Gestão autonoma passo 4-2

Gestão autonoma passo 4-2

(Parte 1 de 7)

-1 -AM_step4_2 -printout -por

Copyright © by Efeso Consulting

As AsAs Asativid ades ativid adesativid ades ativid ades

Inspeção geral Inspeção geralInspeção geral Inspeção geral

Inspeção geral Inspeção geralInspeção geral Inspeção geral

Passo 4 para a Passo 4 para aPasso 4 para a Passo 4 para aGestão Autônoma :

Gestão Autônoma :Gestão Autônoma : Gestão Autônoma :

primeira atividade primeira atividadeprimeira atividade primeira atividade primeira atividade primeira atividadeprimeira atividade primeira atividade

Fa zerFa zer Fazerde modo de modode modo de modoque os líderes das que os líderes das que os líderes das que os líderes das equipes estudem as máquinas equipes estudem as máquinasequipes estudem as máquinas equipes estudem as máquinas

-2 -AM_step4_2 -printout -por

Copyright © by Efeso Consulting

Fazer de modo que os líderes das equipes estudem as Fazer de modo que os líderes das equipes estudem as Fazer de modo que os líderes das equipes estudem as Fazer de modo que os líderes das equipes estudem as máquina s máquina smáquina s máquina s

Para iniciar o passo 4 é necessário um estudo das máquinas Para iniciar o passo 4 é necessário um estudo das máquinas Para iniciar o passo 4 é necessário um estudo das máquinas Para iniciar o passo 4 é necessário um estudo das máquinas pelos líderes das equipes, objetivando reduzir as perdas de pelos líderes das equipes, objetivando reduzir as perdas de pelos líderes das equipes, objetivando reduzir as perdas de pelos líderes das equipes, objetivando reduzir as perdas de eficiência das máquinas e identificar os componentes que as eficiência das máquinas e identificar os componentes que as eficiência das máquinas e identificar os componentes que as eficiência das máquinas e identificar os componentes que as inspeções tornarão mais confiáveis. inspeções tornarão mais confiáveis.inspeções tornarão mais confiáveis. inspeções tornarão mais confiáveis.

No desenvolvimento desta atividade, os líderes das equipes No desenvolvimento desta atividade, os líderes das equipes No desenvolvimento desta atividade, os líderes das equipes No desenvolvimento desta atividade, os líderes das equipes serão suportados e treinados pelo pessoal de manutenção. serão suportados e treinados pelo pessoal de manutenção. serão suportados e treinados pelo pessoal de manutenção. serão suportados e treinados pelo pessoal de manutenção.

Portanto, no final desta etapa, os líderes das equipes tornar Portanto, no final desta etapa, os líderes das equipes tornarPortanto, no final desta etapa, os líderes das equipes tornar Portanto, no final desta etapa, os líderes das equipes tornar- -- se sese se - ---ão ãoão ãoos formadores dos operadores dos grupos de Gestão os formadores dos operadores dos grupos de Gestão os formadores dos operadores dos grupos de Gestão os formadores dos operadores dos grupos de Gestão

Au tôno ma Au tôno maAu tôno ma Au tôno ma

-3 -AM_step4_2 -printout -por

Copyright © by Efeso Consulting

Fazer de modo que os líderes das equipes estudem as Fazer de modo que os líderes das equipes estudem as Fazer de modo que os líderes das equipes estudem as Fazer de modo que os líderes das equipes estudem as máquina s máquina smáquina s máquina s

Correlacionar as perdas aos Correlacionar as perdas aos Correlacionar as perdas aos Correlacionar as perdas aos grupos funcionais e grupos funcionais e grupos funcionais e grupos funcionais e componentes … e definir as prioridades componentes … e definir as prioridadescomponentes … e definir as prioridades componentes … e definir as prioridades

Analisar os Analisar os Analisar os Analisar os componentes críticos co mponentes c rític osco mponentes c rític os componentes críticos… e os sistemas a … e os sistemas a … e os sistemas a

… e os sistemas a estes c orrelacionados estes c orrelacionadosestes c orrelacionados estes c orrelacionados

