PROTEÍNAS

  • PROTEÍNAS (Proteos: primordial, primeira, principal)

  •  

  • Conceito:

  • São macromoléculas resultantes da polimerização de aminoácidos, unidos por uma ligação ressonante chamada "ligação peptídica".

  •  

  • Peptídeos:

  • Podem ser oligo ou polipeptídeos. Proteínas são polipeptídeos de elevado peso molecular.

  •  

  • Importância:

  • Proteínas desempenham papéis estrutural e funcional.

  • São exemplos:

  • Colágeno, matriz óssea, tendões, cartilagens, Hb (hemoglobina), mioglobina, enzimas, hormônios, etc.

PROTEÍNAS

  • As Proteínas, além de constituírem o componente celular mais abundante, são as moléculas mais diversificadas quanto à forma e função.

  •  

  • As funções que desempenham são estruturais e dinâmicas. Formam os componentes do esqueleto celular e de estruturas de sustentação, como, por exemplo, o colágeno e a elastina.

  •  

  • Até mesmo a atividade dos genes é controlada por proteínas: proteínas reguladoras ligam-se ao DNA em sítios específicos, localizados próximo aos genes, alterando a sua expressão. 

  •  

PROTEÍNAS

  • Proteínas não derretem quando aquecidas mas decompõem e chamuscam com a formação de gases que possuem um odor característico (de pena queimada).

  • Soluções de proteínas são coloidais. Quando soluções de proteínas são aquecidas, as proteínas dissolvidas tornam-se insolúveis e coagulam. Diz-se que estão desnaturadas.

HIDRÓLISE DE PROTEÍNAS

  • Todas as proteínas dão origem a aminoácidos quando hidrolisadas.

  • Todos estes aminoácidos têm um grupo amino preso ao átomo de carbono próximo ao grupo carboxil.

  • Algumas proteínas rendem apenas aminoácidos quando hidrolizadas (proteínas simples ou holoproteínas) Outras produzem aminoácidos mais outros tipos de moléculas (são as proteínas conjugadas).

  • Proteínas estão compostas de aminoácidos unidos por um tipo de ligação amídica chamada "ligação peptídica" (um acoplamento entre aminoácidos), e a hidrólise de proteínas envolve a hidrólise de muitas ligações peptídicas, desde que uma molécula de proteína pode conter centenas ou milhares de resíduos aminoácido.

HIDRÓLISE DE PROTEÍNAS

  • Mais de 30 aminoácidos foram definitivamente estabelecidos como de ocorrência natural em proteínas; a maioria das proteínas contém uma proporção grande destes aminoácidos. Entretanto, somente 20 destes aminoácidos são codificados geneticamente.

DIVERSIDADE DAS PROTEÍNAS

  • As proteínas de todos os tipos diferentes de animais e plantas são quimicamente diferentes e peculiares. 

  •  

  • Esta diferença nas proteínas estende-se à composição de tecidos diferentes dentro de um mesmo organismo. Por exemplo, as proteínas de músculo, fígado, cérebro, baço, rim, e sangue diferem em composição e propriedades. 

  • As diferenças entre as proteínas é espantosa, e decorre principalmente das diferenças no número, tipo e seqüência de aminoácidos de que é feita - a chamada Estrutura Primária da proteína.

  • Há maior diversidade na composição química de proteínas que em qualquer outro grupo de macromoléculas biologicamente importantes.

  •  

AMINOÁCIDOS: COMPONENTES DE PROTEÍNAS

  • As proteínas são polímeros de aminoácidos.      

  • Os aminoácidos são compostos que apresentam, na sua molécula, um grupo amino (-NH2) e um grupo carboxila (-COOH) NH2

  • R - CH – COOH

  • Há 20 aminoácidos comuns que são geneticamente codificados e servem de precursores para biossíntese de outros aminoácidos protéicos, aminoácidos não protéicos e de proteínas ao nível dos ribossomos.

  • Alguns destes aminoácidos são modificados após a biossíntese (modificação pós-tradução), de modo que pouco mais de 30 obtidos mediante hidrólise de proteínas.

GENERALIDADES DAS PROTEÍNAS

  • Cerca de 20% da massa do corpo humano são proteínas, considerando o peso seco.

