1.introdução ao estudo da anatomia EXCELENTE

1.introdução ao estudo da anatomia EXCELENTE

(Parte 1 de 2)

1 Introdução ao estudo da Anatomia

I–Conceitos de Anatomia: 1. Etimológico: 1.1–Grego:Ana =em partes+ Tomein =cortar

1.2–Latim:dis =em partes+ secare =seccionar ( cortar )

Cortar separando em partes 2. No sentido amplo:

É a Ciência que estudaa forma e a estrutura dos seres organizados.

3. No sentido restrito: É a ciência que estuda a forma e a estrutura do corpo humano.

I–Divisões da Anatomia: 1. Segundo o método de observação:

: Necessita para o seu estudo a utilização de um aparelho que aumente as dimensões das estruturas para

uma melhor observação ( microscópio)

1.2 – Anatomia Macroscópica: Não necessita para o seu estudo o uso de aparelhos especiais.As estruturas são observadas aolho nu.

1.3 – Anatomia Mesoscópica:

Necessita para o seu estudo do uso de um aparelho que aumente as dimensões das estruturas, para uma melhorobservação de forma tridimensional.

2. Segundoo método de estudo:

2.1–Anatomia Sistemática ou Descritiva: Estuda o corpo mediante uma divisão por sistemas orgânicos isoladamente.

2.2–Anatomia Topográfica ou Regional: Estuda o corpo mediante uma divisão por segmentos ou regiões.

2.3–Anatomia por Rádio-imagem:

Estuda o corpo mediante o uso de imagens ( Raios X)

, tomografias, ressonâncias magnéticas.

2.4–Anatomia de Superfície: Estuda o corpo mediante os relevos e as depressões existentes em suasuperfície.

2.5–Anatomia em cortes segmentados:

Estuda o corpo mediante o uso de cortes seriados para ser associadoaos estudos detomografias e ressonâncias magnéticas.

2.6 – Anatomia Comparada:

Estuda o corpo humano realizando comparações com o corpo dos animais.

I–Métodos Utilizados no Estudo da Anatomia: 1. Dissecação:

Método que consiste em cortar as estruturas do corpo separando-as em partes,sem destruí-las.

2. Maceração: Método que consiste em destruir as estruturas moles do corpo,preservando as mais rígidas. Utilizada no preparo de ossos.

3. Corrosão: Método que consiste em injetar, nos vasos ou em cavidades,acrílico ou vinilite,uma massa plástica líquida que se

torna rígida rapidamente. Emseguida, as estruturassão submetidas à ação de substâncias corrosivas ( ácidos ) para obtenção de moldes ou modelos. Usada para estudo de comportamentode vasos e cavidades de órgãos ocos.

4. Diafanização: Método que consiste em tornar o órgãotransparentemediante a uma prévia desidratação da peça em uma série

de alcoóis em diversas graduações e, em seguida,colocá-lo em substâncias que o torne transparente ( benzoato de benzila e salicilato de metila)

. Usada para estudo de vasos na parede do órgão. 5. Cortes segmentados:

Método que consiste em dividir o corpo em segmentos. Usado para identificação de imagens.

6. Rádio-imagem: Método que consiste no estudoatravés de imagens.

7. Macro-modelos: Método que consiste noestudo em modelos que substituam as peças naturais.

8. Pranchas: Método que consiste no estudo através de pranchas ou quadros.

IV–Divisão do Corpo Humano 1. Por segmentos: 1.1 – Cabeça. 1.2 – Pescoço.

1.4 – Membros Superiores:

. 1.4.2–Parte livre: a. braço. b. cotovelo. c. antebraço. d. punho. e. mão.

1.5 – Membros Inferiores:

. 1.5.2–Parte livre: a. coxa. b. joelho. c. perna. d. tornozelo. e. pé.

2. Por Sistemas: 2.1 – Sistema tegumentar.

2.2 – Aparelho Locomotor:

2.2.1 – Sistema Ósseo. 2.2.2 – Sistema Articular. 2.2.3 – Sistema Muscular.

2.3 – Sistema Circulatório:

2.3.1 – Sistema Sangüíneo. 2.3.2 – Sistema Linfático. 2.3.3 – Órgãos Hematopoiéticos.

2.4 – Sistema Digestório. 2.5 – Sistema Respiratório.

2.6 – Aparelhos Urogenitais:

2.6.1 – Sistema Urinário. 2.6.2–Sistema Genital Masculino. 2.6.3–Sistema Genital Feminino.

2.7 – Sistema Endócrino.

2.8 – Sistema Nervoso. 2.9–Órgãos dos Sentidos.

(Parte 1 de 2)

Comentários