(Parte 2 de 2)

Gráficos de Bode experimental e teórico.

A explicação para as pequenas diferenças entre os gráficos é a mesma dos gráficos mostrados anteriormente.

Estes gráficos mostram que o corte é feito em freqüências abaixo da de corte, ou seja, só passa para a carga altas freqüências.

Curvas de fase experimental e teórica.

Observe que estes gráficos parecem ser iguais aos mostrados anteriormente, contudo não são, pois nos outros gráficos o módulo do ângulo de fase aumentava com o aumento da freqüência, enquanto nesses diminui, o ângulo sai de 90º e tende a 0º.

A variação do ângulo de fase nos dois casos ocorreu no mesmo intervalo de freqüência, mostrando que os gráficos são compatíveis.

Conclusão

Circuitos que bloqueiam um determinado intervalo de freqüência são chamados filtros. O filtro Passa - baixa bloqueia entradas com freqüências acima da freqüência de corte do circuito, enquanto filtros Passa - alta bloqueia freqüências abaixo desse valor.

O corte de freqüência não acontece exatamente nas proximidades da freqüência de corte, ele ocorre quando se adota valores que estão relativamente longe deste ponto.

O corte ocorre devido ao aumento da freqüência, pois a impedância do capacitor diminui e ele deixa o sinal de entrada passar (e retira o sinal da carga ou insere-o nela, dependo de onde a ela esteja posicionada no circuito).

(Parte 2 de 2)

Comentários