  • As proteínas são hidrofílicas e retém muita água, de modo que metade do peso de um homem (e 45% do peso de uma mulher) são compostas por músculo.

  • O tecido muscular esquelético é uma importante mistura de proteínas presente em nosso organismo (que corresponde à "carne", quando nos referimos a outros animais).

GENERALIDADES DAS PROTEÍNAS

  • O Colágeno, um componente do tecido conjuntivo, é a proteína mais abundante, em massa, nos seres humanos, contribuindo para a enorme massa muscular.

POLIMERIZAÇÃO DE AMINOÁCIDOS: LIGAÇÃO PEPTÍDICA 

  • Proteínas estão compostas de aminoácidos unidos por um tipo de ligação amida chamada "ligação peptídica" (um acoplamento entre aminoácidos), e a hidrólise de proteínas envolve a hidrólise de muitas ligações peptídicas, desde que uma molécula de proteína pode conter centenas ou milhares de resíduos aminoácido.

POLIMERIZAÇÃO DE AMINOÁCIDOS: LIGAÇÃO PEPTÍDICA 

PROTEÍNAS - CLASSIFICAÇÃO

      • Proteínas não podem ser classificadas em uma base puramente química; elas são classificadas com base em suas propriedades físicas e químicas. As propriedades de maior valor são a solubilidade e coagulabilidade com o calor.
      •  
      • As PROTEÍNAS são classificadas nos três grupos principais:
      • - SIMPLES
      • - CONJUGADAS
      • - DERIVADOS DE PROTEÍNAS

PROTEÍNAS - CLASSIFICAÇÃO

      • PROTEÍNAS SIMPLES
      • Proteínas simples são definidas como as proteínas que por hidrólise rendem sóaminoácidos.
      • Podem ser:
      • 1. Albuminas. Ex.:albumina de ovo, albumina do soro do sangue
      • 2. Globulinas. Ex.:globulina de soro de sangue, miosina de músculo
      • 3. Glutelinas. Ex.: glutenina de trigo
      • 4. Prolaminas. Ex.: proteínas vegetais encontradas principalmente em sementes
      • 5. Escleroproteínas. Ex.:queratina de cabelo
      • 6. Histonas. Ex.: globina da hemoglobina
      • 7. Protaminas. Ex.:salmina do esperma de salmão

PROTEÍNAS - CLASSIFICAÇÃO

  • PROTEÍNAS CONJUGADAS

  • Proteínas conjugadas estão compostas de proteína simples combinada com alguma substância de natureza não- protéica. O grupo não protéico é chamado "grupo prostético".

  • São classificadas em:

  • 1. Nucleoproteínas. Ex.: abundantes em tecidos vegetais e animais

  • 2. Glicoproteínas. Ex.: tendomucóide de tendões

  • 3. Cromoproteínas. Ex.:fibras cabelo

  • 4. Fosfoproteínas. Ex.: Caseína de leite

  • 5. Lipoproteínas. Ex.: membranas celulares

PROTEÍNAS - CLASSIFICAÇÃO

  • Esta classe de proteínas, como o nome insinua, inclui as substâncias formadas a partir de proteínas simples e conjugadas. É o mais bem definido dos grupos de proteína. São subdivididas em:

  • - proteínas derivadas primárias

  • - proteínas derivadas secundárias.

  • 1. Proteínas derivadas primárias

  • Estas derivadas de proteína são formados por processos que causam apenas mudanças leves na molécula da proteína e em suas propriedades. Não há digestão hidrolítica das ligações peptídicas. 

  • As proteínas derivadas primárias são sinônimas de proteínas desnaturadas.

PROTEÍNAS - CLASSIFICAÇÃO

  • 2. Proteínas derivadas secundárias

  •  

  • Estas substâncias são formadas na digestão hidrolítica progressiva das ligações peptídicas das moléculas de proteína. 

  • Elas representam uma grande complexidade de moléculas de tamanhos e composição diferentes de aminoácido. 

  • Elas se agrupam em proteoses, peptonas e peptídeos de acordo com  complexidade molecular. Cada grupo está composto de muitas substâncias diferentes.

Comentários