Cuidador de Idosos

Cuidador de Idosos

(Parte 4 de 6)

3. Au mento

Au mentoAu mento Au mento do dodo do tecido tecidotecido tecido adiposo adiposoadiposo adiposo no nono no tronco troncotronco tronco e e e di minuição di minuiçãodi minuição di minuição nos nosnos nos me mbros me mbrosme mbros me mbros. .. .

4 4 4. .. . O O Oteor teorteor teor de dede de água águaágua água di minui di minuidi minui di minui por porpor por perda perdaperda perda de dede de água águaágua águaintracelular intracelularintracelular intracelular

Perda da estatura: 1cm por década Perda da estatura: 1cm por décadaPerda da estatura: 1cm por década Perda da estatura: 1cm por década

Mudanças biológicasMudanças biológicas

Redução da Função Celular: Redução da Função Celular:Redução da Função Celular: Redução da Função Celular:

Pouca PoucaPouca Poucaliberação liberaçãoliberação liberação de dede de ATP ATPATP ATP e e e grande grandegrande grande produção produçãoprodução produção de dede de radicais radicaisradicais radicais livres livreslivres livres. .. .

Redução na Função Metabólica: Redução na Função Metabólica:Redução na Função Metabólica: Redução na Função Metabólica:

↓ proteínas, proteínas,proteínas, proteínas, gordura, gordura,gordura, gordura, cálcio, cálcio,cálcio, cálcio, zinco zincozinco zinco; ;;

% é é é co mbinado co mbinadoco mbinado co mbinado co m co mco m co m o o o cálcio cálciocálcio cálcio e e efósforo fósforofósforo fósforo no nono no

% processo processoprocesso processo de dede de contração contraçãocontração contração muscular muscularmuscular muscular e e etrans missão trans missãotrans missão trans missão dos dosdos dos

% processo processoprocesso processo de dede de contração contraçãocontração contração muscular muscularmuscular muscular e e etrans missão trans missãotrans missão trans missão dos dosdos dos i mpulsos i mpulsosi mpulsos i mpulsos nervosos) nervosos)nervosos) nervosos); ;;

↓fibras fibrasfibras fibras– ––

–i mportante i mportantei mportante i mportante p/ p/p/ p/ o o ofunciona mento funciona mentofunciona mento funciona mentointestinal intestinalintestinal intestinal. .. .

↓vita minas vita minasvita minas vita minas C C C e e e D D D : ::

: principal mente principal menteprincipal mente principal mente nos nosnos nos idosos idososidosos idosos institucionalizados institucionalizadosinstitucionalizados institucionalizados. .. .

Que QueQue Queresulta m resulta mresulta m resulta m e m e me m e m: ::

: Desnutrição

DesnutriçãoDesnutrição Desnutrição e e e perda perdaperda perda de dede de peso pesopeso peso

Mudanças biológicasMudanças biológicas

♠Diminuição do teor de H2O corporal;

Diminuição do teor de H2O corporal;Diminuição do teor de H2O corporal; Diminuição do teor de H2O corporal;

♠Perda de pêlos;

Perda de pêlos;Perda de pêlos; Perda de pêlos;

♠Nariz e Pavilhão Auditivo;

Nariz e Pavilhão Auditivo;Nariz e Pavilhão Auditivo; Nariz e Pavilhão Auditivo;

♠Nariz e Pavilhão Auditivo;

Nariz e Pavilhão Auditivo;Nariz e Pavilhão Auditivo; Nariz e Pavilhão Auditivo;

♠Mancha Senil;

Mancha Senil;Mancha Senil; Mancha Senil;

♠Pele mais propícia a lesões e infecções.

Pele mais propícia a lesões e infecções.Pele mais propícia a lesões e infecções. Pele mais propícia a lesões e infecções.

