruir os conceitos básicos de algoritmos de programação, familiarizando os acadêmicos com os recursos computacionais na resolução de problemas reais. Com a utilização de pseudocódigos ou português estruturado, aplicar tanto prática como teoricamente, as estruturas básicas de programação de computadores. A aplicação da ementa servirá como manual introdutório para as demais disciplinas que tratarão de análise e desenvolvimento de sistemas computacionais.

linguagem de programação

• Incentivar os acadêmicos a raciocinarem logicamente na resolução dos problemas propostos, utilizando, de forma adequada, os recursos da

• Propor aos acadêmicos a tomada de iniciativa própria, a criatividade e a pesquisa, itens indispensáveis para o desenvolvimento e capacitação profissional na área de sistemas de informação.

Conteúdo C.H.

1.INTRODUÇÃO Conceito Tipos de algoritmos Descrição geral dos algoritmos

2. LÓGICA DE PROGRAMAÇÃO Formas de representação gráfica Princípios de resolução de problemas Tipos de variáveis Uso de Constantes Fórmulas matemáticas Instruções básicas

3. TOMADAS DE DECISÃO Desvio condicional simples Desvio condicional composto Desvio condicional encadeados Prática com Linguagem Pascal

4.LAÇOS DE REPETIÇÃO Looping com teste lógico no início Looping com teste lógico no fim Looping com variável de controle Prática com Linguagem Pascal

5. MATRIZES Matrizes de uma dimensão ou vetores Buscas e ordenação Matrizes com mais de uma dimensão Prática com Linguagem Pascal

O método de ensino propõe problemas com a finalidade de desafiar o estudante a utilizar conhecimentos já adquiridos em busca de uma adaptação a uma situação nova. A intervenção do professor é no sentido de pequenas ajudas, devolução de questões, evidenciar falhas e preparar para novas estratégias. As situações didáticas devem favorecer o compartilhamento do conhecimento, a discussão e a ação por parte dos estudantes. Também serão utilizados exemplos práticos e concretos em problemas diversos.

ATIVIDADES DISCENTES • Os alunos devem desenvolver atividades relacionadas ao conteúdo que simulam situações reais no desenvolvimento de sistemas orientados a objetos.

• Fazer a análise de softwares utilizados em empresas com intuito de criar idéias e as por em prática. • Desenvolver pesquisas bibliográficas e on-line.

• Desenvolver soluções para problemas apresentados em aula, utilizando conhecimentos adquiridos.

PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO Avaliações Bimestrais - As avaliações serão de forma contínua pela participação dos alunos nas atividades de classe, com peso de 30% da nota integral. Trabalhos feitos no laboratório e atividades extra classe, individualmente ou em grupo de estudos, com peso de 10% da nota integral. Uma prova bimestral para reconhecimento da fixação do conteúdo, com valor de 60% da nota integral.

FORBELLONE, A. L. V. ; EBERSPACHER, H. FLógica de programação. 2.ed.

São Paulo: Makron Books, 2000. 3ex.

MANZANO, J.A.N.G. ; YAMATUMI, W. Y. Estudo dirigido de algoritmos. São

LOPES, Anita; GARCIA, Guto. Introdução a Programação – 500 algoritmos resolvidos. Rio de Janeiro: Campus, 2002. 3ex

WOOD, S. Turbo pascal: guia do usuário. São Paulo: Mcgraw-Hill do Brasil, 1987. 1ex.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR GOODRICH, M. ; TAMASSIA R. Estruturas de Dados e Algoritmos em Java. São

BEZERRA, Eduardo. Princípios de Análise e Projeto de Sistemas Com UML. Rio de Janeiro: Campus, 2003. 6ex.

WORTMAN, L. A. Programando em turbo pascal:com aplicações. Rio de Janeiro:

Campus, 1988. 1ex. LAURA, Lemay. Aprenda em 21 dias Java 2. São Paulo: Campus, 2003. 3 ex. SANTOS, Rafael. Introdução à Programação Orientada a Objetos Usando Java.

São Paulo: Campus, 2003. 3ex. NIEMEYER, Patrick. Aprendento Java. São Paulo: Campus, 2000. 3ex

PLANO DE ENSINO 2º SEMESTRE

EMENTA Lógica de programação avançada incluindo sub-rotinas, registros, eficiência e correção. Análise de algoritmos de programação estruturados. Aplicação em uma linguagem de programação.

OBJETIVO GERAL Desenvolver ao aluno habilidades técnicas necessárias ao conhecimento de teorias para composição de programas.

Conteúdo C.H.

1. Estruturas de dados · Matrizes unidimensionais e multidimensionais

· Registros

· Matrizes de registros e registros de matrizes

· Armazenamento permanente de dados utilizando arquivos

2. Modularização de programas · Procedimentos e funções

· Passagem de parâmetros

· Units

· Exercícios de programação

3. Análise de Algoritmos · Busca

· Métodos de Ordenação

4. Utilização de Arquivos e Noções de Ìndices 12

METODOLOGIA DE ENSINO O método de ensino é baseado na Teoria das Situações de Guy Brousseau (1996.

Recherches en Didactique des Mathématiques, vol.9, n.3) em que problemas são propostos com a finalidade de desafiar o estudante a utilizar conhecimentos já adquiridos em busca de uma adaptação a uma situação nova. A intervenção do professor é no sentido de pequenas ajudas, devolução de questões, evidenciar falhas e preparar para novas estratégias. As situações didáticas devem favorecer o compartilhamento do conhecimento, a discussão e a ação por parte dos estudantes. Também serão utilizados materiais concretos em problemas diversos, proporcionando uma mudança de contrato didático.

ATIVIDADES DISCENTES • Os alunos devem desenvolver atividades relacionadas ao conteúdo que simulam situações reais no desenvolvimento de sistemas orientados a objetos.

• Fazer a análise de softwares utilizados em empresas com intuito de criar idéias e as por em prática. • Desenvolver pesquisas bibliográficas e on-line.

• Desenvolver soluções para problemas apresentados em aula, utilizando conhecimentos adquiridos.

PROCEDIMENTOS DE AVALIAÇÃO Avaliações Bimestrais - As avaliações serão de forma contínua pela participação dos alunos nas atividades de classe, com peso de 30% da nota integral. Trabalhos feitos no laboratório e atividades extra classe, individualmente ou em grupo de estudos, com peso de 10% da nota integral. Uma prova bimestral para reconhecimento da fixação do conteúdo, com valor de 60% da nota integral.

(Parte 1 de 9)

Comentários