SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEMMATERNO – INFANTIL

SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEMMATERNO – INFANTIL

(Parte 5 de 8)

JENSEN, M. D.; BOBAK, I. M. Maternity and gynecologic care: the nurse and the family. 3ª ed. St Louis, Mosby, 1985.

LOWDERMILK, D. L.; PERRY, S.E.; BOBAK, J.M. Maternity nursing. 5’ ed. St Louis, Mosby, 1999.

MARANHÃO, A. G. K.; JOAQUIM, M. M. C.; SIU, C. A mortalidade perinatal e neonatal no Brasil. [on line]. Disponível na internet: 19/09/0

NEME, B. Obstetrícia básica. 2ª. ed, São Paulo, Sarvier, 2000. SILVA, I. A. Amamentar: uma questão de assumir riscos ou garantir benefícios. São Paulo, Robe, 1997

SILVA, I. A. Procedimento sistematizado de assistência de enfermagem à puérpera com ingurgitamento mamário. Rev. Esc.Enf.USP, v.23, n.2, p.51-68, 1989

Anamnese – Na anamnese do RN devem ser solicitadas à mãe as informações registradas na Declaração de Nascido Vivo (DNV), no Cartão da Maternidade e no resumo de alta, para caracterizar:

a – As condições da gestação e do parto; b – As condições de nascimento, como a idade gestacional , peso, altura e perímetro cefálico e o boletim de Apgar; c – Intercorrencias no período neonatal ; d – Situação do aleitamento materno.

Condições habituais de vida • Alimentação

Diurese Evacuação Sono e Repouso Choro Cólicas do recém-nascido – Imunização

Exame físico Geral “Anamnese + Observação”

O aspecto geral do RN é importante e representa o conjunto da fácies, postura, atividade espontânea , tono muscular , padrão respiratório. Em relação à postura, quando colocado em decúbito dorsal, o RN de termo mantém-se, em geral, com a cabeça voltada para um dos lados, os membros superiores fletidos, os inferiores semifletidos e as mão fechadas. A atividade espontânea é variável. O RN de termo tem movimentos de membros inferiores mais irregulares enquanto os dos membros superiores tendem a ser mais simétricos. Os prematuros têm movimentos discretos ou permanece quase imóveis por dias.

Sinais Vitais

• Temperatura – a temperatura média normal é de 35,5 C a 37 C ( manter o termômetro por no mínimo trás minutos na região axilar);

• Freqüência cardíaca – os valores variam de 100 a 180 batimentos por minuto; a freqüência pode ser baixa quando o bebê está dormindo e ser mais rápida quando chorando;

• Freqüência respiratória – os valores variam de 40 a 60 respiração por minuto

Pele

A pele do RN é macia, lisa, opaca e rósea. Observar face, tronco e extremidades para verificar se há cor azulada ( cianose ) ou coloração diferente da pele.

• Milia (“milium sebáceo) – ocorre em aproximadamente 40 % dos bebês de termo.

• Eritema tóxico – geralmente surgem após as primeiras 48 horas de vida. A resolução é espontânea dentro de 4 a 5 dias após do início do seu aparecimento.

• Mancha Mongólica – em 90% dos bebês da raça negra, indiana e asiática essa mancha é bem visível e tende a desaparecer durante os primeiros 4 anos de vida.

• Nevus vascular – costuma desaparecer em alguns meses.

Exame Físico Especial Cabeça • Avaliação do perímetro cefálico (32 a 3ócm );

• Constituição e formato do crânio;

• Avaliação das fontanelas bregma e lãmbdia ( extensão, tensão e soldadura precoce)

• Couro cabeludo – Cefalohematoma , edema , pólipos, cabelos quebradiços , entre outros.

Olhos • Simetria x estrabismo

• Reflexo vermelho x catarata congênita x rubéola x toxoplasmose materna x galactosemias.

• Reflexo à luz/ fotorreceptor.

• Olhos de “pôr-do-sol” – retração da pálpebra superior causando aparecimento da esclerótica acima da íris (hidrocefalia, lesão do tronco cerebral)

• Ducto lacrimal bloqueado (secreções) ou ausente.

• Ftiríase – lêndeas ou piolhos nas pálpebras.

• Conjuntivite química .

Nariz

• Narina patentes : observar a perfuração ,ilumina-se um dos lados da narina e olhase para a outra se houver luz branca e brilhante visível há perfuração.

• Permeabilidade – através dos sons respiratórios .

• Reflexo de espirro positivos (quando ambas as narinas são ocluídas por 1 a 2 segundos)

• Adenopatias (reflexo da sucção)

• Millum Sebáceo.

• Coriza (límpida, catarral e sanguinolenta ).

Cavidade Bucal O exame orofaringe é importante para afastar malformações localizadas nesta região • Avaliação de Cavum (hiperemias, hipertrofias, presença de pus)

• Avaliação do lábio superior, palato (fenda palatina , lábio leporino)

• Sialorréia (atresia de esôfago e fístula traqueoesofágica)

• Pérolas de Epstein (manchas pequenas , duras, brancas que se dissipam gradualmente)

• Aftas de Bednar (pós-trauma de aspiração)

• Glosso – macroglossia (hipotiroidismo , cretinismo) Microglossia (síndrome congênita)

• Reflexos orais – reflexo de sucção , deglutição, de procura e vômitos

• Lábios – cianose acinzentada – cardiopatia congênita, roxo escuro cardiopatia congestiva grave, lábios e gengivas pálidas (anemia).

Orelhas • Implantação

• Integridade

• Permeabilidade

(Parte 5 de 8)

Comentários