Aparecimento de Rugas Aparecimento de RugasAparecimento de Rugas Aparecimento de RugasCabelos brancos

Cabelos brancosCabelos brancos Cabelos brancos

Sistema Ósseo Sistema ÓsseoSistema Ósseo Sistema ÓsseoSistema Ósseo Sistema ÓsseoSistema Ósseo Sistema Ósseo

O O O tecido tecidotecido tecido ósseo ósseoósseo ósseo apresenta apresentaapresenta apresenta- --

-se sese se sob sobsob sob dois doisdois dois aspectos aspectosaspectos aspectos: ::

: o o o co mpacto co mpactoco mpacto co mpacto na nana na diáfise diáfisediáfise diáfise dos dosdos dos ossos ossosossos ossoslongos longoslongos longos e e e o o o esponjoso esponjosoesponjoso esponjoso na nana na epífise epífiseepífise epífise

No NoNo No envelheci mento envelheci mentoenvelheci mento envelheci mento a a a espessura espessuraespessura espessura do dodo do co mponente co mponenteco mponente co mponente co mpacto co mpactoco mpacto co mpacto di minui di minuidi minui di minui devido devidodevido devido a a areabsorção reabsorçãoreabsorção reabsorçãointerna internainterna interna óssea ósseaóssea óssea

Na NaNa Na parte parteparte parte esponjosa esponjosaesponjosa esponjosa ocorre ocorreocorre ocorre perda perdaperda perda das dasdas das lâ minas lâ minaslâ minas lâ minas osseas osseasosseas osseas for mando for mandofor mando for mando cavidades cavidadescavidades cavidades maiores maioresmaiores maiores entre entreentre entre as asas astrabeculas trabeculastrabeculas trabeculas ósseas ósseasósseas ósseas. .. .

Sistema Articular Sistema ArticularSistema Articular Sistema ArticularSistema Articular Sistema ArticularSistema Articular Sistema Articular

O O O tecido tecidotecido tecido firbroso firbrosofirbroso firbroso das dasdas das suturas suturassuturas suturas do dodo do crânio crâniocrânio crânio vai vaivai vai sendo sendosendo sendo substituído substituídosubstituído substituído gradativa mente gradativa mentegradativa mente gradativa mente por porpor portecido tecidotecido tecido osseo osseoosseo osseo, ,,

,fazendo fazendofazendo fazendo co m co mco m co m que queque que na nana na velhice velhicevelhice velhice esta estaesta esta caixa caixacaixa caixa se sese se mostre mostremostre mostre apenas apenasapenas apenas co mo co moco mo co mo u m u mu m u m único únicoúnico único osso ossoosso osso o o o que queque que di minui di minuidi minui di minui a a a sua suasua suaresistência resistênciaresistência resistência a a afraturas fraturasfraturas fraturas. .. .

Na NaNa Na coluna colunacoluna coluna vertebral vertebralvertebral vertebral ocorre ocorreocorre ocorre perda perdaperda perda de dede de água águaágua água do dodo do canal canalcanal canal pulposo pulposopulposo pulposo e e e acú mulo acú muloacú mulo acú mulo de dede de cálcio cálciocálcio cálcio no nono no canal canalcanal canal fibroso fibrosofibroso fibroso o o o que queque que facilita facilitafacilita facilita a a a pulposo pulposopulposo pulposo e e e acú mulo acú muloacú mulo acú mulo de dede de cálcio cálciocálcio cálcio no nono no canal canalcanal canal fibroso fibrosofibroso fibroso o o o que queque que facilita facilitafacilita facilita a a a di minuição di minuiçãodi minuição di minuição da dada da espessura espessuraespessura espessura do dodo do disco discodisco disco acentuando acentuandoacentuando acentuando cifose cifosecifose cifosetorácica torácicatorácica torácica. .. .

Na NaNa Na cartilage m cartilage mcartilage m cartilage m articular articulararticular articular que queque que cuja cujacuja cuja função funçãofunção função é é é di minuir di minuirdi minuir di minuir o o o atrito atritoatrito atrito, ,,

, no nono nojove m jove mjove m jove m esta estaesta estafunção funçãofunção funçãofica ficafica fica conferida conferidaconferida conferida a a a presença presençapresença presença de dede de água águaágua água, ,, fibras fibrasfibras fibras colágenas colágenascolágenas colágenas e e e proteoglicanas proteoglicanasproteoglicanas proteoglicanas que queque que di minue m di minue mdi minue m di minue m co m co mco m co m o o o envelheci mento envelheci mentoenvelheci mento envelheci mento, ,,

, co mo co moco mo co mo consequência consequênciaconsequência consequência a a a cartilage m cartilage mcartilage m cartilage mfica ficafica fica mais maismais maisfina finafina fina e e e delgada delgadadelgada delgadasurgindo surgindosurgindo surgindorachaduras rachadurasrachaduras rachaduras e e efendas fendasfendas fendas e m e me m e m sua suasua sua superfície superfíciesuperfície superfície. .. .