Preparar e planejar o treinamento Preparar e planejar o treinamentoPreparar e planejar o treinamento Preparar e planejar o treinamento

Adotar um Adotar um Adotar um Adotar um sistema padronizado sistema padronizadosistema padronizado sistema padronizadode avaliação das de avaliação das de avaliação das de avaliação das co mpet ên cias co mpet ên ciasco mpet ên cias co mpet ên cias

Efetuar a Efetuar a Efetuar a Efetuar a “análise dos “análise dos“análise dos “análise dosgap gapgap gap” ” ”

Preparar o Preparar o Preparar o Preparar o material para o treinamento material para o treinamentomaterial para o treinamento material para o treinamento

Preparar a Preparar a Preparar a Preparar a sala de aula para o treinamento sala de aula para o treinamento sala de aula para o treinamento sala de aula para o treinamento

Planejar Planejar Planejar Planejar o treinamento o treinamentoo treinamento o treinamento

-4 -AM_step4_2 -printout -por

Copyright © by Efeso Consulting

(* ) (* )(* ) (*)Um motor pode ser considerado um componente

Um motor pode ser considerado um componenteUm motor pode ser considerado um componente Um motor pode ser considerado um componente

Correlacionar as perdas a Grupos funcionais e Correlacionar as perdas a Grupos funcionais e Correlacionar as perdas a Grupos funcionais e Correlacionar as perdas a Grupos funcionais e

Co mpo ne nt es Co mpo ne nt esCo mpo ne nt es Co mpo ne nt es

De finiçõ es De finiçõ esDe finiçõ es De finiçõ es

¾ ”Grupo funcional": parte da máquina (conjunto de

”Grupo funcional": parte da máquina (conjunto de ”Grupo funcional": parte da máquina (conjunto de

”Grupo funcional": parte da máquina (conjunto de componentes) que desenvolve uma determinada função componentes) que desenvolve uma determinada funçãocomponentes) que desenvolve uma determinada função componentes) que desenvolve uma determinada função

"Componente" (*): mínimo elemento reparável "Componente" (*): mínimo elemento reparável "Componente" (*): mínimo elemento reparável "Componente" (*): mínimo elemento reparável

(significativo para a máquina) (significativo para a máquina)(significativo para a máquina) (significativo para a máquina)

-5 -AM_step4_2 -printout -por

Copyright © by Efeso Consulting

Correlacionar as perdas a Grupos funcionais e Correlacionar as perdas a Grupos funcionais e Correlacionar as perdas a Grupos funcionais e Correlacionar as perdas a Grupos funcionais e

Co mpo ne nt es Co mpo ne nt esCo mpo ne nt es Co mpo ne nt es

Objetivo das atividades Objetivo das atividadesObjetivo das atividades Objetivo das atividades

O objetivo desta atividade é identificar os Grupos O objetivo desta atividade é identificar os Grupos O objetivo desta atividade é identificar os Grupos O objetivo desta atividade é identificar os Grupos funcionais/componentes mais críticos baseado na análise das funcionais/componentes mais críticos baseado na análise das funcionais/componentes mais críticos baseado na análise das funcionais/componentes mais críticos baseado na análise das pe rdas. pe rdas.pe rdas. pe rdas.

Assim fazendo é possível identificar e quantificar os problemas Assim fazendo é possível identificar e quantificar os problemas Assim fazendo é possível identificar e quantificar os problemas Assim fazendo é possível identificar e quantificar os problemas que podem ser sanados através das inspeções previstas no que podem ser sanados através das inspeções previstas no que podem ser sanados através das inspeções previstas no que podem ser sanados através das inspeções previstas no passo 4. passo 4.passo 4. passo 4.

-6 -AM_step4_2 -printout -por

Copyright © by Efeso Consulting

Divid ir Divid irDivid ir Divid ir a a amáquina em Grupos funcionais máquina em Grupos funcionaismáquina em Grupos funcionais máquina em Grupos funcionais

(Parte 1 de 7)

Comentários