Apostila de eletricidade basica

Apostila de eletricidade basica

(Parte 7 de 8)

8) INSTALAÇÃO DE TOMADA COM CONDUTOR DE PROTEÇÃO. Diagramas

9) INSTALAÇÃO DE LÂMPADA ACIONADA POR FOTOCÉLULA. Diagramas

10) INSTALAÇÃO DE UMA LÂMPADA FLUORESCENTE DE 40W COM REATOR DO TIPO COMUM.

Diagramas

1) INSTALAÇÃO DE DUAS LÂMPADAS FLUORESCENTES DE 40W COM REATORES DO TIPO COMUM, ACIONADAS POR UM INTERRUPTOR DE UMA SEÇÃO

Diagramas

12) INSTALAÇÃO DE DUAS LÂMPADAS FLUORESCENTES DE 40W COM REATOR DUPLO DO TIPO PARTIDA RÁPIDA

Diagramas

Levantamento de Potência

Para determinar a carga de uma instalação elétrica residencial, devem-se somar todas as cargas elétricas previstas para: as tomadas de uso geral, a potência das lâmpadas e dos demais equipamentos elétricos. A Norma vigente da ABNT, a NBR 5410/97 “Instalações Elétricas de Baixa Tensão” determina que a previsão de cargas em VA (Volt Ampère) dos equipamentos deverá ser de acordo com as seguintes prescrições a seguir.

Tomadas de Uso Geral (Tugs)

Em banheiros, cozinhas, copas, copas-cozinhas, áreas de serviço, lavanderias: para as 3 (três) primeiras tomadas, a carga mínima por tomada a ser considerada, deverá ser de 600 VA. A partir da quarta tomada (se existir), deverá ser considerada a carga mínima de 100 VA para cada tomada.

IMPORTANTE: A determinação da carga deverá ser feita, considerando cada um desses cômodos separadamente;

Em subsolos, garagens, sótão, varandas: deverá ser prevista no mínimo uma tomada de 1.0 VA. Nos demais cômodos ou dependências, no mínimo 100 VA por tomada.

Tomadas de Uso Específico (Tues)

Tomadas de uso exclusivo para o equipamento elétrico conforme a necessidade. Considerar a carga do equipamento elétrico a ser ligado, fornecida pelo Fabricante ou então, calcular a carga a partir da tensão nominal, da corrente nominal e do fator de potência do equipamento elétrico.

Iluminação

A iluminação adequada deve ser calculada de acordo com a Norma vigente NBR 5413/92 “Iluminação de Interiores”, da ABNT. Entretanto a Norma NBR 5410/97 estabelece como alternativa que para determinar as cargas de iluminação em unidades consumidoras residenciais, poderão ser adotados os seguintes critérios:

• Em cômodos ou dependências com área igual ou inferior a 6 m2 deve ser prevista uma carga mínima de 100 VA;

• Em cômodos ou dependências com área superior a 6 m2 deve ser prevista uma carga mínima de 100 VA para os primeiros 6 m2, acrescidas de 60 VA para cada aumento de 4 m2.

Observação: Os valores apurados correspondem à potência destinada a iluminação para o efeito de dimensionamento dos circuitos elétricos e não necessariamente à potência nominal das lâmpadas.

Exemplo: Qual a carga de iluminação incandescente a ser instalada numa sala de 3,5 m de largura e 4 m de comprimento?

Iluminação:

A área da sala: 3,5 m x 4 m = 14 m² • Carga para a Iluminação: 14 m² = 6 m² + 4 m² + 4 m² ;

• A Carga total será: 100 VA + 60 VA + 60 VA = 220 VA

A Tabela 2.2 à seguir fornece os dados para calcular, de uma maneira prática, a carga de iluminação incandescente para cômodos, com área variando de 6 a 30 m2.

Número Mínimo de Tomadas por Cômodo

Cada cômodo de uma residência deverá ter tantas tomadas, quantos forem os aparelhos elétricos a serem instalados/ligados dentro do mesmo. Uma sala de estar, por exemplo, deve ter tomadas de uso geral para individuais: o televisor, os aparelhos de som, vídeo, abajures, aspirador de pó, etc.

A Norma vigente, a NBR 5410/97 determina as seguintes quantidades mínimas de Tomadas de Uso Geral em uma residência:

• 1 tomada por cômodo para área igual ou menor do que 6 m2; • 1 tomada para cada 5 m, ou fração de perímetro, para áreas maiores que 6 m2;

• 1 tomada para cada 3,5 m ou fração de perímetro para copas, cozinhas, áreas de serviço, lavanderias, sendo que acima de cada bancada de 30 cm ou maior, deve ser prevista pelo menos uma tomada;

• 1 tomada em sub-solos, sótãos, garagens e varandas;

• 1 tomada junto ao lavatório, em banheiros.

Exemplo: Qual a Potência e quantas tomadas devem ser instalada numa sala de 3,5 m de largura e 4 m de comprimento?

Quantidade:

• Perímetro da sala: (3,5 m + 4 m) x 2 = 15 m • Quantidade: 15 m = 5 m + 5 m + 5 m ;

• A quantidade total será: = 3 tomadas

Potência:

• Conforme levantamento mínimo deverá ser de 600 VA cada tomada.

Exercício (Anexo 02)

Conforme o projeto (anexo 01), faça um levantamento das potência para cada cômodo. • Quantidade de tomadas Tugs;

• Quantidade de tomadas Tues;

• Potencia das tomadas;

• Potencia de Iluminação.

Queda de Tensão

Como foi visto, todo condutor tem certa resistência elétrica. Quando circula uma corrente elétrica por uma resistência, há uma dissipação de potência em forma de calor e, conseqüentemente, uma queda de tensão no condutor.

Na figura a seguir, a carga é alimentada por um circuito formado com condutores: um trecho com um condutor de maior seção (mais grossos) sendo que será desconsiderada a resistência elétrica deste condutor e com um trecho (A-B) de condutor de menor seção (mais fino), de resistência elétrica R.

Pela Lei de Ohm, a queda de tensão no trecho A-B é dada por: UAB = ∆U = RI. A potência dissipada (perda de potência) no trecho A-B, é: WAB = ∆W = R I²

Devido a queda de tensão (∆U), a tensão aplicada à carga será igual a U - ∆U.

Como a potência é determinada pelo produto da corrente pela tensão aplicada, teremos na carga: W = (U - ∆U) x I. Observe que a potência na carga é menor, devido a queda de tensão ∆U no trecho A-B.

(Parte 7 de 8)

Comentários