Aula 09 - especiação 02

Aula 09 - especiação 02

PROFº: HUBERTT GRÜN. Página 1

EVOLUÇÃO E OORRIIGGEMM DA VVIIDA ESPECIAÇÃO – PARTE 01

Variações nas Populações: RESUMO a. Diversos grupos descendentes de um mesmo tipo ancestral podem, em função das adaptações aos ambientes em que vivem, diversificar suas características, originando várias subespécies ou raças diferentes. Isso é o que se chama irradiação adaptativa. b. A irradiação adaptativa está intimamente ligada ao fenômeno das adaptações. As adaptações são transformações que uma espécie sofre ao longo do tempo, involuntariamente, produzidas por mutações que ocorrem ao acaso e que a tornam mais apta para a vida no seu habitat. c. Espécies diferentes, não aparentadas, podem evoluir para viver num mesmo ambiente. Assim, podem sofrer adaptações muito parecidas que as acabam tornando de certa forma semelhantes. Esse fenômeno é a convergência adaptativa ou adaptação convergente. d. Podemos saber se uma espécie está evoluindo ou não analisando o gene pool das suas populações. Se o gene pool se mantém inalterado, a população está em equilíbrio genético e, portanto, não está evoluindo. e. Segundo Hardy e Weinberg, para que uma população se mantenha em equilíbrio genético é preciso que ela seja grande, panmitica não sofra mutações nem a ação de qualquer fator de seleção natural e não esteja sujeita ao fluxo gênico. Questões para Discutir: 1. Qual o principal fator que justifica a irradiação adaptativa?

2. Justifique a afirmativa de que a baleia descende de mamíferos de terra.

3. Explique corno ocorre um mecanismo de adaptação em bactérias.

4. Por que o desvio genético é um fator de evolução nas pequenas populações?

5. Conceitue o que seja uma população panmítica e mencione a vantagem da panmixia.

Testes e Questões de Vestibulares: 1. (F. Objetivo - SP). Quando é introduzida em uma nova área. a espécie tende a se propagar e a ocupar tantos habitats diversos quantos forem possíveis. Com o tempo, uma única espécie terá, assim, dado origem a uma variedade de formas, cada uma adaptada através da seleção natural, a um dado nicho. Essa evolução a uma variedade de tipos a partir de uma única espécie ancestral é denominada: a) convergência adaptativa b) evolução convergente c) irradiação adaptativa d) seleção sexual e) oscilação genética

2. (CESGRANRIO - RJ). O diagrama mostra diferentes mamíferos, cujos membros se modificaram para diversos tipos particulares de locomoção. Esse diagrama ilustra um caso de:

a) evolução convergente b) irradiação adaptativa c) evolução paralela d) analogia estrutural e) convergência adaptativa

3. (UNESP - SP). As populações A, B e C estão em equilíbrio de Hardy - Weinberg com relação aos genótipos condicionados pelos alelos D e d. A freqüência de indivíduos homozigotos d é 16% na população A, 9% na população B e 4% na população C. Podemos afirmar que a proporção: a) de heterozigotos Dd é maior na população C do que na B. b) de heterozigotos Dd é maior na população A do que na C. c) de homozigotos D é maior na população B do que na C. d) de homozigotos D é maior na população A do que na B. e) de homozigotos D é maior na população A do que na C.

4. (CESESP - PE). Atualmente, ao emprego de antibióticos, de maneira indiscriminada, não controlada, tem sido imputada a incidência cada vez maior de patologias infecciosas resistentes ao uso dos citados medicamentos. Tal fato é hoje considerado, na maioria dos casos, como devido à: a) indução da resistência em microrganismos inicialmente não - resistentes nem potencialmente resistentes. b) seleção de microrganismos preexistentes, resistentes ou potencialmente resistentes. c) ação dos antibióticos sobre o organismo infectado, diminuindo sua resistência natural. d) simples conseqüência do desenvolvimento dos meios diagnósticos, o que leva à caracterização de novos agentes infecciosos, antes desconhecidos. e) crendice em propaganda sensacionalista, não fundamentada cientificamente.

