[Curso Votorantim Metais] Programação, Planejamento e Controle de Manutenção - Parte 02 de 04

[Curso Votorantim Metais] Programação, Planejamento e Controle de Manutenção -...

(Parte 1 de 6)

Prof. Brenno Ferreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Manutenção

Atualmente observa-se que as empresas bem sucedidas têm adotado uma visão prospectiva de gerenciamento de oportunidades, usualmente suportada por:

• Rotinas sistematizadas para economizar manutenção

• Sistemas de manutenção com o auxílio de processamento eletrônico de dados

• Ferramentas e dispositivos de medição no estado da – arte

• Consultorias competentes no reconhecimento do potencial de melhoria e implementação de soluções estratégicas.

Prof. Brenno Ferreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Manutenção

A partir de 1994 com a universalização de alguns softwares os clientes passaram a ser mas exigentes em seus critérios de seleção e alguns questionários foram criados para facilitar esse processo.

Alguns desses questionários são elaborados de forma a pontuar e ponderar algumas respostas, ou seja, atribuir, através de pontos, combinados ou não com “pesos”, maior importância a umas em relação às outras.

Existem hoje mais de 200 softwares específicos de manutenção sendo comercializados no mundo (dos quais mais de 30 no Brasil), oferecendo soluções específicos em função do produto, tecnologia, mercado e estratégia das diversas empresas.

Prof. Brenno Ferreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Manutenção

O preparo prévio da equipe de execução de manutenção planejada reduz os custos iniciais da manutenção aleatória remanescente.

O aumento do investimento para a formação dessa equipe pouco altera o resultado econômico do período de geração de lucros.

Sob o aspecto de disponibilidade e confiabilidade, o planejamento e controle diminuem as interrupções imprevistas da produção e melhora a distribuição de ocupação de mão-de-obra reduzindo as filas de espera dos equipamentos que aguardam manutenção.

Prof. Brenno Ferreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Manutenção

O planejamento adequado conduz a metodização da manutenção com o estabelecimento de padrões de execução desenvolvidos a partir de recomendações dos fabricantes, experiência do pessoal interno e bibliografias de empresas similares.

Dentre esses padrões destacam-se as planilhas de comissionamento e manutenção, as instruções de manutenção ou lista de verificações (“check-list”), as folhas de registro de dados ou folha de variação de especificações e o programa mestre de manutenção.

Prof. Brenno Ferreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Manutenção: Função Estratégica

As organizações, particularmente as industriais, existem em função do lucro utilizando equipamentos, métodos e, principalmente, recursos humanos para transformar matéria, energia e informações em valores agregados para o produto e/ou serviço que os clientes desejam, necessitam ou aspiram.

O lucro é a diferença entre a receita e os gastos de fabricação, processamento, comercialização e vendas dos produtos e/ou serviços.

Prof. Brenno Ferreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Manutenção: Função Estratégica

O lucro de prevenção só irá ocorrer a partir do momento em que as áreas compreendidas entre as curvas de manutenção por quebra, e com prevenção, antes e depois desse ponto forem iguais.

Se a vida útil dos equipamentos da instalação for maior que o tempo de obtenção do lucro, a manutenção com prevenção passa a ser economicamente viável.

Prof. Brenno Ferreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Manutenção: Função Estratégica

8 Ciclo de vida e fatores que afetam o custo de manutenção

Prof. Brenno Ferreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Manutenção: Função Estratégica

A rentabilidade é influenciada por muitos fatores:

• o preço do produto, • volume de produção e vendas,

• vida útil,

• disponibilidade e

• operação dos equipamentos.

A manutenção está diretamente correlacionada, com a rentabilidade, na medida que influência nestes últimos fatores relativos aos equipamentos garantindo a qualidade e melhorando a durabilidade destes.

Prof. Brenno Ferreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Manutenção: Função Estratégica

Portanto está ligada diretamente a capacidade produtiva, em conseqüência, bem organizada e administrada, provoca elevação da produtividade, tornando a empresa competitiva.

A atividade Manutenção está associada aos gastos operacionais através de custos com infra-estrutura, horas extra, materiais sobressalentes, apoio logístico associados à execução de sua função.

Prof. Brenno Ferreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

Manutenção: Função Estratégica

Assim as atividades de manutenção elevam e garantem o desempenho adequado da produção, mas ao mesmo tempo contribuem para o crescimento dos gastos de fabricação/produção.

Portanto o objetivo do setor de Engenharia de

Manutenção deve ser o de atingir um custo otimizado, maximizando seus efeitos, agregando- se valor aos seus processos contribuindo, desta forma, para a produtividade da empresa.

Prof. Brenno Ferreira de Souza –Engenheiro Metalúrgico

(Parte 1 de 6)

Comentários