Projeto de Um portão vertical

Projeto de Um portão vertical

(Parte 11 de 14)

3.1.7 – Relação de transmissão

De acordo com RUDENKO, o número de voltas (espiras) no tambor será:

• Relação de transmissão (Redutor):

3.1.8 - ESFORÇOS NA BARRA DE TORÇÃO

PONTO A :

PONTO B :

PONTO C :

PONTO D :

PONTO E = mancal E

PONTO F = mancal D

3.1.9 - CÁLCULO DAS REAÇÕES NOS MANCAIS

Equações de equilíbrio:

Somatório dos momentos em A:

Somatório das forças em y:

3.1.10 – Cálculo dos diagramas: (DMF e DEC)

Plano Vertical:

CÁLCULOS DOS ESFORÇOS CORTANTES E MOMENTOS FLETORES

Utilizando o método das seções:

Seção a-a: 0 ≤ X < 0,1 [m]

Sentido anti-horário +

Seção b-b: 0,1 ≤ X < 0,19 [m]

Sentido anti-horário +

Seção c-c: 0,19 ≤ X < 2,69 [m]

Sentido anti-horário +

Seção d-d: 2,69 ≤ X < 2,82[m]

Sentido anti-horário +

Seção e-e: 2,82 ≤ X < 2,91[m]

Sentido anti-horário +

Seção f-f: 2,91 ≤ X < 3,01 [m]

Sentido anti-horário +

Diagrama de esforço cortante: (DEF) Plano Vertical:

Diagrama de Momento Fletor (DMF):

(Parte 11 de 14)

Comentários