manual - 090520231926 - phpapp01

manual - 090520231926 - phpapp01

(Parte 1 de 12)

2ª. edição 2ª. edição

DIRETORIA ESTATUTÁRIA Pe. José Maria dos Santos

Presidente

Pe. Niversindo Antonio Cherubin

Vice- Presidente

Pe. Antonio Mendes Freitas

Primeiro Tesoureiro Pe. Justino Scatolin Segundo Tesoureiro Pe. Mário Luís Kosik

Primeiro Secretário

Pe. José Carlos Dias Sousa Segundo Secretário

Pe. Leo Pessini Superintendente

Pe. Christian de Paul de Barchifontaine

Vice-Superintendente

Antonio Celso Pasquini

Diretor Geral

Patrícia Horta A. Finotti Diretora de Ensino

Manual de Orientação Trabalhos Acadêmicos

Ficha Catalográfica elaborada pela Biblioteca Pe. Inocente Radrizzani

Manual de orientação para trabalhos acadêmicos / União Social

Camiliana, Centro Universitário São Camilo e Sistema Integrado de Bibliotecas Pe. Inocente Radrizzani. -- 2.ed. rev. São Paulo: União Social Camiliana; Centro Universitário São Camilo, 2009. 85p.

1. Metodologia da pesquisa 2. Normalização I. União Social Camiliana

I. Centro Universitário São Camilo II. Sistema Integrado de Bibliotecas Pe.Inocente Radrizzani IV.Título.

CDD: 001.42

Ser uma organização de referência nas áreas da educação e da saúde, com ações que promovam a melhoria da qualidade de vida na sociedade.

Manual de Orientação Trabalhos Acadêmicos

Promover o desenvolvimento do ser humano por meio da educação e da saúde, segundo os valores camilianos.

1 APRESENTAÇÃO1
2 TRABALHOS TÉCNICO-CIENTÍFICOS: UMA CONCEITUAÇÃO2
2.1 Anteprojeto de Pesquisa3
2.1.1 Quando elaborar um anteprojeto?3
2.1.2 Que elementos devem constar em um anteprojeto?3
2.2 Projeto de Pesquisa3
Pesquisa4
3 TRABALHOS ACADÊMICOS7
3.1 Conceituação7
Dissertação e Tese7
3.2.1 Elementos pré-textuais8
3.2.1.1 Capa8
3.2.1.2 Capa de CD-ROM9
3.2.1.3 Lombada10
3.2.1.4 Folha de rosto10
3.2.1.5 Ficha Catalográfica12
3.2.1.6 Errata12
3.2.1.7 Folha de Aprovação12
3.2.1.8 Dedicatória13
3.2.1.9 Agradecimentos13
3.2.1.10 Epígrafe13
3.2.1.1 Resumo em língua nacional13
3.2.1.12 Resumo em língua estrangeira14
3.2.1.13 Palavras-chave (Descritores)15
lista de símbolos15
3.2.1.15 Sumário16
3.2.2 Elementos textuais17
3.2.2.1 Introdução17
3.2.2.2 Objetivos18
3.2.2.3 Métodos18
3.2.2.3.1 Ética18
3.2.2.4 Resultados18
3.2.2.5 Discussão19

SUMÁRIO 2.2.1 Elementos necessários à constituição de um Projeto de 3.2 Elementos e Estrutura de Trabalho de Conclusão de Curso, Monografia, 3.2.1.14 Listas de figuras, lista de tabelas, lista de abreviaturas, siglas e Manual de Orientação Trabalhos Acadêmicos

3.2.3 Elementos pós-textuais19
3.2.3.1 Referências19
3.2.3.2 Glossário20
3.2.3.3 Apêndices20
3.2.3.4 Anexos20
3.2.3.5 Índice20
3.3 Regras de apresentação20
3.3.1 Formato20
3.3.1.1 Capa21
3.3.1.2 Folha de rosto21
3.3.1.3 Parágrafos21
3.3.1.4 Seções21
3.3.1.5 Notas21
3.3.1.5.1 Notas de rodapé21
3.3.1.5.2 Notas de referência2
3.3.2 Numeração de seções e subseções2
3.3.3 Paginação2
3.4 Dados23
3.4.1 Tabelas23
3.4.2 Gráficos24
3.4.3 Figuras24
3.4.4 Quadros25
3.5 Encadernação e Mídia Eletrônica25
3.5.1 Trabalhos de Conclusão de Curso25
3.5.2 Monografias26
3.5.3 Dissertações26
4 ELEMENTOS DE APOIO AO TEXTO27
4.1 Citações27
4.1.1 Sistema numérico27
4.1.2 Sistema autor-data27
4.1.2.1 Citação direta ou textual28
4.1.2.2 Citação direta até 3 linhas28
4.1.2.3 Citação direta com mais de 3 linhas28
4.1.2.4 Citação com destaques, supressões e interpolações no texto28
4.1.2.5 Citação em língua estrangeira29
4.1.2.6 Citação indireta29
4.1.2.7 Citação pelo título do documento29

