(Parte 3 de 8)

A estrutura de decisªo pode ser Simples ou Composta, baseada em um resultado lógico.

Composta 1: SE <<CONDIO>> ENTO <<COMANDO1>> SENO <<COMANDO1>>

Composta 2: SE <<CONDIO>> ENTO INICIO <<COMANDO1>>;

<<COMANDON>> FIM; SENO INICIO <<COMANDO1>>; <<COMANDON>> FIM;

Atuam sobre expressıes retornando sempre valores lógicos como Falso ou Verdadeiro.

As expressıes compostas de relaçıes sempre retornam um valor lógico. Exemplos:

De acordo com a necessidade, as expressıes podem ser unidas pelos operadores lógicos.

Símbolo Significado

=Igual a <>Diferente de >Maior que

<Menor que >=Maior ou igual a <=Menor ou igual a

Exemplo 01

Segue um Algoritmo que lŒ 2 nœmeros e escreve o maior.

Exemplo 02

Segue um Algoritmo que lΠo nome e as 4 notas bimestrais de um aluno.

Em seguida o Algoritmo calcula e escreve a mØdia obtida pelo aluno escrevendo tambØm se o aluno foi aprovado ou reprovado. MØdia para aprovaçªo = 6

PROGRAMA MEDIA_FINAL; VAR NOTA1, NOTA2, NOTA3, NOTA4, MEDIA: REAL; NOME : CARACTERE [35] INICIO

NOTA1 + NOTA2 + NOTA3 + NOTA4) / 4; SE MEDIA>=6

Usados para tomadas de decisıes para mais de 2 opçıes. Forma Geral:

Exemplo 01

Segue um Algoritmo que lŒ 3 nœmeros e escreve o maior.

A estrutura de condiçªo eqüivale a um ninho de SE ?S. Forma Geral:

FACA CASO CASO <<CONDIO1>> <<COMANDO1>>; CASO <<CONDION>> <<COMANDO1>>; OUTROS CASOS <<COMANDO1>>; FIM DE CASO

Exemplo 01

Segue um Algoritmo que lŒ 3 nœmeros e escreve o maior.

Exercícios de Aprendizagem

Ler trŒs valores para os lados de um triângulo, considerando lados como: A, B e C. Verificar se os lados fornecidos formam realmente um triângulo, e ser for esta condiçªo verdadeira, deverÆ ser indicado qual tipo de triângulo for formado: isósceles, escaleno ou equilÆtero.

Fazer a leitura de 3 valores para extrair uma equaçªo do 2” grau. DeverÆ ser verificado se existem raízes reais, uma ou duas raízes conforme necessÆrio.

Ler quatro valores referentes a quatro notas escolares e um aluno e imprimr uma mensagem dizendo que o alunos foi aprovado, se o valor da mØdia escolar for maior ou igual a 5. Se o aluno nªo foi aprovado, indicar uma mensagem informando esta condiçªo. Apresentar junto das mensagem o valor da mØdia do aluno para qualquer condiçªo.

Ler quatro valores referentes a quatro notas escolares de um aluno e imprimir uma mensagem dizendo que o aluno foi aprovado, se o valor da mØdia escolar for maior ou igual a 7. Se o valor da mØdia for menor que 7, solicitar a nota de exame, somar com o valor da mØdia e obter nova mØdia. Se a nova mØdia for maior a 5, apresentar uma mensagem dizendo que o aluno foi aprovado em exame, se o aluno nªo foi aprovado, indicar uma mensagem informando esta condiçªo. Apresentar com as mensagens o valor da mØdia do aluno, para qualquer condiçªo.

Existem ocasiıes onde se Ø necessÆrio efetuar a repetiçªo de um trecho de programa um determinado nœmero de vezes. Neste caso, poderÆ ser criado um looping que efetue o processamento de um determinado trecho, tantas vezes quantas forem necessÆrias. Os loopings tambØm sªo chamados de: laços de repetiçªo ou malhas de repetiçªo.

Na programaçªo estrutura ocorre a existŒnciade comandos apropriados para efetuar a repetiçªo de determinados trechos de programas o nœmero de vezes que for necessÆrio. A principal vantagem deste recurso Ø que o programa passa a Ter um tamanho menor, podendo sua amplitude de processamento ser aumentada em se alterar o tamanho do código de programaçªo. Desta forma, pode-se determinar repetiçoes com nœmeros variados de vezes.

Repetiçªo do Tipo: Teste lógico no Início do Looping

É usada para repetir N vezes uma ou mais instruçıes. Tendo como vantagem o fato de nªo ser necessÆrio o conhecimento prØvio do nœmero de repetiçıes.

Forma Geral 1:

Forma Geral 2: ENQUANTO <<CONDIO>> FACA NICIO <<COMANDO1>>;

Exemplo

Segue um algoritmo que calcule a soma dos salÆrios dos funcionÆrios de uma empresa. O programa termina quando o usuÆrio digitar um salÆrio menor que 0.

PROGRAMA SOMA_SALARIOS; VAR SOMA, SALARIO : REAL; INICIO SOMA:=O; SALARIO:=1; ENQUANTO SALARIO>=0 INICIO

A estruturaenquanto...faça...fim_enquantotem o seu funcionamento controlado por decisªo. Sendo assim poderÆ executar um determinado conjunto de instruçıes enquanto a condiçªo verificada for Verdadeira. No momento em que esta condiçªo se torna falsa, o processamento da rotina Ø desviado para fora do looping. Se a condiçªo for Falsa logo de início, as instruçıes contidas no looping sªo ignoradas.

Repetiçªo do Tipo: Teste lógico no fim do Looping

Assim como a estrutura ENQUANTO É usada para repetir N vezes uma ou mais instruçıes.

Sua validaçªo Ø final fazendo comque a repetiçªo seja executada pelo menos uma vez.

Forma Geral;

REPITA <<COMANDO1>>;

Exemplo 01

Segue um algoritmo que calcule a soma dos salÆrios dos funcionÆrios de uma empresa. O programa termina quando o usuÆrio digitar um salÆrio menor que 0.

; SOMA:=SOMA+SALARIO ATE SALARIO<0;

Exemplo 02

Segue um algoritmo que escreve os 100 primeiros nœmeros pares.

PROGRAMA PARES_2; VAR I, PAR, CONTADOR : INTEIRO; INICIO CONTADOR := 0; PAR := 0; REPITA

(Parte 3 de 8)

Comentários