5. (F. C. Chagas - BA). Em uma população, 75% dos gametas produzidos são portadores do gene recessivo a. A porcentagem de gametas portadores do gene alelo dominante A será: a) 100% d) 25% b) 75% e) 5% c) 50%

6. (FCMSCSP). Considere as seguintes condições que ocorrem em certas populações: I — Os cruzamentos ocorrem ao acaso. I — Os genes não sofrem mutação. I — Ocorrem emigrações e imigrações. IV — O número de gametas produzidos é variável. A fórmula de Hardy - Weinberg pode ser aplicada em populações que apresentam apenas as condições: a) I e I d) I e I b) I e I e) I e IV c) I e IV

7. (UNIFOR - CE). Qual das alternativas não apresenta um exemplo de convergência adaptativa? a) forma do corpo de baleias e tubarões b) asas de aves e morcegos c) ventosas de Taenia e de Schistosoma

PROFº: HUBERTT GRÜN. Página 2 d) penas de aves e pêlos dos mamíferos e) formas dos bicos de papagaios e de canários

8. (UFES - ES). Sabendo - se que a freqüência do daltonismo nos homens de uma certa população em equilíbrio de Hardy - Weinberg é de 0,8%, a freqüência esperada de mulheres daltônicas nessa população será de: a) 0,64% b) 6,4% c) 16% d) 64% e) 84,64%

9. (UFBA - BA). A figura abaixo ilustra os efeitos da disseminação de um antigo grupo animal na busca de novos ambientes.

Este fenômeno é denominado: a) migração b) fluxo gênico c) seleção natural d) irradiação adaptativa e) convergência adaptativa

10. (UFMG-MG). Famoso exemplo de evolução é o dos tentilhões, tipo de ave encontrado nas ilhas Galápagos por Darwin. Diferentes espécies de tentilhões habitam as diversas ilhas do arquipélago. A principal diferença entre as espécies refere - se à forma do bico. Verificou - se que tal forma variou conforme o tipo de alimento disponível em cada ilha. Acredita - se que todas as espécies de tentilhões de Galápagos possuam um mesmo ancestral. As afirmações seguintes constituem explicações certas das etapas da evolução dos tentilhões, exceto: a) A migração para ilhas diferentes determinou um isolamento geográfico. b) Mutações diferentes ocorreram em cada ilha, determinadas pelo alimento disponível. c) Em cada ilha, a seleção natural eliminou os mutantes não adaptados. d) Novas mutações foram se acumulando nas populações de cada ilha. e) Os tentilhões de cada ilha tornaram - se tão diferentes que se estabeleceu isolamento reprodutivo.

1. (UFGO - GO). Duas populações capazes de se intercruzar originando descendentes férteis têm seus períodos reprodutivos nos mesmos meses do ano. Uma delas habita a mata, enquanto que a outra habita um campo próximo. Em condições naturais, cada população permanece em seu próprio habitat, nunca ocorrendo que a população da mata entre no campo e vice - versa. Em relação à descrição acima, não é válida a seguinte afirmação: a) As duas populações apresentam isolamento ecológico. b) As duas populações exploram nichos ecológicos diferentes. c) As duas populações constituem duas espécies distintas. d) As duas populações não apresentam isolamento sazonal (estacional). e) Não existe “fluxo genético” entre os membros das duas populações.

12. (FUVEST - SP). I — Os membros de uma população natural de uma mesma espécie se cruzam livremente. I — Subespécies de uma mesma espécie são separadas por mecanismos de isolamento reprodutivo. I — O isolamento geográfico de populações de uma mesma espécie pode levar à formação de novas espécies.

Quais das afirmações acima estão corretas? a) Apenas I está correta. b) Apenas I está correta. c) Apenas I e I estão corretas. d) Apenas I e I estão corretas. e) Apenas I e II estão corretas.

Gabarito: Questões para Discutir: 1. O isolamento de populações diversas de uma mesma espécie expostas a condições ambientais diferentes. 2. Sabe - se que os primeiros mamíferos surgidos eram marsupiais. Logo, todos os outros tipos de mamíferos descendem deles, que são animais tipicamente terrestres. 3. A imensa reprodução das bactérias facilita a ocorrência de mutações. Naturalmente, o uso de certas substâncias, como os antibióticos, determina a destruição dos indivíduos comuns e “seleciona” os mutantes resistentes aos antibióticos em causa. 4. Porque a variação percentual na distribuição dos genes de uma pequena população deve se repetir nos seus descendentes, refletindo - se nas gerações seguintes, mesmo quando estas se tornarem mais numerosas. 5. População panmítica é aquela cujos indivíduos não revelam preferências sexuais e realizam todos os tipos de cruzamento com idêntica freqüência. Ela possui a vantagem de ter o seu gene pool mais estável.

FORMATAÇÃO E EDIÇÃO: LAST UPDATE: 13.02.2011 PROF: LIMA VERDE, HUBERTT. huberttlima@gmail.com; BIOLOGIA EVOLUÇÃO E ORIGEM DA VIDA.

Comentários