Sistema Muscular Sistema MuscularSistema Muscular Sistema MuscularSistema Muscular Sistema MuscularSistema Muscular Sistema Muscular

Cada CadaCada Cada músculo músculomúsculo músculo é é é constítuido constítuidoconstítuido constítuido por porpor por u ma u mau ma u ma parte parteparte parte ver melha ver melhaver melha ver melha onde ondeonde onde encontra encontraencontra encontra- --

-se sese se as asas as fibras fibrasfibras fibras musculares muscularesmusculares musculares, ,,

, que queque que são sãosão são responsáveis responsáveisresponsáveis responsáveis pela pelapela pela contração contraçãocontração contração muscular muscularmuscular muscular e e e u ma u mau ma u ma parte parteparte parte branca brancabranca brancafor mada for madafor mada for mada pelos pelospelos pelostendões tendõestendões tendões que queque que apenas apenasapenas apenas trans mite trans mitetrans mite trans mite a a a força forçaforça força gerada,no gerada,nogerada,no gerada,no envelheci mento envelheci mentoenvelheci mento envelheci mento muitas muitasmuitas muitas células célulascélulas células se sese se atrofia m atrofia matrofia m atrofia m e e e muitas muitasmuitas muitas outras outrasoutras outras morre m morre mmorre m morre m ocorrendo ocorrendoocorrendo ocorrendo assi m assi massi m assi m a a a atrofia atrofiaatrofia atrofia muscular muscularmuscular muscular. .. .

atrofia atrofiaatrofia atrofia muscular muscularmuscular muscular. .. .

Fibras FibrasFibras Fibras Musculares

MuscularesMusculares Musculares: ::

: Di minue m

Di minue mDi minue m Di minue m co m co mco m co m a a aidade idadeidade idade(cerca (cerca(cerca (cerca de dede de 50 5050 50 % %% aci ma aci maaci ma aci ma de dede de 80 8080 80 anos) anos)anos) anos). .. .

Siste ma Cardiocirculatório Siste ma CardiocirculatórioSiste ma Cardiocirculatório Siste ma CardiocirculatórioSiste ma Cardiocirculatório Siste ma CardiocirculatórioSiste ma Cardiocirculatório Siste ma Cardiocirculatório

♣ Valvas

ValvasValvas Valvas: ::

: espessadas espessadasespessadas espessadas e e e calcificadas calcificadascalcificadas calcificadas; ;;

♣ Di minuição

Di minuiçãoDi minuição Di minuição da dada da Co mplascência

Co mplascênciaCo mplascência Co mplascência Ventricular

VentricularVentricular Ventricular: ::

:conseqüente conseqüenteconseqüente conseqüente ao aoao ao

♣ Di minuição

Di minuiçãoDi minuição Di minuição da dada da Co mplascência

Co mplascênciaCo mplascência Co mplascência Ventricular

VentricularVentricular Ventricular: ::

:conseqüente conseqüenteconseqüente conseqüente ao aoao ao au mento au mentoau mento au mento da dada da espessura espessuraespessura espessura da dada da parede paredeparede paredeventricular ventricularventricular ventricular; ;;

: Di minuição

Di minuiçãoDi minuição Di minuição e m e me m e mrepouso repousorepouso repouso; ;;

♣ Vasos

VasosVasos Vasos: ::

: Au mento

Au mentoAu mento Au mento do dodo do co mponente co mponenteco mponente co mponente colágeno colágenocolágeno colágeno e e e perda perdaperda perda do dodo do co mponente co mponenteco mponente co mponente elástico, elástico,elástico, elástico, ocasionando ocasionandoocasionando ocasionando maior maiormaior maiorrigidez rigidezrigidez rigidez da dada da parede paredeparede parede. .. .