3.2.2.6 Conclusão ............................................................................... 19 Manual de Orientação Trabalhos Acadêmicos

4.1.2.9 Citação de comunicação pessoal31
4.1.2.10 Citação de citação31
Vancouver)3
5.1 Elementos essenciais3
5.2 Elementos complementares3
5.3 Localização3
5.4 Ordem dos elementos3
5.5 Modelos de referências3
5.5.1 Monografia no todo34
5.5.2 Monografia considerada em parte38
5.5.3 Dissertações e teses40
5.5.4 Publicações periódicas41
5.5.4.1 Publicações periódicas no todo41
5.5.4.2 Parte de publicações periódicas42
5.5.5 Eventos43
5.5.6 Vídeos, DVDs, filmes, fitas de vídeo4
5.5.7 Fotografias45
5.5.8 Documentos de acesso exclusivo por meio eletrônico45
6 OUTROS TRABALHOS: CONCEITUAÇÃO E ESTRUTURA48
6.1 Esquema48
6.2 Resumo49
6.2.1 Redação de resumos49
6.2.1.1 Procedimentos para redação de resumo de livros49
6.2.2 Tipos de resumo49
6.2.3 Extensão de resumos50
6.3 Resenha50
6.3.1 O que deve fazer o resenhista50
6.4 Fichamento51
6.4.1 Composição das fichas52
6.4.1.1 Ficha de indicação bibliográfica52
6.4.1.2 Ficha de transcrição52
6.4.1.3 Ficha de resumo53
6.4.1.4 Ficha de esquema53
6.4.1.5 Ficha de comentário54
6.4.2 Tamanho e localização das fichas54
6.5 Trabalho de Revisão e Atualização (Pesquisa Bibliográfica)5

4.1.2.8 Citação de autores.................................................................... 29 5 NORMAS PARA REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (ABNT e Manual de Orientação Trabalhos Acadêmicos

6.6 Relatório56
6.6.1 Relatório técnico-científico56
6.6.1.1 Estrutura57
6.6.2 Relatório de viagem ou visita59
6.6.2.1 Estrutura59
6.6.3 Relatório de estágio60
6.6.3.1 Estrutura60
6.6.4 Relatório de aula demonstrativa, palestra e similares61
6.6.4.1 Estrutura61
6.7 Trabalhos publicáveis em periódicos científicos62
6.7.1 Artigo Científico62
6.7.1.1 Estrutura63
6.7.2 Ensaio64
6.7.3 Comunicação científica64
6.8 Painel / Banner65
6.9 Seminário6
6.10 Projeto de Evento68
6.10.1 Etapas do projeto de evento68
REFERÊNCIAS70
ANEXOS72

Manual de Orientação Trabalhos Acadêmicos ANEXO 1 - Custo ou orçamento – Memória de Cálculo ANEXO 2 - Modelo de Cronograma ANEXO 3 - Resolução Nº 196, de 10 de Outubro de 1996

1 APRESENTAÇÃO

A União Social Camiliana, Mantenedora das Instituições de Ensino Superior da São

Camilo, preocupada com a produção acadêmica e disseminação de conhecimentos produzidos em suas unidades educacionais elaborou junto às mesmas este Manual de Orientação a Trabalhos Acadêmicos, a fim de padronizar suas publicações acadêmicocientíficas.

A normalização ou padronização é uma exigência da comunidade de pesquisadores como forma de facilitar a escrita, a leitura e a disseminação dos trabalhos de natureza científica.

Tomando como referência as diretrizes nacionais e internacionais adotadas pela comunidade universitária, foi desenvolvido este Manual coordenado inicialmente pela Comissão de Ensino da União Social Camiliana, em 2006.

