(Parte 2 de 4)

4.1 ls Lista os arquivos de um diretório.

Comando Linux ls [parâmetros] [arquivos]

Comando DOS dir

Parâmetros Usuais -a lista todos os arquivos, incluindo arquivos ocultos;

-l lista arquivos e suas propriedades (permissões, dono, tamanho e data), pode ser substituído pelo comando l;

-s lista arquivos por ordem alfabética;

-S lista arquivos por ordem de tamanho, do maior para o menor;

-t lista arquivos por ordem modificação, dos mais recentes para os mais antigos;

-X lista arquivos por ordem alfabética da extensão.

Vários parâmetros podem ser usados em conjunto, por exemplo, ls -sl. Para procurar por um arquivo específico ou ver o conteúdo de um diretório, usa-se o nome do arquivo ou diretório após os parâmetros espeficicados.

4.2 cp Copia arquivos

Comando Linux cp [parâmetros] fonte destino

Comando DOS copy

Parâmetros Usuais -R copia diretórios recursivamente;

-i modo interativo, pede confirmação antes de sobrescrever arquivos;

-f não pede confirmação para sobrescrever.

Fonte reference aos arquivos fontes, de onde vão ser copiados os dados e destino, para onde vão ser copiados. O destino pode ser tanto um diretório diferente, como apenas um nome diferente para o arquivo no mesmo diretório.

4.3 mv O comando mv move um ou mais arquivos de lugar.

Comando Linux mv [parâmetros] fonte destino

Comando DOS move

Parâmetros Usuais -i modo interativo, pede confirmação antes de sobrescrever arquivos.

O comando mv funciona da mesma maneira que o comanda cp. O comando mv também é usado para renomear arquivos ou diretórios, isso acontece quando se move um arquivo ou diretório para o mesmo lugar onde se encontra, apenas com nomes diferentes.

4.4 rm Remove um ou mais arquivos.

Comando Linux rm [parâmetros] arquivos Comando DOS del

Parâmetros Usuais -i modo interativo, pede confirmação antes de apagar o arquivo;

-r apaga diretórios recursivamente;

-f nunca pede confirmação.

4.5 man

Um dos comandos mais úteis encontrados no linux, o comando man exibe os manuais de cada comando.

Comando Linux man comando Comando reference ao comando do qual se busca alguma ajuda.

4.6 Compactar e Descompactar

O sistema Linux oferece ao usuário vários processos de compactação e descompactação. Veja os mais comuns.

Comando Linux gzip [parâmetros] fonte [>] [destino]

Parâmetros Usuais -d descompacta os arquivos contidos em fonte;

-c compacta os arquivos especificados em fonte e os coloca em destino, para compactar é necessário o uso do sinal > entre os arquivos fontes e destino;

Comando Linux tar [parâmetros] [destino] fonte

Parâmetros Usuais

-f especifica o nome do arquivo destino, no caso de compactação, ou fonte, no caso de descompactação;

-x descompacta os arquivos contidos em fonte;

-v verifica a existência de erros;

-c compacta os arquivos especificados em fonte e os coloca em destino;

-z utiliza em conjunto o processo de compactação gzip.

O compactador tar é um dos mais usados em conjunto com o gzip. Para descompactar arquivos com extensão zip, padrão em Windows, utiliza-se os comando unzip nome do arquivo.

4.7. PIPE E FILTROS 10

4.7 Pipe e Filtros As funções de pipe e filtros são usadas para combinar comandos.

Comando Linux para Pipe comando | comando

Comando DOS |

O comando pipe, representado por “|” coloca o resultado gerado pelo primeiro comando como entrada para o segundo.

Comando Linux para Filtro grep expressão

O comando grep é usado para filtrar uma entrada procurando por linhas que contenham as expressões solicitadas no comando. O comando grep é comumente usado em conjunto com outros comandos, principalmente o comando pipe.

(Parte 2 de 4)

Comentários