Siste ma Respiratório Siste ma RespiratórioSiste ma Respiratório Siste ma RespiratórioSiste ma Respiratório Siste ma RespiratórioSiste ma Respiratório Siste ma Respiratório

♣Redução da expansibilidade da Caixa Torácica

Redução da expansibilidade da Caixa TorácicaRedução da expansibilidade da Caixa Torácica Redução da expansibilidade da Caixa Torácica

♣↓Elasticidade Pul monar

Elasticidade Pul monarElasticidade Pul monar Elasticidade Pul monar

♣↓Volume Residual

Volume ResidualVolume Residual Volume Residual

♣Sistema

Sistema Sistema Sistema Mucocoliar

MucocoliarMucocoliar Mucocoliar

♣↓Reflexo de Tosse

Reflexo de TosseReflexo de Tosse Reflexo de Tosse

Sistema Nervoso Sistema NervosoSistema Nervoso Sistema NervosoSistema Nervoso Sistema NervosoSistema Nervoso Sistema Nervoso

♣ Redução

ReduçãoRedução Redução do dodo do Peso

PesoPeso Peso; ;;

♣ Nú mero

Nú meroNú mero Nú mero de dede de Neurônios

NeurôniosNeurônios Neurônios: ::

: reduzido reduzidoreduzido reduzido principal mente principal menteprincipal mente principal mente no nono no córtex córtexcórtex córtex cerebral cerebralcerebral cerebral; ;;

♣ ↓ Liberação

LiberaçãoLiberação Liberação de dede de Neurotrans missores

Neurotrans missoresNeurotrans missores Neurotrans missores: ::

: Di minuição

Di minuiçãoDi minuição Di minuição das dasdas das sinapses sinapsessinapses sinapses nervosas nervosasnervosas nervosas; ;;

♣ Di minuição

Di minuiçãoDi minuição Di minuição da dada da Condução

ConduçãoCondução Condução Nervosa

NervosaNervosa Nervosa; ;;

♣ Menor

MenorMenor Menor sensibilidade sensibilidadesensibilidade sensibilidade de dede de receptores receptoresreceptores receptores cutâneos, cutâneos,cutâneos, cutâneos, tér micos tér micostér micos tér micos e e e táteis táteistáteis táteis. .. .

Sistema DigestórioSistema Digestório

Células CélulasCélulas Células parietais parietaisparietais parietais e e e principais principaisprincipais principais células célulascélulas células das dasdas das glândulas glândulasglândulas glândulas gástricas gástricasgástricas gástricastende m tende mtende m tende m a a a ser serser ser substituida substituidasubstituida substituida co m co mco m co m a a aidade idadeidade idade por porpor por outros outrosoutros outrostipos tipostipos tipos de dede de células célulascélulas células ocorrendo ocorrendoocorrendo ocorrendo u ma u mau ma u ma atrofia atrofiaatrofia atrofia e e e di minuição di minuiçãodi minuição di minuição da dada da espessura espessuraespessura espessura da dada da mucosa mucosamucosa mucosa do dodo do estô mago estô magoestô mago estô mago au mentando au mentandoau mentando au mentando a a aincidência incidênciaincidência incidência de dede de úlceras úlcerasúlceras úlceras. .. .

Sistema Urinário Sistema UrinárioSistema Urinário Sistema UrinárioSistema Urinário Sistema UrinárioSistema Urinário Sistema Urinário

Ri m Ri mRi m Ri m há háhá há u ma u mau ma u ma perda perdaperda perda do dodo do nú mero nú meronú mero nú mero total totaltotal total de dede de células célulascélulas células do dodo do ri m, ri m,ri m, ri m, fribrose fribrosefribrose fribrose dos dosdos dos glo mérulos glo mérulosglo mérulos glo mérulos, ,,

, estreita mento estreita mentoestreita mento estreita mento de dede de arteriolas arteriolasarteriolas arteriolas, ,,

, fatos fatosfatos fatos que queque que dificulta dificultadificulta dificulta a a afiltrage m filtrage mfiltrage m filtrage m do dodo do sangue sanguesangue sangue. .. .

Bexiga BexigaBexiga Bexiga e e e uretra uretrauretra uretra tornan tornantornan tornan- --

-se sese se mais maismais mais fracas fracasfracas fracas di minuindo di minuindodi minuindo di minuindo sua suasua sua força forçaforça força de dede de contração contraçãocontração contração. .. .

O O Otecido tecidotecido tecidotorna tornatorna torna- --

-se sese se menos menosmenos menos elástico elásticoelástico elástico o o o que queque quefaz fazfaz faz co m co mco m co m a a a bexiga bexigabexiga bexiga se sese se dilate dilatedilate dilate menos menosmenos menos, ,,

, sendo sendosendo sendo assi m assi massi m assi m o o oidoso idosoidoso idosote m te mte m te m a a a capacidade capacidadecapacidade capacidade de dede de reter reterreter reter se sese se dilate dilatedilate dilate menos menosmenos menos, ,,

(Parte 4 de 6)

Comentários