O Manual de Orientação a Trabalhos Acadêmicos que colocamos à disposição é resultado do esforço e envolvimento coletivo de colaboradores do Centro Universitário São Camilo - São Paulo e do Centro Universitário São Camilo – Espírito Santo, por meio do trabalho de seus docentes, responsáveis pelos conteúdos de Metodologia Científica e revisão gramatical, e ainda, da equipe de Bibliotecários do Sistema Integrado de Bibliotecas Pe. Inocente Radrizzani – São Paulo, responsável pela finalização do documento e apresentação das normas ABNT e Vancouver.

O objetivo deste Manual é auxiliar todos aqueles que desejarem orientação na elaboração de trabalhos acadêmicos, facilitando a escrita e leitura para a comunidade acadêmica e científica.

Destaca-se que as normas aqui apresentadas podem e devem continuar sendo revisadas, ampliadas e melhoradas, o que deverá ser feito sempre que necessário, em atendimento às normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT e o International Committee of Medical Journal Editors para as normas Vancouver. A continuidade deste trabalho de atualizações futuras ficará sob a responsabilidade da Comissão de Bibliotecas da União Social Camiliana.

Por fim, este Manual representa o alinhamento às normas nacionais e internacionais na construção de uma identidade e unificação de procedimentos dos trabalhos acadêmico-científicos dos alunos camilianos.

Agradecemos a todos que de forma direta ou indireta participaram deste documento. Diretoria de Ensino da Mantenedora

Manual de Orientação Trabalhos Acadêmicos 1

2 TRABALHOS TÉCNICO-CIENTÍFICOS: UMA CONCEITUAÇÃO

De modo geral, pode-se afirmar que trabalhos técnico-científicos são textos que expressam determinado conhecimento do mundo e que se diferenciam de outras expressões simbólicas e de outras expressões do conhecimento, pois constituem-se de textos sistematizados (frutos de pesquisa, elaboração e compreensão) e organizados considerando orientações, que sustentam as produções da comunidade científica.

Nesse sentido, devem ser elaborados de acordo com as normas preestabelecidas e com os fins a que se destinam, contribuindo, dessa forma, para a compreensão dos saberes produzidos pelos homens, refletindo suas dúvidas, suas certezas e, mais ainda, os processos resultantes do enfrentamento com o mundo.

É por meio da produção desses trabalhos que se torna possível participar dos espaços de conquista nas diversas áreas do saber, inserindo-se na história da formação do conhecimento. Produzir conhecimento pressupõe produzir textos escritos – e é nessa escrita que o conhecimento se manifesta, revelando a compreensão da realidade, considerando-se os elementos constitutivos do universo de relações culturais, sociais e interpessoais vivenciadas, condicionantes da produção escrita dos indivíduos.

O mundo pós-moderno exige do sujeito a habilidade de saber comunicar aos outros os posicionamentos, os argumentos, os pontos de vista a respeito de um assunto, independentemente de estar em uma universidade. Tal comunicação, prioritariamente escrita, exige, e pressupõe, uma participação mais efetiva na cultura do mundo letrado.

Trata-se, em suma, do lugar da sistematização, em que a organização do pensamento se faz abrindo-se a possibilidade de uma formulação própria. É por meio da produção escrita de trabalhos técnico-científicos que se desenvolve a autonomia e se adquire a capacidade de aprender e de socializar o saber produzido. São, pois, trabalhos que exigem sempre fundamentação, questionamento e diálogo permanente com autores e teorias distintos.

Trabalhos técnico-científicos podem-se constituir em observações e (re)produções das experiências e dos resultados já apresentados por outro, em trabalhos experimentais, cobrindo os mais variados campos do conhecimento, bem como em trabalhos teóricos, reveladores de análise ou de síntese do conhecimento, levando à produção de conhecimentos novos.

Além do respeito à especificidade própria de cada produção (a ser apresentada a seguir), esses trabalhos deverão respeitar a funcionalidade de um texto escrito no que diz respeito aos princípios de textualidade, quais sejam, a articulação e a coerência textual.

Devem apresentar-se com vocabulário próprio e, segundo Santos (1999), o estilo de redação deverá contemplar a brevidade (usar palavras, frases e parágrafos curtos),

Manual de Orientação Trabalhos Acadêmicos 2 concretude (dizer claramente, minimizando interpretações), consistência (termos correntes e aceitos), objetividade, fluência (vocabulário, gramática, pontuação e composição adequados) e, quando for o caso, a impessoalidade, elementos que caracterizam a cientificidade do que se quer apresentar.

(Parte 1 de 12)

Comentários