EM Aula7-ModeloVSEPR

EM Aula7-ModeloVSEPR

(Parte 1 de 8)

Modelo de Repulsão de Pares de ElModelo de Repulsão de Pares de Eléétrons trons na Camada de Valência na Camada de Valência

Estrutura da Matéria

Aula 7

Estrutura Molecular Estrutura Molecular

Modelo de Repulsão de Pares de ElModelo de Repulsão de Pares de Eléétrons na Camada de Valência trons na Camada de Valência

LigaLigaçção quão quíímica e geometria mica e geometria

Descreve como os átomos estão distribuídos no espaço

Geometria Molecular Geometria Molecular

Valence Shell Electron PairRepulsion

Determina a orientação mais estável dos pares de elétrons ao redor de um átomo central

Ronald Ronald GillespieGillespiee Ronald e Ronald Nyholm Nyholm

(Canad(Canad á, 1957) , 1957)

R.J. Gillespie, R.S. Nyholm, Quart.

Rev. Chem. Soc. 1 (1957) 339

NevilNevilSidgwickSidgwicke e HebertHebertPowell Powell

(Inglaterra, 1940) (Inglaterra, 1940)

N.V. Sidgwick, H.E. Powell, Proc. R. Soc. A176 (1940) 153

Éuma ampliação do modelo de Lewis, colocando regras que explicam os ângulos de ligação.

Usando os valores experimentais de ângulos de ligação que incluem o átomo central de moléculas simples, temos um conjunto de regras que permite prever a geometria de qualquer molécula pequena.

Idealizada Idealizada Aprimorada Aprimorada

pares de elétrons isolado

(não ‐ligantes)

concentração de elétrons associados a ligações múltiplas

Arranjo e/ou ângulos de pares de elétrons em torno de um centro atômico depende do número de:

Em geral: ângulos de ligação resultam da colocação dos pares eletrônicos o mais afastados possível entre si.

As regiões de altas concentrações de elétrons se repelem. Para reduzir ao máximo essa repulsão. Elas tendem a se afastar o máximo possível, mantendo a mesma distância do átomo central.

O volume dos balões representam uma forO volume dos balões representam uma forçça repulsiva que a repulsiva que impede que outro balão ocupe o mesmo espaimpede que outro balão ocupe o mesmo espaçço. o.

As bolas adquirem naturalmente estas formas, que minimizam As bolas adquirem naturalmente estas formas, que minimizam as interaas interaçções entre elas. ões entre elas.

Repulsão entre os pares de elRepulsão entre os pares de eléétrons trons

Forte a 90Forte a 90°°, mais fraca a 120, mais fraca a 120°°e muito fraca a 180e muito fraca a 180° °

Repulsão entre os pares de e Repulsão entre os pares de e

--Analogia: Balões Analogia: Balões

O arranjo que localiza os pares de elétrons (da ligação e isolados) do átomo central na posição mais distante entre si, édenominado de arranjo de elétronsna molécula.

OS PARES ELETRÔNICOS ISOLADOS SÃO IGNORADOS NA DETERMINAÇÃO DA GEOMETRIA MOLECULAR, pois não são corpos massivos como os núcleos.

Arranjo de elArranjo de eléétrons trons

Posições das regiões de alta concentração de elétrons (pares ligantes e não ligantes) em torno do átomo central

2 pares de e 2 pares de e

3 pares de e 3 pares de e

4 pares de e 4 pares de e

5 pares de e 5 pares de e

6 pares de e 6 pares de e

7 pares de e 7 pares de e

Arranjo de elArranjo de eléétrons trons

Geometria molecular Geometria molecular

Nomes das formas de moléculas simples e seus ângulos de ligação

Pirâmide trigonal

Em T Tetraédrica

Gangorra Quadrado planar Bipirâmide

Trigonal

Pirâmide quadrada

(Parte 1 de 8)

Comentários