Classificação sanguinea e transfusão sanguinea

Classificação sanguinea e transfusão sanguinea

  • Marília Souza

  • Tereza Sá

Autora:Letícia Erig Osório de Azambuja

  • Autora:Letícia Erig Osório de Azambuja

  • Fonte:Universidade de Brasília

  • Pesquisados:150 Testemunhas de Jeová

  • Estudo:Quantitativo

As questões moral ético,religioso,dentre novas situações ética e ,oral,moralmente conflituosas a aplicação de novas terapias com hemocomponentes e hemoderivados em pacientes Testemunhas de jeová.

  • As questões moral ético,religioso,dentre novas situações ética e ,oral,moralmente conflituosas a aplicação de novas terapias com hemocomponentes e hemoderivados em pacientes Testemunhas de jeová.

  • Hemocomponentes e hemoderivados tem papel importante dentre os tratamentos á base de sangue,com utilização nos campos médico e odontológico.

  • Para o processo de regeneração tecidual,cicatrização.

Dentre outros tratamentos sanguíneos,que podem auxiliar neste processo e que tem particulamente relevantes a transfusão,hemocomponentes (plasma,hemácias,plaquetas e gel plaquetas)

  • Dentre outros tratamentos sanguíneos,que podem auxiliar neste processo e que tem particulamente relevantes a transfusão,hemocomponentes (plasma,hemácias,plaquetas e gel plaquetas)

  • O Brasil é laico e com pluralismo religioso,segundo dados de 2009 é o segundo país absoluto em testemunhas de jeová com mais de 700mil seguidores.

  • Nem mesmo com o fato de haver previsão de crime artigo146 ss3,impede o desrespeito a autonomia.

O responsável por estabelecer proibição de transfusão de sangue,a vacinas e transplantes de órgão foi Nathan Homer Knorr em 1 de dezembro de 1944,em 1945,esta proibição foi ampliada.

  • O responsável por estabelecer proibição de transfusão de sangue,a vacinas e transplantes de órgão foi Nathan Homer Knorr em 1 de dezembro de 1944,em 1945,esta proibição foi ampliada.

  • Muitos médicos e dentistas desconhecem este fato ou simplesmente não sabem se seu paciente é uma testemunha de jeová,já que nem costumam incluir na anamnese a questão religiosa.

  • O fundamento para proibição do recebimento de transfusão feita pelas Testemunhas de Jeová está na natureza sacra conferida ao sangue através da interpretação bíblica.

Tudo que se move vos servirá de alimento: Eu vos dou tudo isto, como vos dei a erva verde.Somente não comereis carne com a sua alma, com o seu sangue. (Gênesis 9:3,4)

  • Tudo que se move vos servirá de alimento: Eu vos dou tudo isto, como vos dei a erva verde.Somente não comereis carne com a sua alma, com o seu sangue. (Gênesis 9:3,4)

  • A todo Israelita ou a todo estrangeiro , que habita no meio deles, e que comer qualquer espécie de sangue, voltarei a minha face contra ele, e exterminá-lo-ei do meio de meu povo.(Levítico 17-10)

Trata-se de um estudo descritivo qualitativo,em 150 testemunhas de jeová, que praticam a religião no Distrito Feredal.

  • Trata-se de um estudo descritivo qualitativo,em 150 testemunhas de jeová, que praticam a religião no Distrito Feredal.

  • A metodologia de estudo respeitou as normas de ética em pesquisa com seres Humanos estabelecidos,aprovada pelo comitê de ética da Universidade de Brasília.

76% aceitam hemoredivados em situações específicas

  • 76% aceitam hemoredivados em situações específicas

  • 74%acreditam que usar o sangue provoca mais malefícios que benefícios.

  • 80% se sentem totalmente ofendidos com o uso do sangue.

  • 45%com sangue fresco.

  • 83%que seus dentistas não perguntaram a religião de seus pacientes.

  • 71% dos médicos,demonstraram pouca preocupação dos profissionais neste aspecto.

Sendo assim, as Testemunhas de Jeová são vistas por seus "estranhos morais" (no caso, médicos e dentistas) como um grupo religioso que simplesmente "não aceita sangue". Todavia, diversos tipos de tratamentos sangüíneos são hoje aceitos. Isso não os impede, no entanto, por livre convicção, de recusar o recebimento de sangue.

  • Sendo assim, as Testemunhas de Jeová são vistas por seus "estranhos morais" (no caso, médicos e dentistas) como um grupo religioso que simplesmente "não aceita sangue". Todavia, diversos tipos de tratamentos sangüíneos são hoje aceitos. Isso não os impede, no entanto, por livre convicção, de recusar o recebimento de sangue.

  • Tais interpretações particulares ampliam o rol de proibições e, conseqüentemente, de conflitos morais, já que médicos e dentistas, além de não considerar tais particularidades, não costumam perguntar a religião dos pacientes na anamnese.

Comentários