[Processos de Fundição] Aula 05 - Processos de Fundição

[Processos de Fundição] Aula 05 - Processos de Fundição

(Parte 1 de 4)

Prof. BrennoFerreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Revisando

Fundição é um processo de fabricação onde um metal ou liga metálica, no estado líquido, é vazado em um molde com formato e medidas correspondentes aos da peça a ser produzida. A peça produzida por fundição pode ter as formas e dimensões definitivas ou não. Em muitos casos após a fundição, a peça é usinada para serem feitos ajustes dimensionais ou mesmo conformada mecanicamente (por exemplo, ser forjada), para que as formas e dimensões finais sejam obtidas.

Prof. BrennoFerreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Processos de Fundição

Em muitos casos os processos de fundição apresentam algumas vantagens em relação a outros tipos de processos de fabricação, como no caso da produção de peças complexas e com cavidade internas, ou na produção de peças muito grandes.

Por outro lado, as propriedades mecânicas de peças fundidas geralmente são inferiores às propriedades de peças conformadas mecanicamente. Além disso, durante o processo de solidificação pode haver formação de porosidade.

Prof. BrennoFerreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Processos de Fundição

Os fatores que devem ser considerado para se escolher adequadamente o processo de fabricação são:

• Quantidade de peças a produzir; • Projeto da fundição;

• Tolerâncias requeridas;

• Grau de complexidade;

• Especificação do metal;

• Acabamento superficial desejado;

• Custo do ferramental;

• Comparativo econômico entre usinagem e fundição;

• Limites financeiros do custo de capital;

• Requisitos de entrega.

Prof. BrennoFerreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Processos de Fundição

O material com o qual vai ser produzida a peça no processo de fundição parte do estado líquido. Logo aspectos relacionados com a solidificação de metais e ligas devem ser considerados.

Prof. BrennoFerreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Processos de Fundição

Os processos de fundição podem produzir peças já em sua forma e acabamento definitivos ou constituírem o processo inicial de peças que serão posteriormente conformadas e/ou usinadas. A fundição permite a fabricação de peças com formas bastante complexas e sem limitação de dimensões.

Prof. BrennoFerreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Processos de Fundição

Existe uma série de processos de fundição dentre eles:

• fundição por gravidade, • sob pressão,

• por centrifugação,

• de precisão.

Prof. BrennoFerreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Processos de Fundição

Devem ser consideradas as seguintes etapas dentro dos processos de fundição, independentemente do processo adotado:

• desenho da peça, • projeto do modelo,

• confecção do modelo,

• fusão do metal,

• vazamento no molde,

• desmoldagem da peça,

• limpeza e rebarbação ,

• controle de qualidade.

Prof. BrennoFerreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Processos de Fundição

O projeto de uma peça a ser fundida deve levar em conta os fenômenos que ocorrem durante a solidificação tal como contração de solidificação, estrutura dendrítica, tensões de resfriamento e espessura das paredes

(paredes muito finas não são preenchidas pelo metal líquido no molde).

Os moldes podem ser feitos utilizando-se areia (não permanentes) ou mesmo ligas metálicas (permanentes).

Prof. BrennoFerreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Processos de Fundição

Os modelos são utilizados para dar a forma do fundido, quando são utilizados moldes não permanentes. Esses modelos podem ser feitos de madeira, de plástico ou de metal. A seleção do material do modelo depende do tamanho, forma, tolerâncias e quantidade de peças a serem produzidas. Os modelos devem ser facilmente retirados dos moldes e devem ser de tamanho que compense as contrações térmicas decorrentes da solidificação. Deve-se também deixar um sobre metal para posterior usinagem, quando for o caso.

Prof. BrennoFerreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

(Parte 1 de 4)

Comentários